Camisas 10 a meio-pau

  • por Rodrigo Dornelles
  • 5 Anos atrás

Quando a morte nos pega de surpresa, o choque é maior. O baque não nos deixa tristes, mas torna o pensamento confuso, nos sentimos perdidos. Perdidos por uma perda. Neste domingo, a morte não foi física, mas foi igualmente real. É hora de hastear as camisas 10 a meio-pau. Juan Román Riquelme nos deixou.

Na entrevista em que anunciou sua retirada dos gramados, Riquelme sorriu. Atitude rara de alguém que não sorria nem mesmo ao comemorar gols. Infelizmente, Román, nós não temos motivos para sorrir.

Foto: Facebook oficial Boca Juniors - Riquelme decidiu se retirar do futebol.

Foto: Facebook oficial do Boca Juniors – Riquelme decidiu se retirar do futebol.

A decisão do lendário camisa 10 azul y oro deixa o futebol sul-americano órfão de seu maior expoente neste século. Os pés que mudaram o destino do Boca, encantaram e dominaram o continente.

Com seus dribles mágicos e seus passes cirúrgicos, Riquelme liderou o grande esquadrão xeneize do início dos anos 2000 e voltou ao Boca para se consagrar em 2007. Mudou o clube de patamar e deixou os rivais para trás.

Se o físico de Román nunca foi uma vantagem dentro de campo, ele fez com que não fosse um problema. Com maestria, controlava o ritmo do jogo todo. Os outros jogadores, que eram, mesmo, apenas “outros”, orbitavam ao redor do maestro.

Foto: Facebook oficial Boca Juniors - Román tornou-se o maior camisa 10 da hitória xeneize.

Foto: Facebook oficial do Boca Juniors – Román tornou-se o maior camisa 10 da história xeneize.

E foi como se controlasse o tempo que Riquelme se tornou o maior camisa 10 da história do Boca. Ganhou a idolatria máxima, fez a Bombonera pulsar em seu ritmo. Não aceitou comparações com Maradona, Palermo, ou qualquer outro que ousasse se considerar mais importante na história xeneize.

As arquibancadas da Bombonera viram um representante fiel em campo. Riquelme será lembrado pelas três Libertadores, pelo Mundial, pelos seis nacionais. Riquelme será lembrado pelos dribles, pelos passes e pelos chutes certeiros. Riquelme será lembrado por, certa vez, devolver seu salário referente ao período em que esteve machucado. Riquelme será lembrado.

Gracias por todo, Román.

Comentários

Gaúcho de Pelotas, no "estrangeiro" (Curitiba) há 19 anos. Repórter esportivo da Rádio Banda B. Amante do futebol platino, bem pegado e bem jogado. Sim, Libertadores é muito melhor que Champions League.