[Vídeo] A arte das faltas por baixo da barreira

  • por Tiago Lima Domingos
  • 4 Anos atrás
under-wall-dpf

Foto: Reprodução | Ronaldinho anotando gol memorável no inesquecível Santos 4×5 Flamengo em 2011

Não se sabe ao certo quem foi o precursor da cobrança de falta por debaixo da barreira. Rogério Ceni já havia cobrado desta maneira em um clássico contra o Palmeiras em 2002, mas quem leva a fama da cobrança é um dos maiores jogadores da história: Ronaldinho Gaúcho.

O Dentuço fez pela primeira vez contra o Werder Bremen em dezembro de 2006, voltando a repetir o feito somente em 2011, no lendário Santos 4×5 Flamengo na Vila Belmiro. Um ano depois, ele anotara contra o Figueirense, um dos jogos mais marcantes de Ronaldinho pelo Atlético Mineiro. E se Ronaldinho não foi o pioneiro, a fama lhe deu o batismo da cobrança> que passou a ser chamada  de falta “à la Ronaldinho Gaúcho”.

Após a cobrança do Gaúcho, milhares de jogadores passaram a executar a cobrança, e o que era novidade chegou a virar moda. Passou por Cristiano Ronaldo, Pirlo, chegando até Lionel Messi. No Brasil, Elano também tem história para contar. Foi também aqui no Brasil que uma cena hilária chamou a atenção do mundo. Dias depois de Cristiano ter marcado debaixo da barreira contra o Bayern de Munique no início de 2014, um jogador da Ponte Preta deitou-se no chão para evitar a cobrança por baixo da barreira.

ponte

Foto: Reprodução SporTV | Em maio de 2014, jogador da Ponte Preta deitou-se atrás da barreira para impedir cobrança

O fato é que a moda pegou nos últimos anos. Atentos a isso, resolvemos fazer um vídeo produzido por nós, conteúdo exclusivo do Doentes por Futebol. Da cobrança em 2002 de Rogério Ceni, passando por Ronaldinho, Pirlo, Messi, Ronaldo, Götze e tantos outros. A cobrança por falta por debaixo da barreira não é mais novidade, mas ainda deixa todo mundo surpreso.

Confira nosso vídeo exclusivo:

Comentários

Carioca e rubro-negro. Do Rio de Janeiro a Milão. Doente por futebol, é claro. E apaixonado pelo Calcio.