Tributo ao blues: B.B. King contado por uniformes azuis

  • por Giovanni Ghilardi
  • 6 Anos atrás

bb

O mundo amanheceu mais triste com a notícia que B. B. King – o grande astro do blues – nos deixou. Sua guitarra, suas letras e sua música merecem grandes homenagens.

Nós fizemos a nossa. Com muito futebol e, é claro, música.

Acompanhe como as histórias dos times azuis dialogam com as canções do Rei.

;

Resumo

;

The Thrill is Gone – Final da Libertadores: São Caetano x Olímpia (2002)

O ritmo dessa música dá o tom para torcedores e simpatizantes do Azulão. O ano era 2002 e o vice-campeão brasileiro não se cansava de surpreender a todos. A equipe tinha 13 anos de existência, mas possuía futebol de gente grande e chegou à final da Libertadores contra o Olímpia, do Paraguai.

Os dois jogos foram sofridos: uma vitória por 1 a 0 fora de casa e uma derrota por 2 a 1 em seus domínios. Foi assim que a final chegou aos penais. O São Caetano viu a glória escapar do jeito mais dramático possível: com duas cobranças perdidas, como diz a letra da música, “A emoção se foi”.

 

When my hearts beats like a Hammer – Cabeçada de Drogba (2012)

O coração azul quase saía da boca. Era final de Champions, mais uma. E o jogo caminhava para outra derrota. No fim da batalha, Müller anotou o tento que deixou os torcedores do Chelsea sem batimentos por aproximadamente 5 minutos. Isso porque quando o cronometro marcava 88 minutos, Drogba, um dos maiores ídolos da história dos londrinos, empatou de cabeça.



Mais uma vez, as letras de B. B. King invadiram o futebol: os corações dos torcedores “batiam como martelos”, ainda mais depois dos pênaltis – dessa vez, foram cobranças felizes para o time azul. O Chelsea sagrou-se campeão da Champions.

;

How Blue Can You Get – Torcida do Schalke (temporada 2004/05)

O quão torcedor você é? Mais do que isso, o “quão azul você consegue ser”? Isso não precisou nem ser perguntado aos torcedores do Schalke 04. Durante a temporada 2004/05, foram donos de uma média de 61.387 espectadores por jogo, em um estádio com capacidade para 61.481 pessoas.

Com B. B. King, a música já era azul fazia tempo. Mas, nessa temporada, o futebol também ganhou tons mais azulados.

maisbb

;

So Many Days – Cruzeiro, campeão do Brasileiro de 2003

O recorde de vitórias seguidas no Campeonato Brasileiro de pontos corridos é do Cruzeiro de 2003. Por duas vezes na competição, o clube venceu 8 jogos seguidos. O final de tudo isso? A melhor campanha da história e mais uma taça no ano para o time mineiro.


Música So Many Days de B. B. King no Vagalume!

A música de B. B. King traz um ar mais dramático a esses “Tantos dias”. Mas com várias criações geniais assinadas pelo músico, sabemos que esse final também foi grandioso e que seu nome permanecerá como invencível na história do blues.

Comentários

Cresceu acompanhando de perto o glorioso Bragantino e viu que em meio às vitórias e derrotas, existem muitas boas histórias pra contar. Seja nos livros, nos cinemas ou até em uma mesa de bar; o futebol sempre está presente.