Neymar e o Prêmio Puskas

  • por Leandro Lainetti
  • 6 Anos atrás

Nunca o vi jogar mas, dizem, Ferenc Puskás foi um craque.

Satellite

Comandou a Seleção Húngara na campanha vitoriosa da Olimpíada de 52 e no vice da Copa do Mundo de 54. Venceu cinco vezes o Campeonato Espanhol – em 4 foi o artilheiro – e três vezes a Copa dos Campeões da UEFA (atual Champions League), todos pelo Real Madrid. Um senhor jogador de futebol, podemos supor.

https://www.youtube.com/watch?v=4JMRmbDplWY

Tanto fez que virou nome de prêmio em 2009, honraria concedida somente àqueles que marcaram época e deixaram uma impressão significativa nos registros históricos, ainda que não haja tantos prêmios para homenagear todos os grandes jogadores do futebol mundial. O Prêmio Puskas é dado ao atleta que marca o gol mais bonito da temporada e vale para o mundo inteiro.

R10 X NJR

Eis que em 2011, Santos e Flamengo se enfrentavam numa das melhores partidas de futebol daquele ano. A Vila Belmiro assistia, completamente atônita, a um frenesi de lances e reviravoltas, com direito a gol perdido embaixo da trave, pênalti de cavadinha defendido, e uma incrível virada rubro-negra, que venceu por 5×4 após estar perdendo por 3×0. Mal sabia ela que, em meio a tudo aquilo, ainda veria o gol vencedor do Prêmio Puskas daquele ano.

Quando o placar ainda anotava 2×0 para os donos da casa, a bola parou nos pés de Neymar. Longe do gol, colado à lateral, quase na altura do meio campo. Perigo controlado e reduzido, pensaram os adversários. Mas Neymar tem aquela fagulha sempre acesa, pronta para incendiar ao encontrar um pingo de gasolina. E o pingo veio.

[NEYMAR'S AMAZING GOAL] Neymar Jr - Winner The FIFA Puskas Award 2011 Best Goal

make animated gifs like this at MakeaGif

Léo Moura e Willians cercaram, como dois valentões ameaçando tomar o lanche do aluno mais novo. Neymar fez que nem era com ele. Uma letra para cá, um tapa para lá, e tchau. A dupla havia ficado para trás. Renato, coitado, nem chegou perto, tamanho o início do incêndio proporcionado pelo camisa 11. Um passe para Borges, que devolveu rapidamente. O domínio em meio a tantos rivais parecia o fim. Apenas parecia.

 

[NEYMAR'S AMAZING GOAL] Neymar Jr - Winner The FIFA Puskas Award 2011 Best Goal

make animated gifs like this at MakeaGif

Sem tomar conhecimento, o jovem craque tratou de ampliar o fogo. Para cima de Angelim, penteou com a perna direita e deu um tapa com a esquerda, o famoso drible da vaca, mas numa velocidade absurda. Os três últimos baldes d’água chegaram ao mesmo tempo para acabar com o incêndio, todos em vão. O chute por cima, tirando do goleiro, era o que faltava para o fogo consumir o que ainda não fosse chama. Golaço.

 

Do outro lado da vida, Puskas olhava tudo aquilo já sabendo quem levaria, daquela vez, o troféu que levava o nome dele. E foi então que lhe ocorreu um pensamento: ele precisava voltar. Queria jogar novamente para ganhar o Prêmio Neymar de gol mais bonito do ano.

NEY PUSKAS

Comentários

Jornalista trabalhando com marketing, carioca, 28 anos. Antes de mais nada, não acredito em teorias da conspiração. Até que me provem o contrário, futebol é decidido dentro das quatro linhas. Mais futebol nacional do que internacional. Não vi Zico mas vi Romário, Zidane, Ronaldinho, Ronaldo. Vejo Messi e Cristiano Ronaldo. Totti é pai.