Giovanni Simeone, o herdeiro de Cholo

  • por Victor Limeira
  • 6 Anos atrás

OLHO NELE

O ano de 1995 foi especial para Diego Simeone. O então jogador do Atlético Madrid começava a firmar sua idolatria com a torcida colchonera dentro de campo. Fora dele, Diego fez um golaço, o nascimento de seu filho Giovanni Simeone. Hoje com 19 anos e com a camisa 9 do River Plate, o herdeiro já chama atenção em Buenos Aires pelo bom futebol e com uma característica que seu pai não tinha, que é fazer muitos gols.

#79738619 / gettyimages.com | Simeone em seus tempos de treinador do River

;

Essa história começou em 2008, quando Diego foi treinador do River Plate e levou o filho, com apenas 13 anos na época, para as categorias de base do time. A partir desse momento, Gio, como é chamado, foi construindo sua história sozinho, sem a presença do pai, com muito suor e dedicação. O próprio sempre pediu que não houvesse comparações, uma dica do Cholo, que também evita dar palpites na carreira do seu filho, pedindo que ele sempre ouça seus treinadores.

Sua simplicidade e humildade com companheiros de equipe e com a comissão técnica conquistaram todos na categoria de base, principalmente quando o garoto foi ganhando mais prestígio e marcando gols importantes (alguns deles contra o Boca Juniors). Sua primeira oportunidade nos profissionais foi em 2013, quando Ramón Díaz o levava ao banco para começar a pegar experiência. Seu primeiro gol foi justamente contra o Tigre, equipe contra a qual marcou diversas vezes em torneios de juniores.

Arte: Doentes por Futebol

Arte: Doentes por Futebol | Promovido aos profissionais do River em 2013, Giovanni não escapou do tradicional trote aos novatos que são alçados da base.

Entre suas principais características, está a impressionante capacidade de finalizar, sendo de direita ou de esquerda. O que chamou a atenção de Marcelo Gallardo, que vem dando muitas oportunidades para Gio nesta temporada, é que o atacante tem muita velocidade para girar e arrematar. Além disso, ele sempre ganha na corrida contra os defensores, como é possível notar no seu primeiro gol em torneio internacional, pela Copa Sul-Americana, contra o Libertad, no Paraguai.

[youtube id=”5sKgl-0bNiU” width=”620″ height=”360″]

Com a possível saída do colombiano Teófilo Gutiérrez para o futebol europeu na próxima temporada, certamente Giovanni Simeone deverá ganhar a tão sonhada vaga na equipe titular para disputar nada menos que a Copa Libertadores de 2015. Todavia, o próprio camisa 9 dos millonarios já recebeu proposta do Napoli e da Lazio. Mas o River não pretende negociar o herdeiro de Cholo, que, em breve, deverá ser mais uma estrela do futebol mundial e, assim como seu pai, trilhar grandes rumos e fazer história no velho continente.

Olho Nele!

Comentários