Campeonato Inglês e Espanhol pagam até o triplo em disputa contra rebaixamento » DPF

Campeonato Inglês e Espanhol pagam até o triplo em disputa contra rebaixamento

  • por Doentes por Futebol
  • 3 Anos atrás

Competições começam a decidir últimas posições nas próximas rodadas

As principais ligas da Europa estão chegando ao final no próximo mês. Porém, além de pensar em Barcelona, Real Madrid, Chelsea e outros times do topo da tabela, é momento de olhar para a parte de baixo. A briga contra o rebaixamento está no seu auge e com isso é o momento certo de você correr nas casas de apostas de futebol para lucrar alto.

Inglaterra tem briga acirrada

Das duas ligas de maior mercado da Europa, a Inglesa é que tem uma disputa pegando fogo. Porém, antes de falarmos desta, garanta logo seu dinheiro fácil, pois Sunderland e Middlesbrough certamente serão rebaixados.

O primeiro rende apenas R$ 1,03 para cada real e está praticamente confirmado na segunda divisão, estando há 10 pontos do primeiro de fora da zona. Já o segundo vai pelo mesmo caminho, ao colecionar 13 rodadas sem vencer. Neste aqui, o retorno é um pouco mais satisfatório, de R$ 1,16.

Depois disso é que nasce uma boa disputa. Swansea, Hull, Crystal Palace, West Ham são os principais times na luta para fugir da última vaga. Burnley e Bournemouth também estão por perto, mas com campanhas regulares em casa e não devem ter problemas.

Destes, Swansea e West Ham são os que vivem pior momento. O clube de País de Gales é o grande favorito para o rebaixamento e dificilmente consegue escapar. São quatro rodadas sem ganhar e tem visto seus principais concorrentes crescerem de produção. Nem mesmo Lloriente, com passagens pela seleção espanhola, parece poder mudar o destino para a queda, que garante R$ 1,50.

No entanto, caso consiga melhorar de nível, tem tudo para complicar a vida do West Ham. A equipe de Londres tem cinco pontos de vantagem, mas vem de cinco derrotas consecutivas. Uma sequência negativa tão grande assim na reta final é quase um pedido para o descenso. O feito seria algo extraordinário, pois vale excelentes R$ 10,00.

Já o Hull City, que pagaria R$ 1,66, emplacou o oitavo jogo seguido sem perder em casa. Com esta recuperação, parece forte candidato a escapar. O mesmo vale para o Crystal Palace, que ganhou quatro dos últimos cinco compromissos. Sua queda daria R$ 9,00, segundo números do Oddsshark.com/br.

Nas últimas cinco temporadas, quem alcançou 38 pontos escapou do rebaixamento. Com as demais equipes precisando de no máximo mais quatro em 10 rodadas para alcançar essa marca, parece uma situação quase impossível de acontecer uma surpresa. Exatamente por isso, o retorno por isso paga caro, R$ 21,00 por cada real.

Espanha vai encaminhando rebaixados

Com o Osasuna praticamente rebaixado, a disputa contra a queda da Série-B se resume a duas vagas. E pelo andar da carruagem, estas também serão definidas de forma rápida. Dentro da zona de rebaixamento, aparecem Granada e Sporting Gijón e a diferença para o primeiro do lado de fora é de sete e cinco pontos, respectivamente. Faltando oito rodadas, o número é alto para times que só ganharam no máximo cinco vezes no campeonato.

Em situação mais crítica, o investimento na queda do Granada é certeiro e vale R$ 1,04 por cada real. O clube acabou de ter uma série de quatro derrotas seguidas e só encerrou com um empate. Portanto, sem nenhum poder de reação. O Gijón até vem um pouco menos pior, com uma vitória nos últimos cinco jogos, mas também é grande candidato a queda, dando R$ 1,25, de acordo com estatísticas do Oddsshark.com/br.

Do lado de fora, o Leganes é o que corre mais perigo, mas ao contrário dos seus concorrentes, tem mostrado vontade de permanecer na elite da Espanha. Das cinco últimas vezes que entrou em campo, conquistou seis pontos, sendo derrotado em apenas uma partida. Com isso, o clube deve escapar do rebaixamento, mas se você preferir investir no infortúnio do time, o retorno é de R$ 11,00.

Mais dois clubes indicam que suas torcidas vão sofrer até a reta final, porém apresentam um pouco mais de qualidade técnica. O que está mais em baixa é o La Coruña, que tem seis pontos de vantagem sobre o 18º colocado e que ficou no 0 a 0 em casa contra o Granada. Sem vencer há três partidas, uma queda paga cifras altas, de R$ 13,00. O mesmo serve para o Málaga, que está dois pontos acima, mas que com o triunfo sobre o Gijón ficou em uma situação um pouco mais confortável. Uma visita a segunda divisão agora dá R$ 7,00, segundo dados do Oddsshark.com/br.

Ainda mais superiores, Betis (34.00) e Valência (251.00) devem escapar, apesar do susto no começo da temporada. Considerando o histórico recente, que com 41 pontos tivemos rebaixamento na Espanha, até o Las Palmas precisa ficar em alerta, mas o clube também deve sobreviver na elite.

 

 

Comentários