20 contratações que não deram o que falar

  • por Doentes por Futebol
  • 5 Anos atrás

Sim, eles estavam nos times brasileiros na disputa da Série A.

Listamos jogadores de certa notoriedade, ou que a contratação tenha chamado a atenção dos torcedores com alguma relevância, mas que fizeram uma temporada tão irrelevante que muita gente sequer se lembrava de suas existências.

Contratados para a temporada de 2015 do futebol brasileiro, por inúmeros motivos, seus nomes acabaram caindo no esquecimento.

Confira:

PABLO ARMERO

Foto: Gilvan de Souza || Flamengo

Foto: Gilvan de Souza || Flamengo

Sob a benção de Luxemburgo, o lateral da seleção colombiana Pablo Armero foi, ao fim do Campeonato Carioca, adquirido junto à Udinese/Milan para solucionar o problema da lateral esquerda do Flamengo. Chegou fora de forma, se lesionou e, para piorar, o Rubro-negro “descobriu” Jorge, que tomou conta da posição e não deu chances para o colombiano

:::::::::::::::::::::::::::

JONATHAN

Foto: Nelson Perez || Fluminense FC

Foto: Nelson Perez || Fluminense FC

Com passagens marcantes por Cruzeiro e Santos, o lateral direito sempre aparecia como um desejo dos clubes brasileiros enquanto atuava na Inter de Milão. Finalmente em setembro retornou ao país para jogar no Fluminense. Chegou a atuar na reta final do Brasileirão mas sem destaque algum. Muita gente nem sabe que Jonathan está jogando no Brasil.

:::::::::::::::::::::::::::

HERNANE BROCADOR

Foto: Sportrecife.com || Divulgação

Foto: Sportrecife.com || Divulgação

Após uma passagem complicada pelo Al-Nassr da Arábia Saudita, com salários atrasados e poucas partidas disputadas, o atacante Hernane Brocador assinou contrato após longa negociação com o Sport no final de maio. Porém, o jogador, que chegou cercado de grande expectativa para ser o camisa 9 do Leão no Brasileiro, devido a vários problemas com a sua regularização, teve que esperar mais de três meses para estrear. A falta de ritmo de jogo (foram ao todo sete meses sem entrar em campo) e seu concorrente à posição, André – que logo caiu nas graças da torcida e fez ótima Série A –, dificultaram ainda mais a vida de Hernane. O atacante acabou a temporada com 17 jogos disputados (sendo apenas 7 como titular) e 4 gols marcados.

:::::::::::::::::::::::::::

EUGENIO MENA

Foto: Cruzeiro || Divulgação

Foto: Cruzeiro || Divulgação

Contratado no início da temporada para ser o substituto de Egídio, titular na conquista do bicampeonato brasileiro, Mena chegou com a confiança de boa parte da torcida para ser o novo lateral-esquerdo do Cruzeiro. No início da temporada até foi titular no Campeonato Mineiro e na Libertadores, mas sem conseguir ser unanimidade. Com a chegada de Fabrício e do treinador Luxemburgo, e com as lesões e as constantes convocações para seleção chilena, Mena foi perdendo cada vez mais espaço e acabou terminando o Brasileirão com apenas seis jogos, tendo como destaque a expulsão no clássico contra o Atlético no segundo turno.

:::::::::::::::::::::::::::

CRISTIAN

Foto: Agência Corinthians || Divulgação

Foto: Agência Corinthians || Divulgação

Depois de cinco anos na Turquia, Cristian acertou em Janeiro seu retorno ao Corinthians. Com contrato longo e salário de estrela, muito se esperava do volante em seu retorno ao Parque São jorge. Porém, Cristian não rendeu o esperado, jogando poucas partidas e com alguns problemas físicos, foi um mero coadjuvante no título brasileiro.

