Números, fatos e curiosidades da primeira rodada da Euro 2016

A primeira rodada da Euro trouxe grandes jogadores, mas placares apertados. O DPF apresenta agora as principais estatísticas, curiosidades e números dos 12 jogos realizados até agora. O destaque vai para a entrada em campo do jogador mais velho da história da competição, alguns feitos de Gales, o recorde de Low e o “velho” time da Itália.

 

França 2 x 1 Romênia

– A França foi o primeiro mandante a vencer uma partida de abertura de Euro desde a Bélgica, em 2000. Juntando as estreias de 1960, 1984 e 1992, os franceses também são a primeira seleção a jogar a partida inaugural em 4 Euros.

– A França em estreias como anfitriã de um grande torneio tem agora 4 vitórias (Copas de 1938, 1998 e Euros de 1984 e 2016) e uma derrota (Euro de 1960).

– França e Romênia já tinham se enfrentado na Euro 2008 e nas Eliminatórias para a Euro 2012. A Euro 2008, aliás, foi o último grande torneio que a Romênia jogou.

– Em jogos válidos pelas principais competições (incluindo Eliminatórias), os franceses têm 4 vitórias e 5 empates contra os romenos.

– Agora, são 6 vitórias do mandante, 6 do visitante e 6 empates em estreias do anfitrião em Euros.

– A Romênia tem agora, em aberturas de Euro, 2 derrotas e 3 empates.

– A Romênia só tinha tomado, nos 10 jogos das Eliminatórias, os mesmos dois gols que na partida de abertura do torneio.

– Kingsley Coman, com 19 anos e 362 dias, é agora o mais jovem jogador a disputar um dos grandes torneios (Copa/Eurocopa) com a seleção francesa. O recorde anterior era de Karin Benzema, que atuou com 20 anos e 173 dias, apenas 5 dias a menos que Anthony Martial nesta partida.

– 20 anos antes, os técnicos Didier Deschamps e Anghel Iordanescu já tinham se enfrentado: Deschamps estava em campo e Iordanescu estreava como técnico romeno na partida da Euro 96 em que a França venceu por 1×0.

– Em 1996, 2004, 2012 e 2016 foram assinalados pênaltis nas partidas inaugurais da competição, todas as vezes contra o país anfitrião.

– Apenas Blaise Matuidi, do PSG, atua na liga francesa dentre os titulares do selecionado de Didier Deschamps.

– Olivier Girold marcou o primeiro gol da Euro, aos 13 minutos do segundo tempo. Esses são os autores dos primeiros gols nas demais Euro:

Ano Jogador Seleção
1960 Milan Galic Iugoslávia
1964 Jesus María Pereda Espanha
1968 Dragan Džajić Iugoslávia
1972 Gerd Müller Alemanha Ocidental
1976 Anton Ondruš Tchecoslováquia
1980 Karl-Heinz Rummenigge Alemanha Ocidental
1984 Michel Platini França
1988 Roberto Mancini Itália
1992 Jan Eriksson Suécia
1996 Alan Shearer Inglaterra
2000 Bart Goor Bélgica
2004 Giorgios Karagounis Grécia
2008 Vaclav Sverkos República Tcheca
2012 Robert Lewandowski Polônia

 

Estatística maluca do Misterchip: Payet é o primeiro jogador a ter assistência e gol em uma partida de abertura da Euro desde o tchego Frantisek Vesely em 1976.

Suíça 1 x 0 Albânia

– Agora, a Suíça tem 6 vitórias e 1 empate em 7 partidas contra a Albânia.

– Os suíços venceram apenas a segunda partida em Euros, em 10 jogos. A vitória anterior tinha sido contra Portugal (2×0 em 2008).

– O gol de Fabian Schar, aos cinco minutos, foi o mais rápido dos suíços em Euros.

– A Albânia foi a quarta equipe a receber um cartão vermelho em sua estreia na competição, assim como Inglaterra (1968), Holanda (1976) e Bulgária (1996).

– Pela primeira vez na história da competição, dois irmãos se enfrentaram: Granit Xhaka levou a melhor sobre Taulant Xhaka.

– Quatro jogadores suíços tem ligação com a Albânia: Xhaka, Admir Mehmedi e Sherdan Shaqiri são de famílias kosovares-albanesas, enquanto Blerim Zdemaili tem descendência albanesa. Na Albânia, cinco jogadores nasceram na Suíça e quatro lá passaram a infância.

Estatística maluca do Opta: O albanês Ergys Kace recebeu um cartão apenas 81 segundos após entrar em campo, a mais rápida advertência de um substituto desde o suíço Johan Vonlanthen, na Euro de 2008.

