O que falta para o Sporting brigar pelo título?

  • por Levy Guimarães
  • 5 Anos atrás

O Sporting das últimas duas temporadas é visivelmente mais organizado e competitivo em relação aos anos anteriores. Após uma temporada de pesadelo em 2012/2013, em que os Leões terminaram em 7º lugar no Campeonato Português, Bruno de Carvalho assumiu a presidência de um clube desmotivado, com a autoestima no chão pelos péssimos resultados e com um rombo financeiro de mais de 260 milhões de euros. Aos poucos, o enérgico presidente sportinguista vai conseguindo arrumar a casa, mas o alviverde lisboeta ainda está um patamar abaixo de seus arquirrivais Benfica e Porto. Para isso, ainda é preciso galgar alguns degraus.

O primeiro e talvez o principal diferencial entre o Sporting e a dulpa Benfica-Porto ainda é financeiro. A atual gestão tem feito um importante reestruturação financeira, que já na temporada passada resultou em uma redução de cerca de 40% dos custos com o futebol. Mesmo assim, o clube leonino ainda não é capaz de competir com seus rivais por jogadores de renome no cenário europeu. Para esta temporada, 16,5 milhões de euros foram gastos em contratações, contra 36,5M pelo Benfica e 47M pelo Porto. A arrecadação total do clube segue padrões parecidos, tendo se equivalido a quase metade do que arrecadaram os Encarnados e a 70% do que recolheram os Dragões no segundo semestre de 2014. Portanto, o grande desafio é continuar diminuindo custos e, ao mesmo tempo, aumentar a receita – seja em vendas de jogadores (William Carvalho, por exemplo, tem ótimo potencial de mercado), ações de marketing ou crescimento da Sporting TV, inaugurada há quase um ano e com espaço em duas operadoras de TV por assinatura.

Foto: Record - Desde que assumiu, Bruno de Carvalho vem promovendo uma reestruturação do clube, dentro e fora de campo

Foto: Record – Desde que assumiu, Bruno de Carvalho vem promovendo uma reestruturação do clube, dentro e fora de campo

Já dentro de campo, falta ao Sporting o que tem sido o grande trunfo do Benfica: continuidade. Nas últimas seis temporadas, foram treze treinadores à frente da equipe, muitos deles assumindo em ambientes conturbados e com um tempo curto para mostrar serviço. Só de 2009 a 2013, os Leões tiveram nove comandantes à beira do gramado, o que rendeu o apelido de “triturador de técnicos”. Em 2013/2014, Leonardo Jardim fez um belo trabalho, levando a equipe ao vice-campeonato nacional, mas no último verão europeu trocou o Sporting pelo Monaco. E nesta temporada, o jovem Marco SIlva, de 37 anos, tem sido encarregado de conduzir o plantel leonino.

Foto: Sporting CP / Oficial - Apesar dos altos e baixos, Marco Silva merece continuar no cargo

Foto: Sporting CP / Oficial – Apesar dos altos e baixos, Marco Silva merece continuar no cargo

O atual treinador se mostra um bom nome para liderar esse trabalho de médio/longo prazo que o Sporting precisa. Apesar de um início de temporada complicado e alguns momentos de grande turbulência interna, como na virada do ano, quando esteve ameaçado de demissão por desentendimentos com a diretoria, Marco Silva vem bem no comando do elenco, especialmente neste semestre. Demorou, mas o time começou a jogar mais ao seu modo, dominante dentro de casa e fatal nas jogadas pelas pontas quando está fora de seus domínios, consolidando a 3ª colocação no Campeonato Português. Com mais tempo, tranquilidade e um plantel mais qualificado, é capaz de conduzir o Sporting aos títulos que o clube tanto tem carecido e necessitado.

Evidentemente, há outros pontos nos quais o alviverde de Lisboa pode melhorar, como na contenção de conflitos internos – um antigo problema no clube que, como já dito, quase resultou em uma demissão extremamente precipitada de Marco Silva. Mas uma saúde financeira melhor e um trabalho bem estruturado a médio/longo prazo já seriam importantes para o Sporting voltar a ambicionar o título português, em falta na sala de troféus há 13 anos. Os primeiros passos têm sido dados. Resta saber se diretoria e comissão técnica saberão conduzi-los nos próximos anos.

Foto: Sporting CP / Oficial - Sporting tem condições de continuar crescendo e brigar forte pelo título

Foto: Sporting CP / Oficial – Sporting tem condições de continuar crescendo e brigar forte pelo título

Comentários

Estudante de Jornalismo e redator no Placar UOL Esporte, belo-horizontino, apaixonado por esportes e Doente por Futebol. Chega ao ponto de assistir a jogos dos campeonatos mais diversos e até de partidas bem antigas, de décadas atrás.