A consolidação de Eden Hazard

  • por Lucas Sousa
  • 5 Anos atrás

CONSOLIDAÇÃO HAZARD

Melhor jogador da temporada na Inglaterra, integrante da seleção da Premier League pelo terceiro ano consecutivo, campeão nacional, responsável por 19 gols e 10 assistências em 42 partidas e dono de um contrato renovado até 2020. Em sua terceira temporada vestindo a camisa do Chelsea, Eden Hazard se consolidou como um dos melhores jogadores do planeta. O belga foi o grande comandante do ataque azul, o melhor desde 2009/2010, ano do último título inglês do clube, e, aos 24 anos, escreveu seu nome como um dos maiores jogadores da história recente dos Blues.

;

Recuperação pós-Copa

Hazard fez ótima temporada 2013/2014. Foi o melhor jogador do Chelsea, que chegou perto dos títulos da Premier League e Champions League, mas acabou de mãos vazias. Foram 14 bolas na rede e 7 passes para gol no Inglês. Era tido como o grande destaque da “ótima seleção belga” que viria ao Brasil para a disputa da Copa do Mundo cercada de expectativas, mas não correspondeu. Fez um Mundial mediano, abaixo daquilo que jogara ao longo de todo ano.

Foto: Chelsea FC

Foto: Chelsea FC

Começou a temporada atual ainda em marcha lenta, assim como nos gramados brasileiros, com 2 gols e 2 assistências nos primeiros 10 jogos. A partir daí, engrenou. Chegou a emplacar 6 partidas consecutivas com gols ou assistências e se tornou o jogador mais eficaz do elenco de José Mourinho. Contando apenas seus gols decisivos, o belga foi responsável direto por 15 pontos conquistados pelo campeão inglês, o mesmo número de pontos que separa o Chelsea do vice-líder Manchester City. Ou seja, se o título dos Blues foi tão antecipado e “tranquilo”, é porque eles contam com Eden Hazard.

Ao atingir 100 gols na temporada 14/15, note a altíssima participação de Hazard nos gols dos Blues.

Ao atingir 100 gols na temporada 14/15, note a altíssima participação de Hazard nos gols dos Blues.

;

Reconhecimento de craques

A excepcional temporada do belga lhe rendeu elogios de diversas partes. A cada partida em que era decisivo, Mourinho não poupava palavras para exaltar o jogador nas entrevistas coletivas. “Fundamental”, “fantástico” e “humilde” são apenas alguns dos adjetivos frequentes nas falas do Special One, mas são as declarações daqueles que estão – ou estiveram – dentro das quatro linhas que chamam a atenção.

Após a vitória por 2×1 sobre o Stoke City, quando Hazard marcou o primeiro e deu o passe para o segundo gol, John Terry comentou a exibição do companheiro e o colocou no mesmo nível de Cristiano Ronaldo e Messi.

“Nesses jogos onde você está à procura de algo a mais, um pouco de magia de alguém, ele é o único que se aproxima e consegue criar algo. Ele está lá em cima com Messi e Cristiano Ronaldo, e ele ainda pode ficar melhor.”

https://www.youtube.com/watch?v=ICehnzox39o

Zinedine Zidane foi além, dizendo preferir o futebol do belga ao do português ou argentino. Não se pode desconsiderar o interesse do Real Madrid na contratação do jogador nesta declaração de Zinedine, treinador do Castilla, time B dos Merengues, mas isso não o que disse descartável.

“Messi e Ronaldo são espetaculares, mas gosto mais de Eden Hazard. Gosto de tudo o que faz em campo, do seu comportamento, da sua determinação e vontade em progredir a cada ano.”

;

A receita do sucesso

Mas o que faz de Hazard um dos grandes nomes do futebol na atualidade? Para ele, a dedicação, para os outros, a humildade. Mesmo sendo estrela de um dos grandes da Europa, o camisa 10 parece ter os pés bem fincados no chão e não deixa a fama subir à cabeça. Após completar 400 jogos na sua carreira profissional, em março deste ano, deu a receita do sucesso:

“Tento jogar cada jogo como se fosse o último. Tento dar tudo. Eu não quero parar de jogar futebol e não tenho nenhum arrependimento.”

Seu treinador, José Mourinho, destaca o quão humilde seu melhor jogador é. De acordo com o português, seu comportamento é um diferencial em um meio tão badalado quanto o do futebol, e isso faz de Hazard um grande atleta.

“Ele quer ser um jogador especial e uma pessoa normal. No futebol atual, a cultura é que se tenha um jogador especial e uma pessoa especial. Mas este não é ele. Ele é um garoto fantástico, um menino de ouro. A maneira como ele se comporta, o jeito que ele quer ser, a maneira como ele respeita as pessoas, mesmo o jeito que ele respeita os adversários.”

Foto: Chelsea FC

Foto: Chelsea FC

Marc Wilmots, técnico da seleção belga, também elogiou a conduta do meia-atacante. Segundo ele, a importância que Hazard atribui ao coletivo foi fundamental para conquistar sua confiança.

“Certamente, Eden não tem nenhum problema com ego, é um jogador da equipe, a equipe vem sempre em primeiro lugar. Por isso respeito ele.”

;

Mais driblador, mais finalizador, mais letal

Desde que chegou a Stamford Bridge, Hazard modificou seu jogo até se tornar o melhor do país. Se no Lille era a grande referência ofensiva e principal nome nos gols e assistências, no Chelsea teve que dividir essa responsabilidade com outros craques, mas sem perder o protagonismo.