Gales 2 x 1 Eslováquia

– Foi o primeiro duelo de estreantes na Euro desde Áustria x Polônia, em 2008. A última vez em que dois estreantes se enfrentaram na estreia foi em 1996: Croácia 1×0 Turquia.

– Em seu primeiro chute a gol em uma Euro, Gales marcou. Foi o segundo estreante a marcar mais rapidamente, atrás apenas da Irlanda, que em 1988 marcou aos 6 minutos de seu jogo inicial contra a Inglaterra.

– Gareth Bale foi o primeiro jogador britânico a marcar um gol de falta em Euros. Aliás, o primeiro gol do galês pela sua seleção tinha sido exatamente contra a Eslováquia, e de falta, em outubro de 2006, quando se tornou o mais jovem a marcar nas Eliminatórias.

– Ondrej Duda marcou apenas 52 segundos depois de entrar em campo: o gol mais rápido de um substituto desde o espanhol Juan Carlos Valeron contra a Russia em 2004. Foi o primeiro chute efetivo no gol dos eslovacos.

– O gol de Hal Robson-Kanu foi o primeiro gol de Gales (em partidas oficiais) não marcado por Gareth Bale ou Aaron Ramsey desde outubro de 2014.

– Gales foi a primeira equipe britânica a vencer em uma abertura da Euro. Inglaterra (agora 9 vezes), Escócia (2) e Irlanda do Norte (1, em 2016) ainda não o fizeram.

– Os gols de Robson-Kanu e Duda marcaram a primeira partida desde 2008 (Croácia x Turquia) em que dois suplentes marcaram.

– A última vez em que nenhum dos 22 jogadores titulares tinha participado de uma partida de Euro anteriormente ocorreu em Sérvia x Eslovênia, na Euro de 2000.

– Ao fim da rodada, apenas sete países (além de Gales) deram mais chutes a gol que Gareth Bale, que sozinho chutou ao alvo cinco vezes.

Estatística engraçadinha do Sergio: O último jogador que tinha marcado gol em cima de Gales em uma competição major foi Pelé, em 1958.

Estatística maluca do Misterchip: Bale e Panenka (1980) são os únicos jogadores a fazer gol de falta nos 10 primeiros minutos de uma partida de Euro.

Inglaterra 1 x 1 Rússia

– Foi a nona estreia da Inglaterra em Euros, sempre sem vitória: 5 empates e 4 derrotas. Aliás, a equipe esteve na frente do placar em suas últimas cinco aberturas da competição, empatando 3 vezes e perdendo 2.

– Eric Dier foi o oitavo jogador do Tottenham a marcar gol pela Inglaterra em um torneio maior. É o clube com mais marcadores. Curiosamente, o jogador, que fez de falta, nunca bateu uma falta ao gol na Premier League, em 65 partidas.

– Considerando os gols de Bale e Dier, foi o primeiro dia na história da Euro com dois gols de falta.

– A Inglaterra não marcava de falta em um torneio maior desde o gol de David Beckham contra o Equador na Copa do Mundo de 2006. Na Euro, nunca tinha acontecido.

– A Inglaterra ampliou sua série invicta em Euros (incluindo eliminatórias) para 23 partidas, com 17 vitórias e 6 empates. Sua última derrota foi nas Eliminatórias, em 2007, para a Croácia.

– A Inglaterra venceu seus 10 jogos nas Eliminatórias, o sexto time a repetir os 100% de aproveitamento, assim como França (1992 e 2004), República Tcheca (2000), Alemanha (2012) e Espanha (2012).

– Esse foi apenas o terceiro jogo oficial entre Inglaterra e Russia desde a dissolução da URSS. Nas Eliminatórias de 2008, a Russia foi uma das responsáveis por eliminar os ingleses.

– O técnico russo, Leonid Slutsky, é o mais jovem da competição, com 44 anos.

Estatística maluca do Opta: Kyle Walker foi o primeiro jogador inglês desde McManaman (em 1996, contra a Croácia) a fazer 6 dribles em um jogo de Euro.

Turquia 0 x 1 Croácia

– Quatro derrotas em quatro jogos. Esse é o retrospecto da Turquia em estreias de Euro, a única equipe a conseguir tal “feito”. Em Copas, são mais duas derrotas em duas estreias.

– Croácia e Turquia tinham se enfrentado nas quartas de final da Euro 2008, com vitória turca nos pênaltis. Em 2012, a Croácia se vingou nos playoffs: 3×0 no agregado.

– A Croácia tem agora 5 vitórias e 1 empate nos últimos 7 jogos em Euros. É a única equipe, ao lado da Alemanha, a nunca ter sido derrotada na estreia (4 vitórias e 1 empate), dentre aquelas com pelo menos duas participações.

