O maestro da Vila

  • por Doentes por Futebol
  • 5 Anos atrás
Foto: Ricardo Saibun/Santos FC

Foto: Ricardo Saibun/Santos FC

Por Sandro Lima

De incógnita a maestro da Vila. Contratado em janeiro do ano passado, o meia Lucas Lima, que já teve passagens por Inter de Limeira, Internacional e Sport, vem enchendo os olhos da torcida santista.

Rápido, dinâmico, habilidoso e com um estilo de jogo cada vez mais escasso no futebol brasileiro, o atual camisa 20 da equipe da baixada vem fazendo com que seus torcedores, a cada partida que se encerra, sintam ainda menos saudades de Paulo Henrique Ganso que, destas características mencionadas anteriormente, possui apenas a última delas.

A fase do jogador é tão boa que acaba de receber dois presentes. O primeiro foi sua convocação por Dunga para defender pela primeira vez a seleção brasileira nos amistosos diante de Costa Rica e Estados Unidos, nos dias 5 e 8 de setembro, respectivamente. Já o segundo refere-se ao aumento salarial que teve de 30%, reforçando assim sua importância e reconhecimento por parte do clube litorâneo.

Se levarmos em consideração as opções de jogadores com essas características que temos atualmente, Lucas Lima deverá ser reserva imediato de Oscar, que não vive lá sua melhor fase, principalmente na seleção. Pelo menos nos quesitos dinamismo e agilidade, o santista leva ligeira vantagem, já que costuma se movimentar por todos os lados do campo e suas famosas arrancadas são bem mais constantes e eficientes do que as do jogador do Chelsea.

O fato é que temos que ter calma e paciência para analisá-lo, pois é apenas sua primeira convocação. Porém é natural mantermos a esperança de finalmente termos reencontrado um verdadeiro meia, daqueles que há tempos não se vê por aqui. A expectativa é que Lucas Lima possa vir a preencher esse vazio e repetir seu ótimo futebol também na seleção brasileira, pois para o torcedor santista ele o tem feito com maestria.

Comentários