Flamengo busca evitar nova eliminação, dessa vez diante do Atlético-GO

  • por Victor Gandra Quintas
  • 2 Anos atrás

Cariocas ainda tentam apagar tropeço na Libertadores da última semana

A Copa do Brasil traz duas partidas nesta quarta-feira, mas o confronto entre Atlético-GO e Flamengo é o mais decisivo, pois já vale vaga na próxima fase da competição. O duelo acontece em Goiânia, mas são os cariocas que são os mais cotados nas casas de apostas de futebol.

Parte deste favoritismo se deve ao jogo deste sábado, quando o clube atropelou os goianos por 3 a 0. Sendo assim, se vencer novamente paga R$ 1,73 em cada real, de acordo com estatísticas do Oddsshark.com/br. Os ganhos sobem para R$ 7,60 se ocorrer por mais de três gols de diferença mais uma vez.

A única diferença está no número de desfalques. Desta vez, Zé Ricardo vai ter mais problemas para escalar o Flamengo. Além da ausência antiga de Diego, não vai contar com Gabriel, Everton e Berrío. De positivo apenas a volta de Guerrero e o bom desempenho de Ederson no sábado. Ainda assim, o clube é favorito, porém por um placar mais baixo. Vale lembrar que os cariocas também avançam com um empate, que rende R$ 3,50. Desde que a igualdade tenha gols. Se for um novo 0 a 0, a classificação é decidida nos pênaltis.

Do lado dos goianos, o momento não é nada positivo. Foram duas goleadas seguidas no Brasileirão, para Coritiba e Flamengo e teve apenas uma vitória nos últimos nove compromissos. Para piorar, se quiser avançar no tempo normal vai ter que vencer o adversário, o que não ocorre há seis encontros. O feito, no entanto, vale inacreditáveis R$ 5,00.

Paraná e Atlético-MG fazem primeiro jogo

Depois de precisar ser adiado por causa da Lava-Jato, Paraná e Atlético-MG enfim vão se encontrar pela primeira partida das Oitavas de final da Copa do Brasil nesta quarta-feira, às 21h45. Os mineiros chegam como favoritos para a classificação, mas como a ida acontece no Couto Pereira, a tendência é um duelo mais equilibrado.

Apesar de serem apontados como zebras, os paranaenses estão acostumados com a situação. O clube já encarou outros dois adversários da elite nacional e conseguiu avançar. Com boas atuações, passou com facilidade por cima de Bahia e Vitória e tentam surpreender os mineiros. Caso vença novamente, paga excelentes R$ 4,20 por cada real, segundo números do Oddsshark.com/br.

O feito até tem chances de acontecer, desde que por um placar apertado, mas o palpite é de um empate, que dá R$ 3,50. Porém, o Atlético-MG vai precisar entrar em campo mais atento, pois seu desempenho fora de casa não tem sido nada satisfatório. Dos 13 compromissos longe de casa, saiu vitorioso em apenas quatro, empatou cinco e foi derrotado em quatro oportunidades. Se deixar essa dificuldade para trás e voltar com um triunfo na bagagem, garante R$ 1,83. O resultado seria importante também para apagar o tropeço diante do Fluminense, pelo Brasileirão.

Paraná conta com Paredão

A maior dificuldade dos mineiros vai ser passar pela defesa do Paraná. Mesmo tendo um ataque poderoso, com nomes como Fred e Robinho, o Atlético-MG não deve encontrar facilidade se depender dos números do adversário. Isso porque o Paraná está há quatro partidas sem sofrer gols.

Além disso, na única vez que foi vazado em casa, na vitória de 3 a 1 contra o Prudentópolis, o clube não contava com Léo no gol. Portanto, com o goleiro em campo são 13 partidas ou 1170 minutos sem ver sua rede ser balançada. E olha que nesta temporada a equipe não disputou só o estadual. Só da Série A do Brasileiro foram quatro rivais, como Avaí, Bahia, Atlético-PR e Vitória.

Histórico dos confrontos

Até aqui, Paraná e Atlético-MG já se encontraram 20 vezes na história. Por enquanto, o retrospecto aponta total equilíbrio, com oito vitórias para cada lado e quatro empates. Os dados só mudam se considerarmos apenas os duelos no Sul, onde os paranaenses assumem a vantagem, com seis triunfos, um empate e apenas duas derrotas.

O último encontro entre as equipes ocorreu em 31 de outubro de 2007, quando ficaram no 0 a 0 pelo Brasileirão daquele ano. Este foi a única vez que os times saíram de campo sem marcar gols. Caso termine assim mais uma vez, garante inacreditáveis R$ 9,50 em cada real, segundo dados do Oddsshark.com/br.

Pela Copa do Brasil, novamente a vantagem é do Paraná. Pela edição de 1998, o clube venceu em casa por 1 a 0 e conseguiu a classificação com um empate em 1 a 1, no Mineirão.

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).