Estatística maluca do Misterchip: Modric marcou apenas o primeiro dos 19 gols da Croácia em Euros de fora da área.

– Com 18 anos e 323 dias, Emre Mor é o jogador mais jovem a atuar pela Turquia na competição, e o sétimo dentre todos os que já jogaram a competição (passaria à oitava posição no final da rodada).

Polônia 1 x 0 Irlanda do Norte

– A Irlanda do Norte perdeu sua maior invencibilidade da história: 6 vitórias e 6 empates em 12 jogos.

– A Polônia quebrou um recorde negativo. Era a equipe com mais jogos em Euros sem vitórias até então: 6. Foi ainda a primeira partida em que não sofreu gols na história da competição.

– A Irlanda do Norte não entrou na grande área polonesa durante todo o primeiro tempo.

– Arek Milik, com 22 anos e 104 dias, foi o mais jovem polonês a marcar em Euros. Foi também o segundo não-holandês do Ajax a marcar (só Ibrahimovic o tinha feito anteriormente).

– Robert Lewandowski se tornou o maior artilheiro de apenas uma edição das Eliminatórias da Euro, com 13 gols, igualando exatamente um jogador da Irlanda do Norte (David Healy, que também marcou 13 gols na qualificação para a Euro 2008).

Estatística maluca do Opta: A Irlanda do Norte foi a primeira equipe a ficar um tempo sem chutar a gol desde a Itália contra a Holanda em 2000.

Estatística engraçadinha do Sergio: Em um amistoso de 2002, jogaram pela Irlanda do Norte Lennon (Neil) e McCartney (Paul), sofrendo uma derrota por 4×1 para os poloneses. Foi a única parceria da dupla em campos de futebol até hoje…

Alemanha 2 x 0 Ucrânia

– Agora, em 12 estreias em Euros, a Alemanha tem 7 vitórias e 5 empates.

– Nunca a Alemanha perdeu para a Ucrânia: são 3 vitórias e 3 empates. Foi, porém, apenas a primeira vitória sobre os ucranianos fora de seus domínios.

– Apenas Jonas Hector não esteve na Copa de 2014, dentre os 11 jogadores iniciais da Alemanha.

– Joaquim Low se tornou o primeiro técnico a dirigir sua equipe em 12 partidas de Euro. Isolou-se ainda como o segundo treinador com mais vitórias por uma mesma seleção nacional (88), uma a mais que Zagallo e seis a menos que o recordista Sepp Herberger. Esses são os recordistas em jogos pela Euro.

Treinador Seleção Jogos
Joachim Löw Alemanha 12
Berti Vogts Alemanha 11
Luis Felipe Scolari Portugal 10
Lars Lagerbäck Suécia 10

 

– Shkodran Mustafi se tornou o 34º jogador a marcar gol pela Alemanha em Euros. Foi ainda o primeiro jogador não-espanhol do Valencia a marcar na competição.

– Oleksandr Zinchenko, com 19 anos e 179 dias, tornou-se o mais jovem ucraniano em grandes competições.

– Bastian Schweinsteinger se igualou a Philipp Lahm como o jogador com mais partidas pela Alemanha em Euros: 14. Seu gol foi o primeiro de um substituto da equipe (em Euros) desde o gol de Oliver Bierhoff em 1996.

– Mario Gomez perdeu a chance de ser apenas o terceiro jogador a marcar contra o goleiro de seu clube, já que joga com Denis Boyko no Besiktas. Ele sequer entrou em campo. Paul Gascoigne, em 1996, e Samir Nasri, em 2012, foram os únicos a fazer tal feito.

 Espanha 1 x 0 República Tcheca

– 16 horas de futebol jogados e apenas um gol sofrido. Esse é o momento atual da Espanha em Euros. São 599 minutos sem gols tomados, seis partidas consecutivas, um recorde.

– A última derrota dos espanhóis foi na Euro de 2004 (1×0 contra Portugal), totalizando 13 partidas de invencibilidade.

– Cesc Fábregas e Andres Iniesta se tornaram os primeiros jogadores a vencer 10 partidas de Euro.

– Iniesta se igualou a Klinsmann, Poborsky, Robben e Schweinsteiger como os jogadores que deram assistências em três diferentes edições de Euro.

– Aritz Aduriz, com 35 anos e 122 dias, foi o jogador mais velho a atuar pela Espanha em Euros.

– Espanhóis (28 anos e 287 dias) e tchecos (30 anos e 62 dias) nunca alinharam equipes tão velhas na história da Euro.

