A Renovação Polonesa

  • por Sikorski
  • 5 Anos atrás

Depois de uma fracassada tentativa de ir à Copa do Mundo no Brasil e também não pisando em solo africano em 2010, os poloneses têm muito a almejar e se animar.

A histórica – e primeira – vitória contra a seleção da Alemanha e sua própria capital, Varsóvia, mostra a força de um elenco que alterna jogadores experientes, medianos e alguns outros acima da média. Comandada, nas entrelinhas, pelo matador Lewandowski, do Bayern de Munique, e defendida pelo ótimo arqueiro Szczesny, do Arsenal, a Pôlonia lidera o grupo D das eliminatórias para a Euro 2016 com 10 pontos, três à frente da atual campeã mundial.

Com 15 gols feitos e apenas 2 sofridos, os nórdicos se empolgam cada vez mais com a solidez de um time que cumpre seu papel. A seleção foi a que mais marcou dentre todas até agora (a Espanha vem em segundo, com 13 tentos).

Na artilharia da seleção, a estrela de Robert Lewandowski brilha mais forte: o atacante já marcou 4 gols nas eliminatórias. Porém, um novo talento começa a despontar vestindo a camisa alvirrubra; trata-se de Arkadiusz Milik, de 20 anos, jogador do Bayer Leverkusen que atua no Ajax da Holanda por empréstimo.

Pelo time de Amsterdam, marcou 6 gols em 7 jogos e pela seleção, o novato já balançou as redes 6 vezes, tendo jogado 14 partidas. Seus bons números o credenciaram na seleta lista Golden Boy de 2014.

No jogo que marcou a primeira vitória dos “águias vermelhas” contra a seleção alemã em toda sua história, Milik foi quem fez o primeiro gol, ao se antecipar ao zagueiro e cabecear para o fundo das redes de Manuel Neuer. Apesar da vitória pelo placar mínimo, foi a Alemanha quem mais teve posse de bola e quem mais chutou a gol, mas Szczesny, em dia inspirado, vetou a passagem da bola para o fundo de sua meta. O arqueiro foi ainda considerado o Homem do Jogo. No decorrer da partida, aproveitando-se da fragilidade do elenco alemão (que não era totalmente titular), outro jovem, Sebastian Mila, recebeu passe primoroso de Lewandowski e decretou a vitória polonesa em suas próprias terras.

Com jogadores atuando em grandes times europeus e outros jovens que estão emergindo no cenário futebolístico, a Polônia dá um passo de cada vez rumo a uma vaga na Copa do Mundo na nação vizinha, a Rússia. Com um elenco forte, entrosado e muito talentoso, os alvirrubros têm tudo para surpreender ainda mais nos próximos anos.

Comentários

Estudante, catarinense e apaixonado por futebol. Torcedor por hobby do Tottenham e grande apreciador da garra e classe do futebol europeu.