Doentes por Copa – Colômbia

  • por Gustavo Ribeiro
  • 7 Anos atrás

Colômbia

COMO SE CLASSIFICOU:

Depois de 16 anos, a Colômbia volta a disputar uma Copa do Mundo. Distante do mundial desde 1998, quando foi eliminada ainda na primeira fase, a seleção colombiana conseguiu a classificação para o Brasil 2014 na penúltima rodada das Eliminatórias com o empate em 3×3 contra o Chile. La Tri vai disputar sua quinta Copa (as outras foram Chile 62, Itália 90, Estados Unidos 94, além da já citada França 98).

A Colômbia terminou as Eliminatórias Sul-Americanas na segunda posição com 30 pontos, dois a menos que a líder Argentina. Em 16 jogos, foram 9 vitórias, 3 empates e 4 derrotas. Teve o terceiro melhor ataque com 27 gols marcados e a melhor defesa com 16 gols sofridos.

TÉCNICO:

Colômbia

ESTATÍSTICAS:

– Em quatro Copas do Mundo disputadas, a Colômbia disputou 13 jogos, contabilizando três vitórias, oito derrotas e dois empates.

– Dos 27 gols que a Colômbia marcou nas Eliminatórias para a Copa, 19 foram nos segundo tempo.

– Se o goleiro Freyd Mondragón for convocado e disputar uma das partidas, quando terá 43 anos, será o jogador a mais velho a jogar uma partida de Copa do Mundo, superando o camaronês Roger Milla, que, aos 42 anos, participou da Copa de 1994, nos Estados Unidos.

– Dos jogadores presentes na última convocação, apenas o goleiro Mondragón disputou uma Copa do Mundo.

– Mario Yepes, com seus 38 anos, será o terceiro jogador mais velho a estrear em uma Copa do Mundo, desbancando o argentino Martín Palermo, que disputou sua primeira Copa com 36 anos. O primeiro é o goleiro inglês David James (39 anos e 321 dias) e o segundo é argentino Ángel Labruna (39 anos e 256 dias).

– Se pegarmos as últimas convocações, a média de idade da seleção colombiana é de 27,4 anos. O mais velho é o goleiro Mondragón, com 42 anos, e o mais novo é o zagueiro Éder Balanta, de 20 anos.

– De seus adversários do Grupo C, a Colômbia só não enfrentou a Costa do Marfim. Contra Japão e Grécia, são 3 jogos, duas vitórias e um empate.

– De todas as seleções que estão classificadas para 2014 no Brasil e que já disputaram uma Copa do Mundo, a Colômbia é a que há mais tempo não disputava uma Copa (16 anos). Logo depois, vêm Rússia e Bélgica (12 anos).

Camisa titular

Camisa titular

PONTO FORTE:

O ponto forte da seleção colombiana é o jogo coletivo, que deverá se sobressair ainda mais com a ausência do atacante Falcao García – principal jogador do time, ele ficará de fora por causa de uma lesão no tornozelo.

O time apresenta bom toque de bola, mas sempre com objetividade. José Pérkeman arma a seleção num 4-2-3-1 que sofre modificações durante o jogo. Pode ser um 4-3-1-2 com Teo Gustiérrez jogando mais à frente, formando a dupla de ataque com Bacca ou Ibarbo. .

Outro trunfo do time de Pékerman são as jogadas em velocidade pelas laterais, seja com Armero na lateral esquerda, Zuñiga na direita. Todos os jogadores ajudam na marcação quando o time perde a bola e na recomposição.

PRINCIPAIS DESTAQUES:

Colômbia Rodriguez Colômbia Jackson Martinez Colômbia Cuadrado

PONTO FRACO:

O setor defensivo é o que mais preocupa a Colômbia, mesmo tendo terminado as Eliminatórias com a melhor defesa. Os laterais não têm na marcação seus pontos fortes, deixando o time um pouco exposto, principalmente quando ambos apoiam ao mesmo tempo.

Outra grande preocupação para a Copa é quem vai substituir Falcao García, o artilheiro colombiano nas Eliminatórias com 10 gols. Pékerman tem várias opções, mas nenhuma do mesmo nível.

CONFIRA TAMBÉM: Conteúdo exclusivo da Copa do Mundo 2014 – Doentes por Copa.

EQUIPE:

Pékerman já montou a seleção em esquemas diferentes, o 4-2-3-1 ou o 4-3-1-2. No primeiro, Gutiérrez pela esquerda e Cuadrado pela direita formam o trio de meias ao lado de James Rodríguez. No segundo, Teo Gutiérrez se adianta para jogar mais perto do centroavante, seja Bacca ou Ibarbo.

Colombia tática

OPINIÃO:

Talvez esta não seja a melhor geração colombiana – ainda deve estar atrás daquela de Valderrama, Asprilla e Rincón. Mas a atual, deCuadrado, Falcao García, Jacson Martínez e James Rodríguez, pode conseguir feitos maiores, como uma boa participação na Copa do Mundo. A Colômbia é cabeça de chave do Grupo C, no qual é favorita a passar em primeiro lugar. Nas fases seguintes, vai depender dos adversários, que podem ser Inglaterra, Itália ou Uruguai logo nas oitavas.

CONVOCADOS:

Goleiros: David Ospina (Nice/FRA), Faryd Mondragón (Deportivo Cali), Camilo Vargas (Independiente Santa Fe);
Laterais: Camilo Zúñiga (Napoli/ITA), Pablo Armero (West Ham/ING), Santiago Arias (PSV/HOL);
Zagueiros: Cristian Zapata (Milan/ITA), Mario Yepes (Atalanta/ITA), Carlos Valdés (San Lorenzo/ARG), Éder Álvarez Balanta (River Plate/ARG);
Meio-campo: James Rodríguez (Monaco/FRA), Abel Aguilar (Toulouse/FRA), Carlos Sánchez (Elche/ESP), Fredy Guarín (Internazionale/ITA), Juan Fernando Quintero (Porto/POR), Aldo Ramírez (Morelia/MEX), Alexánder Mejía (Atlético Nacional), Víctor Ibarbo (Cagliari/ITA), Juan Guillermo Cuadrado (Fiorentina/ITA);
Atacantes: Jackson Martínez (Porto/POR), Teófilo Gutiérrez (River Plate/ARG), Carlos Bacca (Sevilla/ESP), Adrián Ramos (Hertha Berlim/ALE).

Colômbia (2)

Comentários

Projeto de jornalista, mineiro, 20 anos. Viu que não tinha muito futuro dentro das quatro linhas e resolveu trabalhar dando seus pitacos acompanhando tudo relacionado ao futebol, principalmente quando a pelota rola nas canchas dos nossos vizinhos sul-americanos. Admirador do "Toco y me voy" argentino, também escreve no Sudaca FC e tem Riquelme e Alex como maiores ídolos.