Estatística maluca do Opta: Tomas Rosicky atuou por mais tempo nesta partida (34 minutos) que durante toda a temporada no Arsenal (19 minutos)

Estatística maluca do Opta 2: A última vez em que Casillas não foi titular pela Espanha em uma estreia  de grande torneio foi em 2000. David de Gea ainda não sofreu gol em seus quatro jogos como titular pela seleção.

Irlanda 1 x 1 Suécia

– O gol contra de Ciaran Clark, favorecendo os suecos, foi o primeiro em uma Euro desde o inglês Glen Johnson em 2012, exatamente contra os suecos, e o sétimo na história da competição. Apenas a Holanda teve mais gols a seu favor dessa forma que os suecos (3 vezes, contra duas).

– A última vitória da Irlanda em Euros foi na estreia, em 1988, contra a Inglaterra. Desde então são 2 empates e 4 derrotas, sempre sofrendo gols.

– Robbie Keane se tornou o jogador mais velho a atuar pela Irlanda em Euros, com 35 anos e 11 meses.

Estatística maluca do Opta: Os suecos foram a primeira equipe a marcar gol sem acertar um chute a gol em Euros (desde 1980).

Bélgica 0 x 2 Itália

– A Itália marcou gol nos últimos 11 jogos. É a primeira vez que isso acontece desde maio de 2006.

– Agora, em jogos de grandes competições, a Itália tem 3 vitórias em 4 jogos, ainda invicta contra a Bélgica.

– A Bélgica agora tem 6 derrotas em seus últimos 8 jogos de Euro. Porém, não perdia em estreias desde 1972.

– É o décimo sétimo jogo da Itália sem sofrer gols em Euros, um recorde.

– Pela primeira vez na história da Euro, os atuais campeões e vice estrearam com vitória. Aliás, a Itália estreou com vitória na Euro pela primeira vez desde 2000.

– Graziano Pelle, agora com seis gols, é o artilheiro italiano na era Antônio Conte.

– O “onze” inicial italiano tinha 31 anos e 169 dias, sendo o mais velho da história da Euro (considerando qualquer país). A própria Itália, com média de 30, 8 anos contra a Suécia em 2008, tinha sido o time mais velho a iniciar uma partida.

– Na última vez em que se enfrentaram na Euro, em 2000, os atuais técnicos Antonio Conte e Marc Wilmots atuaram por suas seleções.

– O técnico belga, Marc Wilmots, já marcou gol no goleiro italiano Gianluigi Buffon. Foi em uma vitória por 3×1, em um amistoso disputado em 1999.

– Gianluigi Buffon fez sua 14ª partida pela Itália em Euros, um recorde. Tornou-se ainda o mais velho jogador a representar a Azzurra em Euros, com 31 anos e 169 dias (o sétimo na história da competição).

 Áustria 0 x 2 Hungria

– O goleiro húngaro Gábor Király se tornou o jogador mais velho a atuar em uma Euro, o primeiro com mais de 40 anos. Segue a lista dos cinco recordistas

Jogador Idade Partida
Gábor Kiraly 40 anos e 74 dias Hungria x Áustria (2016)
Lothar Matthaus 39 anos e 91 dias Alemanha x Portugal (2000)
Morten Olsen 38 anos e 308 dias Dinamarca x Itália (1988)
Peter Shilton 38 anos e 271 dias Inglaterra x Holanda (1988)
Ivica Vastic 38 anos e 257 dias Áustria x Polônia (2008)

 

– Esse foi o 138º encontro entre Áustria e Hungria na história, mas apenas o primeiro em uma fase final de competição grande desde 1934. Só Argentina x Uruguai se repetiu mais vezes (181). No total, húngaros venceram 67 partidas, austríacos 40 e houve 31 empates.

– O gol de Adam Szalai pôs fim a um jejum de 16.068 dias sem gols húngaros em Euros, já que a última fez que a equipe tinha participado da competição foi em 1972.

– Foi também a primeira vitória da Hungria (em tempo normal) na história da Euro.

– A expulsão de Dragovic pôs a Áustria na lista dos países que já tiveram jogadores expulsos em Euro. Agora são 24. Segue a lista: Albânia, Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Dinamarca, Espanha, França, Grécia, Inglaterra, Irlanda, Itália, Iugoslávia, Holanda, Polônia, Portugal, República Tcheca, Romênia, Rússia, Suécia, Suíça, Tchecoslováquia e Turquia.

– Essa a maioria já sabe: Áustria e Hungria formaram o Império Austro-Húngaro entre 1867 e 1918.

