Parejo, o toque de classe do Valência

  • por Raniery Medeiros
  • 3 Anos atrás
Arte: Doentes por Futebol

Arte: Doentes por Futebol

Ocupando a 4ª colocação no campeonato espanhol, o Valência quer voltar a figurar entre os melhores times de La Liga. A boa temporada possui alguns pontos relevantes, como o excelente momento vivido por Dani Parejo – camisa 10 e capitão da equipe. O sucesso do clube atualmente passa pelos pés e toques de genialidade desse ótimo jogador.

Criado nas categorias de base do Real Madrid, o atleta iniciou sua carreira no time “B” dos merengues. Após boas apresentações, foi chamado para figurar entre os jogadores da equipe principal na temporada 2008/2009. Contudo, não recebeu grandes oportunidades e teve que pensar em novos planos para o prosseguimento de sua promissora carreira.

Após breve passagem pelo Queens Park Rangers (Inglaterra), reencontrou o bom futebol no Getafe, clube que defendeu durante duas temporadas.

Em 2009/2010, belas atuações e vaga para a Liga Europa. Na temporada seguinte o Getafe brigou e escapou, por pouco, do rebaixamento.

Foto: Lazaro dela Penya - valenciacf.com

Foto: Lazaro dela Penya – valenciacf.com

O bom futebol do garoto foi reconhecido quando o Valência, em 2011, pagou quase 6 milhões de euros para contar com seu toque refinado, habilidade, boa chegada ao ataque e personalidade forte.

Não foi fácil para Dani Parejo encontrar seu espaço no Mestalla. Após duas temporadas de oscilação, veio o momento de esplendor em 2013/2014. Mesmo que o time não tenha conseguido alcançar uma vaga para as competições europeias, o até então camisa 21 foi um dos destaques do Valência. Atuando mais recuado, ganhou notoriedade por jogar de cabeça erguida, chegar ao ataque como elemento surpresa, fazer bons desarmes e ter o chamado passe “A” – quando a bola chega redonda aos pés do companheiro.

https://www.youtube.com/watch?v=REld5JB29BI

Após a saída de Éver Banega, herdou a camisa 10 e vem jogando como um autêntico maestro. É bem verdade que o número de assistências (1), para um jogador de grande qualidade, é baixíssimo. Em contrapartida, Parejo passou a marcar muitos gols e tornou-se o artilheiro da equipe na atual temporada.

O técnico Nuno Espírito Santo tem em seu capitão a referência para, quando precisar, alterar o esquema tático da equipe. Dani é a bola de segurança do Valência, principalmente quando atua centralizado, tendo total liberdade para circular nas zonas de ataque. O sucesso da equipe em La Liga está intrinsecamente ligado ao ótimo momento de Daniel Parejo Muñoz.

A única crítica que pode ser feita concerne aos nove cartões amarelos que o jogador já tomou. Não há como duvidar que 2014/2015 é o ano de afirmação de Dani Parejo e, continuando neste ritmo, pode levar seu clube à Champions league. Veja os sete gols do atleta na atual temporada:

Valência 3×0 Málaga:

[youtube id=”u_lJBWv98uQ” width=”620″ height=”360″]

Valência 3×1 Espanyol:

[youtube id=”1Cnjcm86MY8″ width=”620″ height=”360″]

Valência 3×1 Elche:

[youtube id=”IuOvOxinmMo” width=”620″ height=”360″]

Levante 2×1 Valência:

[youtube id=”g1JEAq8BeDY” width=”620″ height=”360″]

Valência 3×2 Almería:

[youtube id=”Ite0iJdZA14″ width=”620″ height=”360″]

Como é bom ver jogadores que tratem bem a bola. O meio-campista tem tudo para seguir em franca ascensão e, dessa forma, almejar, quem sabe, uma vaga na seleção.

Comentários