:::::::::::::::::::::::::::

CRISTIAN LEDESMA

Foto: ASSECOM Santos || Divulgação

Foto: ASSECOM Santos || Divulgação

Ídolo da Lazio, o volante argentino naturalizado italiano chegou ao Santos em setembro. Acima do peso, demorou para ter condições de jogo. Ledesma termina o ano com apenas quatro jogos com a camisa do Alvinegro praiano e criticando treinador e presidente por ter sido pouco aproveitado.

:::::::::::::::::::::::::::

EMANUEL BIANCUCCHI

Foto: Marcelo Sadio || CRVG Divulgação

Foto: Marcelo Sadio || CRVG Divulgação

Depois de uma temporada no Bahia, Emanuel chegou a São Januário com a pompa de ‘primo de Messi’ e por ter feito dois gols no rival Flamengo. Não pôde ser inscrito no Campeonato Carioca e as expectativas ficaram para o Brasileirão e Copa do Brasil. Ficou só na expectativa. Jogou pouco e acabou esquecido.

:::::::::::::::::::::::::::

LEANDRO

Foto: ASSECOM Santos || Divulgação

Foto: ASSECOM Santos || Divulgação

Sem espaço no Palmeiras, Leandro chegou ao Santos no fim de julho, a pedido de Dorival Júnior. Com Gabigol, Marquinhos Gabriel e Geuvânio em ótima fase, não deu pro ex-atacante do Grêmio ter grandes oportunidades. O jogador deve deixar o Santos com apenas um gol e uma curiosidade: Leandro foi o único do elenco santista campeão da Copa do Brasil em 2015. Ele havia atuado alguns minutos pelo Alviverde na competição.

:::::::::::::::::::::::::::

RICHARLYSON

Foto: Chapecoense || Divulgação

Foto: Chapecoense || Divulgação

O veterano e polivalente Richarlyson chegou à Chapecoense no início do ano. Foi tratado como uma das grandes contratações para a temporada, mas não vingou. Após um começo irregular, virou banco e acabou se lesionando gravemente antes mesmo do Brasileirão começar. Regressou em meados de novembro, mas não foi utilizado, Deixou o clube sem atuar na Série A e sem marcar gol algum.

:::::::::::::::::::::::::::

ARANHA

Foto:César Greco /Agência Palmeiras || Divulgação

Foto:César Greco /Agência Palmeiras || Divulgação

O Palmeiras fez questão de brigar com o Santos para conseguir contar com Aranha no projeto de reformulação do elenco. Porém, o goleiro, que fez uma ótima temporada em 2014, só entrou em campo uma vez com a camisa do Alviverde, em um jogo “morto” da última rodada do Paulistão.

:::::::::::::::::::::::::::

EDWIN VALENCIA

Foto: ASSECOM Santos || Divulgação

Foto: ASSECOM Santos || Divulgação

Titular na campanha do título paulista, o destino de Valencia no Santos mudou após uma lesão durante a Copa América, defendendo a seleção colombiana. O volante, que tem um histórico de lesões, teve que operar o joelho direito e não entrou mais em campo em 2015.

:::::::::::::::::::::::::::

JOEL

Foto: Arquivo

Foto: Arquivo

O camaronês foi um dos atletas mais disputados na última janela de fim de ano. O Cruzeiro venceu a disputa e pôde contar com o atacante que havia se destacado no Coritiba. Suas atuações, no entanto, deixaram muito a desejar. Joel virou banco e, quando caminhava para tentar ganhar a titularidade, se lesionou. Na recuperação da lesão, lesionou-se novamente, na mesma coxa. Voltou a entrar em campo apenas na última rodada do Brasileirão, terminando o campeonato com apenas um gol.

:::::::::::::::::::::::::::

DAGOBERTO

Foto: Marcelo Sadio || CRVG Divulgação

Foto: Marcelo Sadio || CRVG Divulgação

Achando que a estrela de Dagoberto poderia brilhar em 2015, o Vasco trouxe o atacante que estava encostado no Cruzeiro. Com pouca contribuição sua, é verdade, acabou conquistando mais um de seus muitos títulos na carreira, o Carioca. Mas ficou por aí. Dificilmente “Dagol” estava disponível para entrar em campo, e, quando entrava, nada de relevante fazia. Seu único acerto no ano foi a previsão sobre as pretenções do Vasco no Brasileirão, prontamente censurada por Eurico Miranda. Acabou afastado do grupo e não foi mais visto.

