Os lobos uivantes da Bundesliga

  • por Raniery Medeiros
  • 5 Anos atrás
Arte: Doentes por Futebol

Arte: Doentes por Futebol

A atual temporada da Bundesliga está chata? O fato do Bayern de Munique estar com a mão na taça não implica dizer que seja o time que tenha agradado mais – futebolisticamente falando. A boa surpresa da temporada é o Wolfsburg de Dieter Hecking. Os Lobos jogam o que muitos especialistas chamam de Futebol Moderno, vertical e de extrema objetividade.

Sem contratações badaladas no início da temporada, time bem organizado dentro de campo, jogadores habilidosos e movimentação intensa. Os Lobos realmente sabem o que fazer com a bola nos pés e, sem nenhum exagero, são donos de um contra-ataque mortal, que pode ser facilmente colocado entre os tops da Europa. Passes curtos, longos, não importa. O time joga com todas as armas.

O esquema tático

A equipe atua no universal 4-2-3-1, adotado por vários clubes. Mas engana-se quem pensa que o esquema de Hecking é metódico ou pragmático. Os jogadores correm o tempo todo, trocam de posições, e o principal: jogam em velocidade. Quando se tem Rodríguez, Arnold, Caligiuri, Vieirinha e De Bruyne, é impossível pensar em um time de pebolim, que guarde posições. É claro que existe o momento de parar e pensar o jogo, mas, em contrapartida, jogar no desespero do adversário, que vem correndo de costas, é um dos segredos do segundo melhor ataque do campeonato com 41 gols, ficando atrás dos 45 do Bayern de Munique.

hg

;

A “sacada” de Hecking

Se você tem um time alucinado por velocidade, nada mais justo do que escalar jogadores mais leves do meio para frente, com dois laterais presos, certo? Ledo engano. Para dar maior profundidade às jogadas de ataque, Vieirinha passou a atuar como lateral e, dessa forma, ajuda o winger pelo lado direito. Já pela esquerda, quem toma conta do pedaço é o suíço Ricardo Rodríguez – o melhor lateral da Bundesliga. Não é suicídio atuar com dois laterais ofensivos, desde que a recomposição seja feita de maneira correta, sendo treinada repetidamente.

;

O gigante no meio dos artistas

Alto, matador e, por vezes, habilidoso. Por mais que Bas Dost chame atenção pela sua altura, é com a bola nos pés que o camisa 12 vem ganhando a simpatia dos torcedores. Assumiu a titularidade e não mais saiu do time após os cinco gols anotados em 10 partidas realizadas. A altura não o impede de fazer boas tabelinhas com os habilidosos, os artistas do time.

Imagens congeladas explicam as situações táticas

Invertendo os papéis

Perišić (9) sai da ponta para o meio, deixando De Bruyne (14) aberto pela esquerda. A marcação abre o corredor pela esquerda e deixa Dost (centro) praticamente sozinho.

wolfs 1

Elemento surpresa

Os Lobos abusam das jogadas pelos flancos. Note como Jung se apresenta pela direita, prendendo o lateral adversário. Enquanto isso, Perišić chama a marcação dobrada, que deixa De Buryne sozinho no bico da área, e a bola é alçada nas costas da defesa para a entrada de Vieirinha, o elemento surpresa. Este tipo de jogada é bastante recorrente.

wolfs 2
O risco defensivo

Quando se marca em cima, sufocando o adversário, é normal tomar bolas nas costas. Seja pela lateral ou pelo meio, o Wolfsburg corre alguns riscos. Ao chegar atrasado para o combate, Luiz Gustavo desguarnece a defesa e faz com que Naldo precise dar um passo à frente, tentando antecipar a jogada. Sendo assim, se o oponente for inteligente, lançará a bola entres os dois zagueiros. Note como Knoche (zagueiro) dá ainda mais espaço para o passe ser concretizado. Outra crítica ao sistema defensivo, e que o leitor observará em todas as partidas dos Lobos, encontra-se nas bolas altas. Como diria Galvão Bueno: quem é que sobe? Mesmo com os riscos, é a terceira melhor defesa do campeonato.

wolfs 3

Contra-ataque letal

A bola foi roubada, passada para Kevin De Bruyne, que acelera e dita o ritmo da jogada. Aaron Hunt (10) aparece como opção pela direita, mas é R. Rodríguez quem atua como um autêntico ponta. O belga não hesita, toca para o suíço, e dele para o fundo das redes. Todos sabem desse anseio do Wolfsburg por contra-ataques, mas é difícil marcá-lo, é letal.

wolfs 4
O fator Max Arnold

No 4-2-3-1, com incessante troca de posições, Max Arnold se apresenta com frequência ao ataque. De Bruyne poderia ter aberto o jogo pela esquerda, direita, mas não: optou pelo inimaginável. Caligiuri (7) prende o lateral e Arnold, 2º volante no papel, aparece como “falso 9”.

wolfs 4;

A grande partida

Os Lobos tiveram grandes atuações durante a temporada: 4×1 no Leverkusen, 3×0 no Mainz 05, 4×0 no Stuttgart. Mas nada que possa ser comparado ao banho de bola aplicado no todo poderoso Bayern de Munique. Obediência tática, show de contra-ataque e uma verdadeira aula de futebol dada por Kevin de Bruyne resultaram em impiedosos 4×1 no gigante da baviera.

https://www.youtube.com/watch?v=91JWI8c-ivg

;

O craque

Camisa 14 nas costas, futebol de gente grande, Kevin De Bruyne acumula 11 assistências e 6 gols. Sem nenhuma dúvida, o melhor jogador do campeonato até o momento. Joga como armador, mas se movimenta pela esquerda, direita e até mesmo de centroavante. Está entrando cada vez mais dentro da área. Que jogador!

;

O “paredão”

Se todo grande time começa por um grande goleiro, então os Lobos não precisam se preocupar, pois o suíço Diego Benaglio está ali para salvar, quando preciso, a meta dos “verdinhos”.

;

Os subestimados

Todo time possui aqueles jogadores que desempenham muito bem sua função, mas não são valorizados: Perišić, Caligiuri, Hunt e Schäfer são alguns desses atletas no Wolfsburg.

Onde encaixar Schürrle?

Grande sensação da janela de transferências, André pode atuar como winger (esquerda, direita) ou até mesmo como falso 9. Mas quem sairia? A briga será boa. Em sua estreia, contra o Hoffenheim, deu assistência para o gol de Dost, teve muita movimentação e foi eleito o melhor em campo. Dieter Hecking tem a dor de cabeça que todo técnico gostaria de ter.

O futebol do Wolfsburg é admirável. Sabe quando o nobre leitor não torce por um determinado time, mas dá gosto de vê-lo jogar? É o caso do vice-líder da Bundesliga 2014/2015. Que continuem assim até o término da temporada.

OBS: As imagens congeladas foram retiradas do site oficial da Bundesliga. Clique aqui.

Comentários