A defesa instransponível dos Saints

Arte: Doentes por Futebol

Arte: Doentes por Futebol

 

Atualização (12/01/2015):

Após um início ruim frente aos grandes do futebol inglês, com derrotas por 3 x 0 frente ao Manchester City (casa) , 1 x 0 frente ao Arsenal (fora) e 2 x 1 contra o United (casa), os Saints se recuperaram e conseguiram bons resultados em seguida. Empataram em 1 x 1 contra o Chelsea (casa), venceram o Arsenal por 2 x 0 (casa) e bateram o Manchester United em pleno Old Trafford por 1 x 0.  Dos 06 jogos “mortais” no caminho do Southampton, foram 08 gols sofridos, 05 marcados, 02 vitórias, 03 derrotas e 01 empate. Nada catastrófico para um time que vem numa temporada de reconstrução, tendo em vista a perda de seus destaques da temporada passada para times como Liverpool e United. Apesar do Southampton ter triplicado seu número de gols sofridos, agora contabilizam 15 em 21 partidas da Premier League, os Saints ainda ocupam o posto de melhor defesa do campeonato (seguidos pelo Chelsea com 19). A chave do sucesso do Southampton de Koeman é sua defesa sólida, que mesmo testada pelos times mais fortes do campeonato, conseguiu reunir forças para manter os Saints no terceiro lugar da competição, mantendo firme o sonho de uma conquista de vaga para a Champions’ League 15/16.

Muito do sucesso do Southampton está baseado em sua defesa, que sofreu apenas 05 gols nesta temporada. Coincidentemente, o time havia sofrido o mesmo número de gols na temporada passada, na mesma altura do campeonato, e o time – comandado por Mauricio Pochettino – havia jogado com praticamente os mesmos adversários (07 adversários iguais em 11 enfrentados).

 ESTATÍSTICAS PRIMEIRAS 11 PARTIDAS SAINTS EPL

 

É a 11ª vez que um time da Premier League conseguiu a façanha de sofrer 5 gols ou menos nas 11 primeiras rodadas do campeonato, com nenhum clube além dos gigantes Chelsea, Arsenal ou Manchester United conseguindo manter tal proporção (ou sequer valores próximos) até o final:

GOLS SOFRIDOS

;

O goleiro dos Saints Fraser Forster conseguiu a excelente façanha de sair sem tomar gols em 7 partidas que o Southampton disputou. Sobre a consistência defensiva do time, Forster afirmou:

“Não há segredo, nós defendemos como um time, temos uma linha de 4 defensiva bem sedimentada e nós fazemos com que os adversários sintam dificuldade em nos enfrentar. Estamos orgulhosos de ter a melhor marca defensiva do país, é por isso que nós trabalhamos duro no campo de treinamento toda semana e não queremos parar por aí”.

“Nós limitamos muito as oportunidades do adversário. Estamos defendendo bem como conjunto e esperamos conseguir manter isso. É algo muito importante a se manter” .

O último trecho é muito importante e dá uma grande pista para entender o sucesso da equipe de Koeman. O Southampton é a segunda equipe da Premier League no quesito chutes a gol recebidos (91) e a que menos recebeu chutes certos contra sua meta (24 no total, média de 2,2 chutes certos contra a meta de Forster). Só a título de comparação, na temporada passada, a média de chutes contra a meta dos Saints foi de 3,4 por partida.

chutes dos adversáriosCHUTES SOFRIDOS NO ALVO

Se os Saints estão entre as equipes da Inglaterra que menos deixam seus adversários chutarem em gol, isso se deve muito à tenacidade defensiva de seu meio-campo. Os comandados de Koeman lideram o ranking de desarmes, com 255 (o segundo colocado é o Sunderland com 242). Em média, o Southampton efetua 24,1 desarmes por partida.

;

Nathaniel Clyne, lateral direito dos Saints, é o líder de desarmes na Premier League com 55. Schneiderlin (com 43) ocupa a terceira posição no ranking e Wanyama (com 39) ocupa a quinta posição. Além de ser um dos maiores desarmadores da Inglaterra, Schneiderlin é o jogador que mais correu na competição, com total de 134 km percorridos, 3 km a mais que Cesc Fàbregas.

>>Leia mais: O valor de uma boa dupla de volantes<<

;

Se Dušan Tadić é conhecido por sua qualidade com a bola nos pés e sua visão de jogo, o sérvio também merece ser exaltado por sua entrega defensiva. Tadic já desarmou tanto quanto o zagueiro Jose Fonte, também jogador dos Saints, e é o quinto melhor jogador do Southampton em quantidade de interceptações de bola e é o segundo jogador que mais corre em campo (só perde para Schneiderlin).

>>Leia mais: Tadić , o substituto de Lallana<<

;

A consistência e segurança defensivas que Koeman conseguiu implantar em sua equipe são tamanhas que até agora o Southampton não cometeu erros que resultassem em gols ou chutes à meta de Forster (é a única equipe da EPL a manter esta marca). Chelsea, Leicester, Stoke e Swansea ainda não sofreram gols que fossem resultados de erros defensivos, mas já viram suas metas ameaçadas após falhas.

futuro saints

Arte: Doentes por Futebol

Apesar do excelente início do Southampton, ainda paira a dúvida de como os Saints irão se comportar enfrentando os gigantes da Premier League. O bom jogo que fizeram contra o Liverpool, apesar de terem perdido, dá esperanças em relação à manutenção de um bom nível de desempenho. Porém, os próximos dois meses prometem ser indigestos para Koeman e cia. Dos próximos 10 jogos do Southampton,6 deles serão contra Manchester United (2 jogos), Manchester City, Arsenal (2 jogos) e Chelsea. É bastante lógico afirmar que, após este período bem difícil, teremos uma boa noção do patamar real em que se encontra o Southampton na EPL.

>>Leia mais: O futuro dos Saints<<

(Créditos da matéria)

Comentários

Diretor no DPF desde 2012 e criador da coluna "Olho Nele!".