Principais jogadores que estarão sem contrato em 6 meses

Sami Khedira (Real Madrid)

Talvez o mais valioso dos jogadores nessa lista, aos 27 anos, Khedira ainda é um jogador que pode atrair a atenção de grandes clubes. Além da falta de bons volantes disponíveis no mercado, Khedira foi campeão por todos os clubes que passou (campeão alemão com o Stuttgart e multicampeão pelo Real Madrid), além do seu sucesso com a seleção alemã na Copa de 2014. Segundo a mídia de seu país, o Bayern de Munique pode competir com Arsenal e Chelsea pela contratação do jogador.

James Milner (Manchester City)

Nada além do que um jogador útil para elenco, aos 29 anos, Milner acabou de marcar os dois gols que mantiveram o City vivo na Copa da Inglaterra, mas sua renovação com o clube é improvável. Há o interesse de Arsenal, Liverpool, Milan e Internazionale (que é treinada por Roberto Mancini, técnico que trabalhou com Milner no City).



Fabian Schar (Basel)

O zagueiro suíço de 22 anos vem chamando a atenção de clubes como Arsenal e Borussia Dortmund devido ao seu sucesso tanto na seleção suíça, onde disputou a Copa de 2014, quanto pelo Basel, classificado para as oitavas da Liga dos Campeões. Seu único problema são as lesões, que o acompanham desde o início da carreira.

 

Andre-Pierre Gignac (Olympique de Marselha)


O atacante de 29 anos “ressuscitou” sob o comando de Marcelo Bielsa, mas sua permanência no Marselha é improvável. Em entrevista à Gazzetta dello Sport, Gignac confirmou que pretende sair ao final da temporada, a menos que Bielsa permaneça como técnico e o clube se reforce para disputar grandes competições com os gigantes do futebol europeu, o que parece improvável. Seus 14 gols em 20 jogos na temporada chamaram a atenção de Internazionale, Arsenal e Newcastle.



Ron Vlaar (Aston Villa)

Aos 29 anos, o bom zagueiro holandês vem despertando desejo do Manchester United desde outubro do ano passado. Após ter trabalhado com Louis van Gaal na seleção holandesa, Vlaar parece estar próximo de reforçar os Diabos Vermelhos já na atual janela por 12 milhões de libras. Experiente e adaptado ao futebol inglês, o zagueiro parece ser a peça que falta na defesa do United.



Daniel Alves (Barcelona)

No Barcelona desde 2008, quando foi contratado pelo técnico Pep Guardiola, Daniel Alves vem apresentando uma queda de rendimento a cada temporada, e uma permanência no Barcelona parece improvável. Há o interesse do Manchester United, que vem improvisando o equatoriano Valencia na sua ala direita durante a temporada.



Emmanuel Adebayor (Tottenham)

O atacante togolês de 30 anos não tem muita moral com o técnico Mauricio Pochettino e pode estar de saída do clube. A ascensão do jovem Harry Kane dificulta ainda mais a permanência do africano. Rumores falam de um interesse do Chelsea em contar com o ex-atacante de Arsenal e Real Madrid para a reserva de Diego Costa.



Maxi Pereira (Benfica)

O experiente lateral-direito uruguaio de 30 anos vem chamando a atenção de Liverpool e Besiktas. O clube português definiu seu preço em 4 milhões de libras.



Winston Reid (West Ham)

O zagueiro de 26 anos, destaque de uma das surpresas da Premier League, é mais um defensor que vem sendo observado por técnicos de grandes clubes, como Arsene Wenger. No entanto, um interesse do Liverpool pode dificultar a negociação para o Arsenal.



Mathieu Flamini (Arsenal)

Visivelmente apresentando uma queda de rendimento a cada temporada, o volante de 30 anos pode não ser um bom nome para clubes gigantes, mas ainda pode ser um bom reforço para times médios da Europa.



Yevhen Konoplyanka (Dnipro)

Alvo antigo do Liverpool, que quase contratou o meia-atacante ucraniano há um ano, Konoplyanka pode estar próximo de ser vendido a um clube da Premier League, visto que o Tottenham também tem interesse em contar com seu futebol.



Luiz Adriano (Shakhtar Donetsk)

Atual artilheiro da Liga dos Campeões com 9 gols em 5 jogos, Luiz Adriano vem chamando a atenção de clubes como Liverpool e Tottenham. O atacante de 27 anos, que é o maior artilheiro da história do Shakhtar com 122 gols em 253 jogos, já mostrou que pode ser uma alternativa útil até para clubes que disputam a Liga dos Campeões.



Anderson (Manchester United)

Aos 26 anos e após ter passado por Portugal, Inglaterra e Itália, Anderson parece não ter mais futuro em clubes grandes da Europa e poderia ser um bom reforço para clubes médios. Até mesmo um possível retorno ao Brasil seria viável.



Fabian Delph (Aston Villa)

Um dos destaques do Aston Villa na temporada, Delph já ganhou os olhos de Arsenal e Liverpool e está disposto a novos desafios na carreira. Aos 25 anos, o meia pode ver a ida a algum grande da Europa como uma maneira mais fácil de ganhar visibilidade e voltar ao English Team.


Neto (Fiorentina)

No seu site oficial, a Fiorentina informou que o jovem goleiro brasileiro não renovaria com o clube ao final da temporada. Juventus e Liverpool são os possíveis clubes interessados.



Van der Vaart (Hamburgo)

Com 4 gols e 2 assistências em 14 jogos na temporada, o meia-atacante holandês já não é mais uma opção para os gigantes da Europa, mas ainda pode ser útil para clubes médios. O que pesa ao seu favor é sua experiência: 109 jogos pela seleção holandesa, tendo atuado em todas as competições de alto nível da Europa.

Comentários

Estudante de Redes de Computadores. Fanático por futebol, seja brasileiro ou europeu. Sua preferência, na Europa, é a Premier League.