Doentes por Copa – Suíça

  • por Victor Gandra Quintas
  • 7 Anos atrás

Suíça

COMO SE CLASSIFICOU:

A Suíça ficou em primeiro lugar no Grupo E das Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo 2014. Teve como adversárias as seleções da Islândia, Eslovênia, Noruega, Albânia e Chipre. Não teve muitas dificuldades, tanto que não sofreu qualquer derrota durante a fase de classificação, sendo a primeira seleção do velho continente a carimbar o passaporte para o Brasil.

TÉCNICO:

Suíça

ESTATÍSTICAS:

Foi um total de 10 jogos, com sete vitórias e três empates, somando 24 pontos. A equipe marcou 17 gols e sofreu apenas 6. Quem mais marcou para a seleção durante as eliminatórias foi o zagueiro reserva Fabian Schär, com três gols feitos.

Camisa titular

Camisa titular

PONTO FORTE:

A Suíça é um time disciplinado, bem distribuído taticamente, com qualidade na criação e na finalização. O meio-campo é o setor mais forte, contando com jogadores com grande prática em jogos grandes, sobretudo Shaqiri, do Bayern de Munique. Além disso, a seleção conta com um treinador bastante experiente, o alemão Ottmar Hitzfeld, desde 2008 no comando.

PRINCIPAIS DESTAQUES:

Suíça Shaqiri Suíça Lichtsteiner Suíça Benaglio

PONTO FRACO:

Apesar de bons nomes no time, nenhum é um grande definidor. A defesa central também não inspira muita confiança, já que nem Senderos e nem Von Berguen são unanimidades.

CONFIRA TAMBÉM: Conteúdo exclusivo da Copa do Mundo 2014 – Doentes por Copa.

EQUIPE:

O esquema é o eficiente 4-2-3-1. Contando com uma defesa que tem jogadores altos, a Suíça aposta na saída rápida com os laterais e apoio dos volantes de qualidade. O trio mais avançado do meio-campo troca posições constantemente, fechando o campo para o adversário e encostando no atacante, que costuma se movimentar bem.

1010479_Switzerland

OPINIÃO:

É um bom time, contando com um grupo relativamente tranquilo. Assim, é bem provável que avance às oitavas de final da Copa do Mundo. No entanto, dificilmente passará desta fase, já que poderá ter a Argentina pela frente. Se a classificação vier em primeiro lugar (enfrenta a França no grupo), poderá ter um confronto equilibrado com a Bósnia –ninguém acredita que a Argentina não vença seu grupo.

CONVOCADOS:

Goleiros: Diego Benaglio (Wolfsburg/ALE), Yann Sommer (Basel) e Roman Buerki (Grasshoppers);
Laterais: Stephan Lichtsteiner (Juventus/ITA), Ricardo Rodriguez (Wolfsburg/ALE), Michael Lang (Grasshoppers), Reto Ziegler (Sassuolo/ITA);
Zagueiros: Johan Djourou (Hamburg/ALE), Fabian Schaer (Basel), Philippe Senderos (Valencia/ESP), Steve von Bergen (Young Boys);
Meio-campo: Tranquillo Barnetta (Eintracht Frankfurt/ALE), Valon Behrami (Napoli/ITA), Blerim Dzemaili (Napoli/ITA), Gelson Fernandes (Freiburg/ALE), Gokhan Inler (Napoli/ITA), Xherdan Shaqiri (Bayern de Munique/ALE), Valentin Stocker (Basel), Granit Xhaka (Borussia Mönchengladbach/ALE);
Atacantes: Josip Drmic (Nürnberg/ALE), Mario Gavranovic (Zurich), Haris Seferovic (Real Socieded/ESP), Admir Mehmedi (Freiburg/ALE).

Suíça (2)

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).