:::::::::::::::::::::::::::

RAFAEL LONGUINE

Foto: ASSECOM Santos || Divulgação

Foto: ASSECOM Santos || Divulgação

Destaque do Paulistão atuando pelo Audax, Rafael Longuine foi especulado em diversos clubes até o Santos confirmar sua contratação. Passou por altos e baixos em seu início com a camisa santista, mas não caiu nas graças do treinador Dorival Júnior. Passou os últimos três meses sem entrar em campo, inclusive quando o Santos entrou com o time reserva no Brasileirão.

:::::::::::::::::::::::::::

CLEITON XAVIER

Foto: Youtube TV Palmeiras || Divulgação

Foto: Youtube TV Palmeiras || Divulgação

Contratado após problema salarial na Ucrânia, Cleiton conviveu com lesões desde a sua chegada no Palmeiras. Não participou da pré-temporada da equipe alviverde, mas passou toda a primeira fase do Paulistão apenas treinando. Fecha o ano com 17 jogos e apenas um gol. Não entra em campo há mais de 100 dias.

:::::::::::::::::::::::::::

MARCELO CIRINO

jog19-cirino-gilvan

Foto: Gilvan de Souza || Flamengo

Não fossem as especulações em outros clubes e o episódio que o rotulou como integrante do ‘Bonde da Stella’, certamente o nome de Marcelo Cirino nem seria lembrado. Isto graças ao futebol decepcionante que o ex-jogador do Atlético-PR apresentou em 2015, principalmente no segundo semestre. Entre lesões e barrações, uma das contratações mais impactantes do futebol brasileiro no ano termina sua participação na Série A com apenas um gol. O Flamengo continua aguardando retorno em seu alto investimento.

:::::::::::::::::::::::::::

SHERMAN CÁRDENAS

Foto: Bruno Cantini || Atlético Mineiro

Foto: Bruno Cantini || Atlético Mineiro

“Um dos melhores jogadores da América”. Foi com esse status que o colombiano Cárdenas, meia que se destacou atuando pelo Atlético Nacional na Libertadores, chegou ao Atlético-MG. Sherman em nenhum momento conseguiu se firmar no time de Levir Culpi. Entrando esporadicamente em campo, deixará o Galo, mas não deixará saudades. Foram 29 jogos e nenhum gol com a camisa alvinegra.

:::::::::::::::::::::::::::

DANIEL

Foto: Érico Leonan || Saopaulofcnet

Foto: Érico Leonan || Saopaulofcnet

No auge das disputas de jogadores entre Palmeiras e São Paulo, os tricolores “atravessaram” o rival e contrataram o jovem Daniel. Mas quem é Daniel? Se não sabia à época, continuou sem saber. O meia, que fez alguns bons jogos pelo Botafogo em 2014, praticamente só ficou no Reffis. Foram oito meses se recuperando de uma lesão no joelho e apenas 22 minutos em campo com a camisa do São Paulo.

:::::::::::::::::::::::::::

FELIPE SEYMOUR

Foto: Paulo Fernandes || CRVG Divulgação

Foto: Paulo Fernandes || CRVG Divulgação

O volante chileno conseguiu passar em modo invisível por dois clubes nesta temporada: Cruzeiro e Vasco. Seymour jogou apenas 62 minutos no time mineiro e outros 33 minutos no cruzmaltino.

:::::::::::::::::::::::::::

FELLYPE GABRIEL

Foto: Cesar Greco || Agência Palmeiras

Foto: Cesar Greco || Agência Palmeiras

Contratado por Oswaldo de Oliveira, Fellype vinha de grave lesão no joelho que o impediu de estrear antes de novembro. O meia, que estava no Mundo Árabe, também sofreu lesões musculares e nas costas. No geral apenas alguns minutos em campo na reta final contra o Vasco.

Comentários