Com duelo entre Ronaldo e Buffon, Real e Juventus decidem Champions

  • por Doentes por Futebol
  • 3 Anos atrás

Com atuações fantásticas na competição, certamente um deles deve resolver no sábado

Está tudo quase pronto para conhecermos mais um campeão da Liga dos Campeões. Neste sábado, às 15h45, no Millennium Stadium, em Cardiff, Real Madrid e Juventus decidem pela segunda vez na história o mais importante torneio de futebol da Europa. O equilíbrio é tanto que o retorno nas casas de apostas de futebol é superior ao dobro do valor aplicado.

Defesa ganha jogo

O futebol italiano não vive um bom momento, mas pela segunda vez em três anos a Juventus alcança uma decisão de Liga dos Campeões. O time não é excepcional, mas cumpre muito bem o seu papel, com um sistema forte defensivamente e um goleiro fantástico. Buffon sem dúvidas é um dos maiores de todos os tempos da sua posição e tem possivelmente a última chance de levantar este troféu. Sendo assim, não me espantaria em ver uma atuação ainda melhor do italiano.

Porém, não é só lá atrás que a equipe de Turim tem qualidade. Na frente, Dybala e Higuaín já mostraram que são capazes de corresponder se tiverem uma ou duas bolas para finalizar. Sendo assim, o palpite é uma partida equilibrada, mas a Juventus vencendo por um gol de diferença, o que paga R$ 2,90, segundo números do Oddsshark.com/br.

Outra opção possível é um empate, que rende R$ 3,20. Com isso, a dupla-chance pode ser uma boa pedida, rendendo 53% de lucro, ou então o investimento direto em quem levanta a taça, que vale R$ 2,00.

No embalo de Cristiano Ronaldo

A equipe do Real Madrid busca ser o primeiro clube a vencer de forma seguida desde o Milan, em 1989 e 1990. A oportunidade se deve principalmente a Cristiano Ronaldo. O time que fez uma péssima primeira fase, por algumas vezes vinha se complicando nas partidas até o português resolver. Tento que de apenas dois gols, saltou para 10 durante o mata-mata e agora busca a artilharia do torneio, que pertence a Messi, com 11.

Sendo assim, se o atacante estiver inspirado, os merengues passam a ter bem mais chances de vitória, que vale R$ 2,60 em cada real, de acordo com estatísticas do Oddsshark.com/br. Outro nome a ficar atento é Sergio Ramos, que costuma brilhar e muitas vezes fazer o seu gol em finais.

O título para os madrilenhos, seja no tempo normal, prorrogação ou pênaltis rende um pouco menos, apenas R$ 1,85.

Oportunidades para faturar

Com uma defesa forte, é difícil ver a Juventus sofrendo muitos gols. Sendo assim, por mais que Cristiano Ronaldo e todo o ataque do Real Madrid sejam competentes, a expectativa é de um número baixo de gols. Caso a partida tenha no máximo duas bolas na rede, garante lucro de 62%, segundo dados do Oddsshark.com/br.

Outra boa opção é investir no placar exato, que rende no mínimo R$ 6,00. O valor é para caso de um empate em 1 a 1. No entanto, o palpite é o 1 a 0 para a equipe italiana, que paga R$ 7,50.

A Europa é do Real

Não importa o resultado deste sábado que já sabemos que o Real Madrid continuará no topo da lista de campeões por muitos anos. São 11 títulos da Champions League na história, contra 7 do Milan e 5 de Bayern de Munique, Barcelona e Liverpool.

Uma vantagem tão grande, que se considerarmos o melhor ciclo recente, que foi dos catalães ganhando quatro em 10 edições, ainda assim seriam necessárias 15 temporadas para igualar.

Do outro lado, a Juventus venceu apenas duas vezes, em 1985 e 1996 e aparece na liderança de outra lista, a de vice-campeonatos. Ninguém perdeu mais decisões do que o clube italiano. Foram seis no total, a última em 2015, perdendo para o Barcelona.

Retrospecto equilibrado

O histórico dos confrontos aponta imenso equilíbrio entre Real Madrid e Juventus. Em 18 encontros, cada equipe venceu em oito oportunidades, tendo ainda mais quatro empates.

No entanto, o retrospecto recente traz uma boa vantagem para os italianos. Isso porquê nos últimos dez anos, foram três triunfos da equipe de Turim, dois empates e apenas uma vitória dos madrilenhos. Já o que é regra neste embate é bola na rede. Nunca uma partida entre os dois terminou zerada. Foram 39 gols nestes 18 confrontos.

Destes, um foi válido pela final da Liga dos Campeões de 1998. Na ocasião, Real e Juve fizeram um jogo apertado, mas o gol de Mijatovic na segunda etapa deu o título aos merengues.

Comentários