Desculpe, Louis van Gaal

  • por Doentes por Futebol
  • 2 Anos atrás
(Por Luis Felipe Zaguini)

Na última coletiva de imprensa pré-jogo da Premier League, Louis van Gaal, atual técnico do Manchester United, falou que os jornalistas ingleses deveriam pedir-lhe desculpas por espalhar boatos de que o mesmo seria demitido; além de outras notícias em relação a José Mourinho estar em Manchester para substituir o holandês, e Pep Guardiola também estar cotado para assumir o cargo ao final da temporada, após não renovar contrato com o Bayern de Munique. Detalhe: o comandante dos Red Devils permaneceu cinco minutos diante dos jornalistas e abandonou a sala de imprensa.

Pois bem, a reação de van Gaal na referida conferência abortada rodou o mundo. Vários canais de esporte, inclusive do Brasil, noticiaram o acontecido em Old Trafford. Um dia depois, o tabloide inglês The Sun divulgou seu periódico esportivo diário, com um importante detalhe na capa, alcançando a alma do polêmico acontecimento e sendo verdadeiramente genial.

1-Z8wxRgpzfoGVte771tKIsw

O treinador queria desculpas e as conseguiu. Perfeito e implacável! Na página principal, o jornal diz que “LVG exige desculpas, então… DESCULPE”

;

Por não vencer em seis jogos

O time do Manchester United não consegue vitórias há seis partidas, somando UEFA Champions League e Premier League. Empates com PSV, Leicester City e West Ham, além das derrotas para Wolfsburg, Bournemouth e Norwich  —  esta em casa  —  são grandes motivos para a mídia criticar e, ainda mais, especular a queda do holandês em relação ao posto principal do time de Old Trafford.

;

Por ir da primeira à quinta colocação

Há quatro semanas, o time de van Gaal estava em primeiro lugar no campeonato nacional. É inadmissível uma queda de produção tão acentuada considerando as condições que a equipe tem. Com dois pontos de doze possíveis conquistados, o United caiu do lugar mais alto do pódio para a zona de qualificação para a Europa League.

Falta jogo de cintura? O holandês parece apático no banco de reservas, raramente se levantando para instruir seu time.

;

Por ser eliminado da UEFA Champions League

Foto: Manutd.com

Foto: Manutd.com

Esse é um dos pontos cruciais para tais criticas. O orçamento do Manchester United é muito maior que o dos outros times que faziam parte de seu grupo na Champions League. Inclusive, se juntarmos a receita anual de todos eles, ainda não bateria os lucros do clube de Manchester.

A campanha foi lamentável, com uma eliminação perante times muito inferiores tecnicamente e atuações pífias. PSV, CSKA Moscou e o instável Wolfsburg foram os antagonistas. O empate em Old Trafford contra o segundo colocado do grupo, PSV, praticamente decretou a queda na competição.

A derrota para o Wolfsburg, com a concessão de dois gols bobos e erros táticos que seriam facilmente corrigidos com uma mera observação de posicionamento, selou a ida dos Red Devils à Europa League, algo que o clube só conseguiu graças à fraquíssima campanha do CSKA.

;

Por gastar 250 milhões e não obter resultados

Desde que chegou a um dos  —  senão o maior  — clube da Inglaterra, Louis gastou 250 milhões de libras em contratações. Um total de 341 milhões de euros. Um bilhão e quinhentos milhões de reais em nomes que não convenceram, como o de Falcao García, que “flopou” sob o comando de van Gaal.

Ángel Di Maria foi outro que não conseguiu convencer em Old Trafford, muito por conta dos erros táticos do técnico, e foi transferido para o Paris Saint-Germain, clube em que recuperou sua forma e está em grande fase.

 As boas temporadas de Di María e Chicharito escancaram o péssimo trabalho de van Gaal

Para falar a verdade, qual jogador que recentemente chegou encanta pelo United? Anthony Martial é o mais regular, eu diria. Embora esteja longe de estar em grande fase, é um dos poucos que se destacam nesse time muito abaixo do esperado, que contém Bastian Schweinsteiger e Morgan Schneiderlin, destaque do Southampton na temporada passada, além de Memphis Depay, uma das maiores promessas holandesas dos últimos tempos.

Foto: Manutd.com

Foto: Manutd.com

;

Por fazer os torcedores do Manchester United chorar

Como era de se esperar, os torcedores não estão nada satisfeitos com o desempenho da equipe. Além da campanha vexatória na Champions League e as fracas atuações na Premier League, o time de van Gaal foi eliminado precocemente pelo saudoso Middlesbrough, em pleno Old Trafford, da Copa da Liga Inglesa, nos pênaltis.

É deprimente. Os torcedores não querem mais saber do holandês, mas a diretoria o apoia – não sabemos até quando.

Finalizando com chave de ouro sua histórica capa, o The Sun, com requintada ironia, declarou:

“Estamos realmente tristes, torcedores do United — mas, por agora, ele continua”

A pergunta que resta é a seguinte: Van Gaal ficará até quando?

Comentários