Eliminatórias encaminham favoritos e possíveis zebras para Copa de 2018

  • por Saimon
  • 3 Anos atrás

14 de novembro de 2017. A data é distante e é apenas nesse dia que conheceremos a última seleção classificada para a Copa de 2018, a ser disputada na Rússia. Apesar disso, a bola já rolou em cinco dos seis continentes e mais de 280 jogos já foram realizados.

Na última semana ocorreu a última data FIFA de 2015. A rodada tirou da briga 34 países, aumentando para 85 o número de seleções que não podem mais se classificar para a Copa. A lista inclui quatro que já jogaram o Mundial pelo menos uma vez: Cuba e Indonésia em 1938 (sendo que os indonésios jogaram com o nome “Índias Orientais Neerlandesas”), além de Angola e Togo em 2006.

Foto: FTF - Togoleses, sem Emmanuel Adebayor, foram eliminados de forma precoce dessa vez.

Foto: FTF – Togoleses, sem Emmanuel Adebayor, foram eliminados de forma precoce dessa vez.

As 85 seleções eliminadas

África (34)
Zimbábue, Malawi, São Tomé e Príncipe, Maurício, República Centro-Africana, Seychelles, Gâmbia, Serra Leoa, Somália, Guiné-Bissau, Lesoto, Sudão do Sul, Eritréia, Djibuti, Moçambique, Togo, Sudão, Burundi, Guiné-Equatorial, Namíbia, Rwanda, Níger, Suazilândia, Etiópia, Comores, Chade, Mauritânia, Libéria, Angola, Benin, Tanzânia, Botswana, Madagascar e Quênia.

Ásia (25)
Mongólia, Nepal, Sri Lanka, Macau, Brunei, Paquistão, Indonésia, Iêmen, Butão, Camboja, Índia, Bangladesh, Tadjiquistão, Maldivas, Afeganistão, Malásia, Timor-Leste, Laos, Guam, China-Taipei, Myanmar, Singapura, Bahrein, Filipinas e Turcomenistão.

América do Norte (23)
Ilhas Virgens Americanas, Ilhas Turcos e Caicos, Bahamas, Anguilla, Ilhas Virgens Britânicas, Ilhas Cayman, Montserrat, República Dominicana, Cuba, Santa Lúcia, Guiana, Barbados, Bermuda, Suriname, Porto Rico, Dominica, São Cristóvão e Névis, Granada, Aruba, Belize, Nicarágua, Curaçao e Antígua e Barbuda.

Oceania (3)
Tonga, Ilhas Cook e Samoa Americana.

Restam então 123 seleções disputando as 31 vagas. Os continentes africano e asiático são os mais avançados e já reduziram o número de seleções na disputa. Os favoritos e zebras também começam a ser notados. Por exemplo, você já imaginou a Síria disputando a próxima Copa do Mundo? Na Rússia? A chance existe e é maior do que se imagina. Com 15 pontos em 6 jogos, os sírios disputam a liderança do grupo com o Japão, podendo se classificar também entre os melhores segundos. E o Egito? Comandados por Mohamed Salah, os egípcios seguem com chances reais de disputar uma Copa, o que não acontece desde 1990. Nesse período de seca foram quatro títulos da Copa Africana de Nações, mas a equipe ficou mesmo marcada por “pipocar” quando o assunto é Copa do Mundo.

Foto: Syrian-Soccer.com - Gol no minuto 93 deu valiosa vitória contra Singapura.

Foto: Syrian-Soccer.com – Gol no minuto 93 deu valiosa vitória para Síria contra Singapura.

Por continente…

Ásia – O regulamento classifica os oito campeões de grupo além dos quatro melhores segundos colocados para os hexagonais da fase seguinte.

Foto: Reprodução - Panorama dos grupos faltando duas rodadas para o fim.

Foto: Reprodução – Panorama dos grupos faltando duas rodadas para o fim.

GRUPO A – Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos disputam a liderança. A Palestina corre por fora para classificar em segundo.
GRUPO B – Austrália e Jordânia fazem um confronto direto para ver quem classifica como líder. O Quirguistão ainda pode se classificar também.
GRUPO C – O Catar é a única seleção já classificada. Hong Kong e China lutam pela segunda colocação.
GRUPO D – A disputa de resume a Irã e Omã, com confronto direto para definir o classificado direto.
GRUPO E – Japão e Síria estão separados por um ponto, sendo que haverá um confronto entre os dois em Saitama.
GRUPO F – Tailândia a um empate da vaga com o Iraque precisando vencer os dois jogos restantes.
GRUPO G – Coréia do Sul quase garantida em primeiro; Kuwait e Líbano tentam passar como segundo.
GRUPO H – Coréia do Norte e Uzbequistão devem classificar, mas disputa aberta pra definir a liderança.

África – 20 seleções estão na disputa. Em junho de 2016 a CAF sorteará os cinco grupos da fase final, onde os campeões vão para a Copa.

