Jonjo Shelvey, o herói

Foto: sportskeeda.com | Shelvey e Harry entrando em campo. Dia inesquecível para o pequeno Doente por Futebol.

Foto: sportskeeda.com | Shelvey e Harry entrando em campo. Dia inesquecível para o pequeno Doente por Futebol

É muito bonito ver jogadores de alto nível dando exemplos positivos para seus fãs-mirins, não concordam? Depois de Naismith doando ingressos para torcedores desempregados, agora vemos Shelvey, jogador com passagens por Liverpool e seleção inglesa, dando apoio e carinho a um fã muito especial. Jonjo Shelvey realizou o sonho de um pequeno Doente por Futebol. O menino Harry Jacobs, de 7 anos de idade, escreveu uma carta para Jonjo pedindo para que o meia do Swansea fosse a sua escola para conhecê-lo e a seus amiguinhos.

Algo que une Harry a Jonjo, além da paixão pelo futebol, é a rara condição de Alopecia Totalis, que deixou ambos sem cabelo desde a tenra idade. Harry escreveu para Jonjo dizendo:

“Você é incrível e marcou um gol de 60 metros no ângulo. Muito, muito bom. Eu sei que você joga pelo Swansea. Meu nome é Harry e tenho Alopecia como você. Você gosta? Eu não acho tão ruim porque não preciso ir ao barbeiro, o que é bom. Não gosto de ir lá. Você poderia vir a minha escola, por favor? Gostaria que você conhecesse meus amigos”.

>> Vídeo: Golaço de Shelvey num jogo maluco <<

Assim que Jonjo recebeu a carta ele ficou tocado com o gesto de Harry. Shelvey convidou o pequeno fã e seus pais para o jogo contra o Southampton, os alojou num hotel e encontrou com Harry antes do jogo e o menino além de ter entrado em campo, ainda assistiu a partida dos camarotes.

Sobre sua experiência com Harry e o gesto do menino, Shelvey completou dizendo:

Eu sei como é crescer com Alopecia, foi muito difícil crescer ouvindo as pessoas me chamando de nomes e colocando apelidos depreciativos. Fiquei tocado por Harry quando recebi a carta e foi muito bom compartilhar algumas de minhas experiências com ele e tentar guiá-lo pelo caminho certo. O melhor momento foi ver a expressão no rostinho dele ao entrar em campo com o time. Ele disse que curtiu bastante – e isso é muito especial”.

Comentários

Diretor no DPF desde 2012 e criador da coluna "Olho Nele!".