Aos poucos, incluiu mais o drible e a finalização no seu repertório, se tornando mais decisivo. Na sua estreia na Premier League, se destacou mais pelas assistências (11) do que pelos gols (9) e dribles (média de 1,8 por jogo). Foi um ano em que Hazard era mais armador, mais meio-campista e menos atacante, porém, não tão participativo (média de 45 passes por jogo) e eficiente nos passes (média de 85% de acerto).

No segundo ano, foi mais atacante, incisivo. Marcou 14 vezes e serviu seus companheiros em 7 oportunidades. Teve uma melhora significativa nos dribles (3,8 por jogo), mas piorou nos passes (83% de aproveitamento) e seguiu sem participar tanto (44 passes por jogo). Para se firmar de vez no rol dos grandes craques europeus, juntou o melhor dos primeiros anos em um só.

https://www.youtube.com/watch?v=OyF7qZW6azY

Nesta temporada, são 14 gols e 8 assistências. Atualmente, tem utilizado e tudo mais sucesso nos dribles (4,6 por jogo), ultrapassando Messi (4,5) e ficando atrás apenas de Bellarabi (4,9) nas grandes ligas do continente. O camisa 10 também foi mais participativo na construção das jogadas (56 passes por jogo) e melhor nos passes (87% de aproveitamento). Resumindo: Hazard se tornou mais completo e ainda melhor.

Arte: Doentes por Futebol

Arte: Doentes por Futebol

;

Interesse do Real Madrid e renovação contratual

Claro que o Real Madrid – com seu desejo incontrolável de adquirir grandes craques – não ficaria parado vendo Hazard decidir vários jogos na Inglaterra. Diversas notícias sobre o interesse merengue circularam nos jornais de Madrid e Londres, algumas incluindo até Bale na possível negociação entre os clubes.

Provavelmente, esse interesse do clube espanhol acelerou o processo de renovação do vínculo do belga com o clube inglês, que se arrastava desde junho de 2014. Mourinho sempre se mostrou confiante e chegou a afirmar que para Hazard renovar com o Chelsea só faltava ele comprar uma boa caneta. Tal caneta foi comprada e utilizada em 12 de fevereiro. O vínculo foi estendido até 2020 e o salário chegou à £200.000 semanais, o maior da história do clube.

Foto: Chelsea FC

Foto: Chelsea FC

A renovação contratual parece não ter diminuído o interesse do Real e as notícias sobre uma possível transferência voltaram a estampar os jornais ingleses. Com ironia e bom humor, Mourinho respondeu ao interesse merengue e pôs fim às especulações.

“Se o Real Madrid quisesse Hazard, eu acho que eu seria o primeiro a saber. E se o quiserem, eu venderia: por 100 milhões de libras… cada perna.”

;

Muitas faltas, nenhuma lesão

EDEN HAZARD 14-15

O belga é o maior driblador, criador de chances e sofredor de faltas na English Premier League.

Ninguém na Premier League apanhou mais que Eden Hazard. No país conhecido pelo futebol intenso, pegado e muito físico, o craque do campeonato é o alvo preferido dos adversários, sofrendo, em média, três faltas por jogo. Num desses lances, sofreu pênalti e converteu, no rebote, o gol do título.

O próprio jogador, membros da comissão técnica e, claro, José Mourinho reclamaram do excesso de faltas. Steve Holland, auxiliar técnico, pediu mais proteção aos jogadores e o belga disse que continuará competindo “desde que as faltas não o matem”.

Foto: Chelsea FC

Foto: Chelsea FC

Incrivelmente, o jogador que mais sofre com as pancadas no campeonato não se machuca. Hazard deve terminar a temporada sem qualquer lesão e com a marca de ser titular em todos os jogos até a conquista do título. Descontando os acréscimos, o Chelsea esteve em campo por 3150 minutos na Premier League e o belga só não participou de 41, menos de um tempo. Somente nove jogadores estiveram em campo mais que ele, quatro goleiros e seis defensores.

;

A próxima meta

FIFA-Ballon-Dor-2014-Nominees

Se já deixou de ser promessa há um tempo, Hazard agora pensa em bola de ouro. Em constante evolução e com 24 anos, o belga começa a ser cogitado para entrar na disputa com Messi e Cristiano Ronaldo. Para Mourinho, o camisa 10 já está entre os três melhores e o próprio jogador acredita ser possível bater os dois “extraterrestres”.

“Messi e Ronaldo são de outro planeta, mas quero ganhar, a Bola de Ouro sim, por que não? Tento ser um dos melhores. Treino todos os dias e posso atingir outro nível. Ainda sou jovem, mas o Messi ganhou duas Bolas de Ouro com a mesma idade. Ainda posso melhorar.”

Demonstrando dedicação e humildade, apanhando e respondendo na bola, aprimorando seu futebol para se tornar mais completo e letal. Assim Eden Hazard se tornou o melhor jogador da Inglaterra, se consolidou entre os melhores da atualidade e conduziu o Chelsea ao quinto título Inglês.

O belga tem tudo para brigar com os grandes por seus objetivos e o tempo tratará de mostrar se Hazard será bem sucedido ou não.

Comentários

Mineiro e estudante de jornalismo. Admira (quase) tudo que cerca o futebol inglês, não esconde seu apreço por times que jogam no contra-ataque (sim, sou fã do Mourinho) e acha que futebol se discute sim. Também considera que a melhor invenção do homem já ultrapassou os limites do esporte.