O charuto está de volta

  • por Rafael Rodrigues
  • 4 Anos atrás
Foto: Paulo Fernandes/A Costeleta

Foto: Paulo Fernandes/A Costeleta

Ele não é presidente ainda, ao contrário do que muitos pensam, mas, depois de ontem, os vascaínos podem ter certeza de uma coisa: Eurico Miranda e seu famoso charuto estão muito perto de voltar ao comando do clube.

O ex-presidente do Vasco ficou à frente de seus dois concorrentes na eleição com mais votantes na história da instituição, com 5.592 participantes, superando o número atingido no processo de 1982, que até então era a maior eleição da história do clube em termos de votantes.

Foto: Rafael Rodrigues

Foto: Rafael Rodrigues

Com pouco mais de 50% dos votos válidos, a chapa “Volta Vasco! Volta Eurico!”, que tem como candidato à presidência do clube o homem que dá nome ao grupo, conseguiu eleger 120 conselheiros para ingressar no Conselho Deliberativo do Vasco da Gama. Estes se juntam a 30 conselheiros escolhidos pela chapa que ficou em segundo lugar, a “Sempre Vasco”, com liderança de Júlio Brant, e a mais 150 conselheiros natos, os chamados Beneméritos.

Na semana que vem, no dia 19/11, os 300 conselheiros vão se juntar para decidir o novo presidente do Vasco, tendo que escolher entre os líderes das duas chapas vencedoras do pleito.

Nesta terça-feira, em São Januário, o dia foi bastante movimentado. Desde as 9 da manhã, quando foram abertos os portões do estádio para os sócios poderem votar, até aproximadamente às 3 da manhã desta quarta-feira, quando foram encerradas as contagens dos votos.

As pessoas que se deslocaram até a Colina Histórica sentiram o clima da disputa desde as ruas que cercam São Januário. Muitos panfletos de candidatos, carros de som, pessoas vestidas com camisas das chapas participantes entregando adesivos, tinha de tudo. O ambiente chegou a ser um pouco desrespeitoso, já que esses “voluntários” à serviço dos candidatos muitas vezes agarravam os sócios que tentavam entrar no estádio, a fim de convencê-los a votar em determinada chapa.

No mais, o dia foi marcado por poucas brigas, pouca confusão e muita comemoração quando Eurico Miranda viu que não tinha mais como perder as eleições. Não foi nem necessária a contagem dos votos da sétima e última urna para o ex-presidente (e, provavelmente, futuro mandatário) saber que sua chapa seria a vencedora do pleito.

No primeiro dia de dezembro o novo presidente do Vasco assume o clube. A Série B já vai ter acabado e ele vai ter cerca de dois meses de trabalho antes de o time entrar em campo novamente para uma partida oficial, pelo Campeonato Carioca. Até lá, o novo mandatário cruzmaltino vai ter bastante trabalho se quiser recolocar o clube no caminho de glórias ao qual sua imensa torcida tanto se acostumou.

Comentários

Estudante de Jornalismo, carioca e torcedor apaixonado do Vasco da Gama. Trabalha no projeto "Embaixadores da Colina", do próprio Vasco, representando a faculdade ESPM. Sócio e frequentador assíduo de jogos do clube