 Portugal 1 x 1 Islândia

– A última vitória de Portugal na estreia de grandes torneios foi na Euro de 2008. Desde então são dois empates e duas derrotas. Foi também a última vez que a equipe marcou em tal situação.

– Nos últimos sete jogos de Portugal em grandes competições a seleção tomou gol.

– Foi o primeiro empate de Portugal desde a partida contra os EUA na Copa de 2014. Eram 21 partidas sem tal resultado, um recorde.

– Cristiano Ronaldo se igualou a Luis Figo como o português que mais vezes atuou em sua seleção (127). Tornou-se ainda o português com mais jogos em Euro (15) e o primeiro a jogar quatro fases finais do torneio.

– Nani marcou em duas partidas consecutivas de Portugal pela primeira vez desde 2008. Foi o 600º gol da história da Euro.

– Com 18 anos e 301 dias, Renato Sanches é o jogador mais jovem a atuar por Portugal na competição, e o sexto dentre todos os que já jogaram a competição). Veja a lista dos mais novos:

Jogador Idade Partida
Jetro Willems 18 anos e 71 dias Holanda x Dinamarca (2012)
Enzo Scifo 18 anos e 115 dias Bélgica x Iugoslávia (1984)
Valeri Bozhinov 18 anos e 136 dias Bulgária x Itália (2004)
Johan Vonlanthen 18 anos e 137 dias Suíça x Inglaterra (2004)
Wayne Rooney 18 anos e 233 dias Inglaterra x França (2004)
Alex Oxlade Chamberlain 18 anos e 301 dias Inglaterra x França (2012)
Renato Sanches 18 anos e 301 dias Porugal x Islândia (2016)
Emre Mor 18 anos e 323 dias Turquia x Croácia (2016)

 

– Ricardo Carvalho, com 38 anos e 27 dias, tornou-se o português mais velho em Euros (nono no total).

Estatística maluca do Opta: As oito defesas do islandês Hannes Thór Halldórsson são a maior marca em Euros desde Joe Hart, contra a Itália em 2012.

Estatística maluca do Opta 2: Desde 1980, os dois recordes de chutes a gol em uma partida de Euro são de Cristiano Ronaldo: 12 em 2012 (contra a Holanda) e 10 contra a Islândia.

Estatística geográfica: Com 331.000 habitantes, a Islandia se tornou o país com a menor população a disputar um jogo de Euro. A Eslovênia, que participou em 2000, é o menor país em área a jogar na competição.

Estatística engraçadinha do Sergio: Sim, TODOS os jogadores islandeses têm seu nome terminado em “son”, com exceção do mais famoso (historicamente) deles, que ficou no banco: Gudjohnsen .

Demais estatísticas e curiosidades da primeira rodada OU Estatísticas inúteis da rodada

– Portugal  foi quem mais chutou a gol, 21 vezes, enquanto a Irlanda do Norte deu apenas 1 chute no gol da Polônia.

– Portugal e Gales acertaram 9 bolas no gol, enquanto a Irlanda do Norte e a Suécia não acertaram o alvo (o gol sueco foi contra).

– Quatro substitutos marcaram gols.

– Dos 22 gols marcados, 5 foram de cabeça e 12 de fora da área. Seis gols foram marcados no primeiro tempo e 16 no segundo tempo.

– Nove bolas acertaram as traves adversárias.

– Apenas Inglaterra, Alemanha, Ucrânia e Islândia não fizeram as três substituições permitidas (ambos fizeram duas)

– A Suíça cometeu 17 faltas, enquanto França e Ucrânia cometeram apenas 6 infrações.

– Albânia e Eslováquia receberam 5 cartões, enquanto Portugal, Gales, Espanha e Alemanha passaram zeradas

– A Espanha teve 14 escanteios a seu favor, a Irlanda do Norte teve apenas um.

– A Romênia bateu 34 laterais, enquanto Albânia e Suíça cobraram apenas 10, curiosamente no mesmo jogo.

– Enquanto a Espanha ficou 6 vezes em impedimento, Turquia, Austria e Itália não entraram nenhuma vez em tal posição.

 

Comentários

Sergio Rocha é torcedor do Madureira e sempre teve o sonho de escrever sobre esportes em geral, embora tenha optado pela carreira de engenheiro civil. No "currículo", cadernos recheados de resultados esportivos e agendas da década de 90, quando antes da internet acessava rádios de diversos locais do país buscando os resultados esportivos do Acre à Costa Rica. Além de fanático por futebol, é fanático por praticamente todos os esportes, e no tempo livre que sobra sempre busca os últimos resultados esportivos do PGA Tour ou dos futures da ATP. Além disso, coleciona quadrinhos da Disney e é louco por astronomia.