CLASSIFICADOS: Costa do Marfim, Argélia, Gana, Cabo Verde, Senegal, Tunísia, Camarões, Congo, Guiné, República Democrática do Congo, Egito, Nigéria, Mali, Uganda, Zâmbia, Gabão, África do Sul, Marrocos, Burkina Faso e Líbia.

Marfinenses, argelinos e ganeses são as seleções mais fortes do continente. Senegal chega com uma safra de jogadores se destacando na Premier League, com destaque maior para Sadio ManéEgito e Gabão apostam nas estrelas individuais de Mohamed Salah e Pierre Aubameyang, respectivamente. Camarões e Nigéria, participantes da Copa de 2014, perdem um pouco de força após as aposentadorias de Samuel Eto’o e Vincent Enyeama. Até seleções mais modestas, como Zâmbia e Líbia, devem incomodar, levando em conta resultados recentes dentro do continente.

Foto: Fegafoot - Pierre Aubameyang (9): o exército de um homem só da seleção do Gabão.

Foto: Fegafoot – Pierre Aubameyang (9): o exército de um homem só da seleção do Gabão.

América do Norte – A quarta fase tem três quadrangulares e classifica os dois melhores para o hexagonal final. Duas rodadas já foram realizadas.

GRUPO A
México 6 pts
Canadá 4 pts
———————
El Salvador 1 pt
Honduras 0 pts

Os mexicanos, treinados por Juan Carlos Osório, não devem ter dificuldades no grupo. Canadá e Honduras travam a briga pela segunda vaga. O cenário é o mesmo de 2012, onde na última rodada os canadenses jogavam por um simples empate para eliminar os hondurenhos e levaram uma incrível goleada de 8×0. Honduras prosseguiu e chegou à Copa do Mundo. Desta vez os canadenses já abriram quatro pontos de vantagem.

GRUPO B
Costa Rica 6 pts
Panamá 3 pts
———————-
Jamaica 3 pts
Haiti 0 pts

Sensação da última Copa, Costa Rica venceu dois jogos importantes sem dois de seus principais jogadores: Keylor Navas e Bryan Oviedo. Panamá e Jamaica disputarão a segunda vaga, com leve vantagem para os panamenhos.

GRUPO C
Estados Unidos 4 pts
Trinidad e Tobago 4 pts
—————————————-
Guatemala 3 pts
São Vicente e Granadinas 0 pts

Os Estados Unidos tem tudo para terminar na liderança com folgas. Após jogar a Copa em 2006, Trinidad e Tobago tem fortes chances de voltar ao hexagonal final. Se na Copa da Alemanha quem conduziu a seleção foi o lendário Dwight Yorke, agora é Kenwyne Jones, também jogador do futebol inglês, o líder da equipe. Guatemaltecos não devem criar dificuldades.

América do Sul – Após jogos em turno e returno, as quatro melhores seleções se classificam. O quinto enfrenta o país da Oceania na repescagem.

Com quatro rodadas é impossível algo estar definido, mas já é possível apontar o Equador como provável classificado. Com 12 pontos e 100%, os equatorianos já somam quase metade da pontuação necessária para classificação. De quebra, eliminariam uma potência sul-americana da Copa (Brasil, Argentina, Chile, Colômbia ou Uruguai). Lanterna na eliminatória passada, o Paraguai também começa com bons resultados e termina 2015 na zona dos classificados. Outro semifinalista da Copa América, o Peru aparece com chances remotas, mas deve tirar pontos preciosos quando jogar em Lima.

Equador 12 pts
Uruguai 9 pts
Brasil 7 pts
Paraguai 7 pts
————————-
Chile 7 pts
————————-
Argentina 5 pts
Colômbia 4 pts
Bolívia 3 pts
Peru 3 pts
Venezuela 0 pts

Foto: Sitio Oficial de la Federación Ecuatoriana de Fútbol.

Foto: Sitio Oficial de la Federación Ecuatoriana de Fútbol.

Oceania – Serão mais dois quadrangulares dos quais três de cada grupo vão se classificar para outra fase de grupos. Depois acontece uma final e o campeão joga a repescagem.

GRUPO A – Taiti, Nova Caledônia, Samoa e Papua Nova Guiné
GRUPO B – Nova Zelândia, Ilhas Salomão, Fiji e Vanuatu

Os jogos serão apenas em maio de 2016. A disputa deve ser centralizada entre Nova Zelândia e Taiti, as duas seleções que representaram o continente recentemente. Apesar disso, é bem improvável que o campeão possa passar da repescagem contra um país sul-americano, seja ele qual for.

Europa – Os campeões dos grupos se classificarão e os segundos farão jogos eliminatórios.

Único continente onde a bola não rolou, devido a Eliminatória da Euro ter ocupado o calendário das seleções. Os grupos estão definidos e é possível esperar boas campanhas de seleções não tão conhecidas como Irlanda do Norte, País de Gales, Áustria e Islândia, todas classificadas para a Eurocopa.

Comentários

Palmeirense, 23 anos. Acompanha futebol em qualquer canto. Fã da ótima geração belga.