Pierre Højbjerg: olho nele!

  • por Raniery Medeiros
  • 5 Anos atrás

topo

O jovem Pierre Höjbjerg, que acaba de completar 19 anos de idade, é uma das grandes promessas do Bayern de Munique para a temporada 2014/2015. Meio-campista de origem, possui as credenciais do “modelo” versátil que Pep Guardiola tanto gosta. Sua polivalência será de suma importância para o crescimento de seu futebol, já que o comandante parece gostar da ideia de colocá-lo para atuar, também, como ala. A competência do rapaz foi reconhecida em 2013, quando ganhou o prêmio “Talento do Ano” concedido pela Associação de jogadores da Dinamarca. Olho nele!


A grata promessa começou a carreira em seu país natal, até se mudar para a Alemanha, em 2012, onde vislumbrou seu futuro ao vestir a camisa dos bávaros. Sua primeira aparição no time principal aconteceu em 2013, quando ficou no banco de reservas na partida diante do Bayer Leverkusen. Um mês depois, Jupp Heynckes resolveu bancar a estreia do garoto contra o Nuremberg, ao substituir Shaqiri, em partida válida pela Bundesliga. Höjbjerg impressionou pelo bom controle de bola, ótimo passe e chegada ao ataque.

Fã de Zinedine Zidane, Pierre já admitiu que se inspirou no lendário craque francês para aprender alguns fundamentos do futebol. Segundo Mehmet Scholl e Erik dez Haag, seus treinadores no time reserva do Bayern, o atleta sempre impressionou a todos pelo desejo de analisar seus adversários, assistindo a inúmeros vídeos dos mesmos. Pep Guardiola não nega que gosta da inteligência tática do comandado. Em entrevista ao site do Bayern, em Dezembro de 2013, disse: “Eu acho que ele vai ser um grande jogador no futuro. Emprestá-lo a outros clubes não é uma opção”.



Vida pessoal abalada

Em 2013, ainda com seus 18 anos, viu sua vida quase desmoronar. Lesionou os ligamentos do pé e, para piorar, seu pai foi diagnosticado com câncer. Reticentes, os médicos deram poucos meses de vida a Christian Höjbjerg. Nesse período tão difícil, Pierre enfatizou o apoio recebido por Uli Hoeness e Pep Guardiola. “Ele [Uli] entrou em contato com os melhores médicos da Alemanha, trouxe meu pai para cá e ele começou o tratamento imediatamente. […] Guardiola também me ajudou bastante. Quando precisei, ele me deu um abraço e me ouviu”.

Temporada de afirmação

Com o novo padrão de jogo que o treinador deseja colocar em campo, o jogador tem tudo para atuar várias vezes nesta temporada e se afirmar no cenário do futebol mundial. Mesmo sendo meio-campista de origem, pode atuar na lateral direita, algo que pôde ser constatado na final da última edição da Copa da Alemanha, quando o Bayern venceu o rival Borussia Dortmund. Também em entrevista ao site do clube, relatou seu desejo: “Eu me vejo como um ‘novo’ tipo de jogador. Posso marcar gols, mas, se necessário, também focar na defesa”.



A confiança é enorme, bem como a sua forte personalidade. Mesmo com 1,85 m, Höjbjerg possui recursos, através do drible, para furar uma defesa bem postada. Também impressiona pelos bons chutes de longa distância e cobranças de falta. Já que Guardiola gosta tanto de meio-campistas que sabem controlar a bola e dar dinâmica ao jogo, o nosso homenageado aparece como uma boa opção para revelação da Bundesliga. Em um elenco repleto de estrelas, Pierre Höjbjerg terá a grande chance de mostrar seu futebol aos amantes do esporte.

Dinamarca

Dinamarca

Mesmo sendo filho de mãe francesa, Höjbjerg sempre deixou claro o desejo de atuar pela Dinamarca. Após passar por todos os times de base, realizou o sonho de jogar pela seleção principal em Maio de 2014, nos amistosos contra Hungria e Suécia. Depois das partidas, ganhou elogios rasgados de Mortin Olsen, treinador da seleção: “Raramente vi uma estreia tão impressionante nesses 14 anos no comando da seleção”.



Pierre-Emile Höjbjerg tem tudo para vencer no futebol. Olho Nele!

Fontes de pesquisa: 
– Bayern de Munique Brasil
Site da Bundesliga
Site oficial do Bayern de Munique

Comentários