A aula da Juventus na formação de seu meio de campo

  • por Tiago Lima Domingos
  • 5 Anos atrás

Juventus monta um dos melhores meios de campo do mundo gastando apenas €12,5 milhões

khedira

Khedira se junta a Juventus para a próxima temporada

A Juventus acertou nesta terça-feira a contratação de Sami Khedira, do Real Madrid. Khedira chega ao futebol italiano sem custo algum, já que seu contrato com o Real se encerraria no dia 30 de junho. O alemão se junta a Pirlo, Marchisio, Pogba e Vidal, formando um quinteto de respeito, talvez o melhor meio-campo do mundo.

Melhor que o meio de campo formado, só a maneira como a Juventus o montou, gastando a baixíssima quantia de €12,5 milhões (toda investida no chileno Vidal). Pirlo, Pogba e Khedira vieram de graça e Marchisio é cria da base. A Juve hoje não está entre os clubes mais poderosos do mundo financeiramente, e deu uma verdadeira aula de como montar um time competitivo gastando pouco.

pogba_vidal_pirlo_marchisio1

O bom trabalho da Juventus se torna ainda mais louvável analisarmos a chegada de Arturo Vidal e Paul Pogba. O chileno foi contratado em julho de 2011 por €12,5 milhões, mas tinha seu valor de mercado avaliado em €20 milhões, segundo o Transfermakt, referência no assunto. Hoje, o valor atual de mercado de Vidal é de €42 milhões, mais que três vezes o valor pago para tirar o volante do Bayer Leverkusen.

vidal

Evolução do valor de mercado de Vidal ao longo da carreira

Já o caso do prodígio francês é ainda mais impressionante. Contratado a custo zero após decidir não renovar com o Manchester United, Paul Pogba é atualmente o jogador mais desejado do mundo e teve seu valor de mercado alavancado absurdamente. Hoje, Pogba vale nada menos que €50 milhões – quando contratado pela Juventus, o volante valia módicos €3,5 milhões, o que representa uma valorização de mais de 1800%! A coisa fica ainda mais lucrativa porque, para tirar Pogba da equipe, qualquer clube terá que desembolsar mais que os €50 milhões atuais de seu valor de mercado.

pogba

Evolução do valor de mercado de Pogba ao longo da carreira

A contratação de Andrea Pirlo foi emblemática. A Juventus recuperou um jogador que vivia lesionado no seu rival e não pagou nada para ter um craque. Se desse errado, o clube não teria gasto muito, fora o salário. Não é preciso dizer que Pirlo deu muito certo e renasceu na Velha Senhora, tornando-se peça-chave na equipe. Não é coincidência o fato de que, desde que o Maestro chegou a Turim, o clube venceu todos os títulos italianos, nada menos que quatro em sequência.

O caso de Sami Khedira é mais ou menos parecido com o de Pirlo, com um porém importante: o alemão ainda tem muita lenha para queimar. Aos 28 anos de idade, na plenitude física, Khedira acrescentará muito ao meio-campo da Juve, que vive especulações de perder algum de seus pilares. Pirlo pode ir para os Estados Unidos, e Vidal e Pogba são cortejados por toda Europa. O alemão é muito bom jogador. Foi titular na Copa do Mundo (quem não se lembra do gol marcado contra o Brasil?) e na final em que o Real levantou La Décima, mas perdeu espaço em Madrid pela contratação de Kroos e por algumas lesões. Chega com vontade de provar ao ex-clube que foi subaproveitado.

Enquanto ninguém é vendido, a Juventus esbanja para o mundo inteiro um dos melhores, se não o melhor, meio campo do mundo, tendo gasto apenas €12,5 milhões.

Comentários

Carioca e rubro-negro. Do Rio de Janeiro a Milão. Doente por futebol, é claro. E apaixonado pelo Calcio.