O gigante acordou!

  • por Lulu
  • 3 Anos atrás
Os dois gols de Cristiano Ronaldo contra a Hungria o tornaram o primeiro jogador a marcar em quatro fases finais da Eurocopa | Foto: Site Oficial da UEFA

Os dois gols de Cristiano Ronaldo contra a Hungria o tornaram o primeiro jogador a marcar em quatro fases finais da Eurocopa | Foto: Site Oficial da UEFA

Após dois jogos ruins, com direito a pênalti perdido, o gigante acordou. Se não para deixar sua seleção numa posição apreciável no Grupo F, mas, ao menos, para classificar Portugal. Marcando gols – um deles uma pintura de letra! –, dando assistência para Nani abrir o placar e quebrando recordes (Cristiano Ronaldo tornou-se o jogador com mais participações na fase final da competição e o único a marcar gols em 4 edições seguidas).

Com uma bela atuação no melhor jogo da Eurocopa até então, o português resgatou um pouco do seu melhor futebol, comandando uma seleção que depende demais dele. Porque diante da Hungria e nas partidas anteriores contra Áustria e Islândia, notórias limitações coletivas em Portugal se escancararam. Que passa por um processo de reformulação, em que os veteranos estão declinando e os novos valores ainda precisam se firmar.

Apesar dos pesares, Cristiano Ronaldo destoou positivamente contra os húngaros e pôs sua seleção nas oitavas-de-final para enfrentar a Croácia no próximo sábado. Motivado pela fome de gols e vitórias, CR7 é alento para os companheiros e tormento para os adversários. Ainda que, por ora, seja improvável almejar o título. É ainda mais inusitado descartar os vislumbres de uma seleção que conta com um craque extremamente competitivo, e decisivo!

Comentários

Homem garoto de convicções grisalhas formado em Ciência da Menstruação, Agronomia Espacial, Lirismo Marginal e Terapia Libidinosa. Com repertório vocacional fincado em irreverência, improviso, cinismo lúdico e boleiragem plena.