Uma classificação maior que a própria América

  • por Rodrigo Dornelles
  • 5 Anos atrás

É comovente e emocionante ver como um esporte pode transpor qualquer barreira, qualquer diferença. Ignora divergências e rusgas históricas, desconhece tempo e espaço. A noite do dia 12 de fevereiro de 2015 ficará marcada na história da Libertadores da América e do futebol chileno. Mais que isso, os 90 minutos que colocaram o Palestino na fase de grupos da maior competição da América, já são parte de uma história maior que o próprio continente.

Dono da maior colônia palestina do planeta, o Chile possui cerca de 350 mil imigrantes árabes. Mas o pequeno Club Deportivo Palestino mobiliza mais que os palestinos chilenos. O clube, que carrega as cores e a bandeira da palestina, contagia até mesmo seus conterrâneos do Oriente Médio.

Motivados por um vídeo em que os “irmãos” palestinos aparecem enviando mensagens de apoio ao clube, os atletas derrubaram o muro da primeira fase. Bateram nada menos que o gigante Nacional, recordista de participações no torneio. Os chilenos superaram expectativas e dizimaram o favoritismo uruguaio. Com a classificação assegurada, o Palestino ganhou também o apoio de ninguém menos Mahmud Abbas, presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP).

Sem muros, barreiras, ou fronteiras geográficas, o Palestino segue na Libertadores. Encara a maior competição da América com coragem e fé. Em busca do seu espaço e para fincar bandeira de vez na Libertadores, o clube chileno já mede forças com o Boca na primeira partida do grupo 5. Pega ainda Montevideo Wanderers e Zamora na primeira fase.

Imagem: Facebook oficial do CSD Palestino - O futebol segue derrubando barreiras.

Imagem: Facebook oficial do CSD Palestino – O futebol segue derrubando barreiras.

Qualquer sucesso dentro de campo agora será coadjuvante. A plena participação do Palestino em La Copa já tomou o papel de protagonista. A cada embate, 11 homens estarão em campo lutando pela história de um povo. Armados com chuteiras e luvas, munidos de coragem, determinação e muita fé.

O Club Deportivo Palestino já conquistou uma classifcação maior que a própria América. Maior que qualquer Copa. Maior que qualquer barreira.

Comentários

Gaúcho de Pelotas, no "estrangeiro" (Curitiba) há 19 anos. Repórter esportivo da Rádio Banda B. Amante do futebol platino, bem pegado e bem jogado. Sim, Libertadores é muito melhor que Champions League.