Por que faz isso Tite?

  • por Victor Gandra Quintas
  • 3 Meses atrás

Antes de mais nada é preciso dizer que a confiança no Tite e na montagem da seleção permanece. Nada mudou. Tite devolveu grande parte do respeito que o Brasil perdeu; principalmente depois da Copa do Mundo de 2014 (do fatídico 7 x 1). Mas, uma coisa persiste e que sempre foi motivo de questionamento comum a todos os treinadores anteriores: nomes “questionáveis” nas convocações.

Muitos, em minha opinião, não são chamados apenas pelo futebol apresentado; ou pelo momento que apresentam nos clubes. Acaba pesando o histórico do jogador com o treinador e o status do time em que joga. Creio ser evidente ao observarmos a nova lista de convocados.

Há sim, coerência em muitas posições. Tanto que, há alguns meses, publiquei um texto com o título ”Ainda há vagas na Seleção de Tite?”. O texto buscava fazer uma análise do time logo após confirmar a classificação para a Copa do Mundo. No texto, vários dos nomes tem sido recorrentes. E certamente estarão na Rússia no ano que vem. Mas, em todas as convocações, destaco jogadores que não obedecem aos critérios que acredito serem os certos para ingressarem na seleção.

Não irei mencionar nomes das convocações passadas, irei me ater a convocação deste dia 15 de setembro. Começo com as novidades: Arthur (Grêmio), Fred (Shakhtar), Diego (Flamengo), Diego Tardelli (Shandong Luneng).

ARTHUR

Foto: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

O volante do grêmio tem jogado muito futebol. É um dos pilares do time de Renato Gaucho. Uma soma de raça e técnica, a convocação do jogador, que parece ter herdado a vaga que vinha sendo de Giuliano, é mais do que merecida. Além disso, tem apenas 21 anos, e terá futuro na seleção, se manter a boa forma. Acerto de Tite!

FRED

O meia do Shakhtar fez parte do time que ganhou a medalha olímpica em 2012. É um bom jogador e já figurou na seleção em outras oportunidades. Nesta posição, Luan (Grêmio) – que também ganhou a medalha olímpica -, parece ser o jogador que deu lugar à Fred. Vale a aposta até pela idade, 24 anos. Além do mais, diferentemente do seu “concorrente”; Fred pode atuar mais posições do meio campo, fazendo às vezes de Renato Augusto, Paulinho e até de Coutinho.

Mas, pelo que Luan vem demonstrando em seu time, merecia ser mantido no grupo. O jogador teve poucos minutos pela seleção na última partida, mas vem sendo decisivo pelo seu time. É um dos principais candidatos a melhor jogador da temporada brasileira.

DIEGO

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Talvez aqui coubesse chamar um jogador de destaque do futebol brasileiro, alguém que possa ser um armador de jogo, um reserva para Renato Augusto/Coutinho. Mas vamos lá, por que o Diego?

É um dos principais jogadores do Flamengo no ano, um dos artilheiros do time. É finalista da Copa do Brasil. Sabe quem está melhor que ele, nesta comparação? Thiago Neves. O meia do Cruzeiro é o principal nome do time mineiro no ano, também é um dos artilheiros do time e também é finalista da Copa do Brasil. Aliás, tem a mesma idade do meia do Flamengo.

Não, não acho que nenhum dos dois mereçam vaga na seleção. A manutenção de Luan seria muito mais justa. O craque do Grêmio pode atuar como armador, se necessário, tem feito a função no grêmio, mesmo se sentindo mais à vontade na ponta.

A única coisa que me leva a entender esta convocação, lembrando ainda que Diego não vive seu melhor momento, até mesmo questionado por torcedores do Flamengo, é seu histórico com Tite. Já que foi convocado outras vezes (mas tendo poucas oportunidades em campo). De toda forma, não foi uma boa escolha.

DIEGO TARDELLI

Agora, se tem uma presença que impressiona de tamanha surpresa negativa é a de Diego Tardelli. É mais uma posição que Luan (olha só!) poderia estar presente. Outros motivos para a não convocação do ex-atacante de Atletico-MG e Flamengo não faltam.

Além da já mencionada preferência por Luan; outro atleta que atua no Brasil, em excelente fase, e que poderia estar aqui é Bruno Henrique. O atacante santista tem jogado muita bola no ano. Artilheiro do time praiano, tem surpreendido com sua velocidade e capacidade de finalização. E mais, é 6 anos mais novo que Tardelli.

Se for pelo histórico na seleção, temos Douglas Costa. O jogador tem feito bons jogos pela Juventus. Tem 27 anos e é capaz de jogar nas duas pontas. O que pesa contra ele foram os cortes de convocações anteriores com o Tite. Mas vale ficar de olho.

Se for por artilharia, um centroavante, por que não Jô? É um dos artilheiros do Brasileirão e fundamental na campanha do líder Corinthians. É dois anos mais novo que Tardelli. Vale lembrar que os dois jogaram juntos no Atlético-MG campeão da Libertadores.

MELHOR OPÇÃO ATÉ NA PRÓPRIA CHINA

Por fim, se a opção era mostrar que jogadores do futebol chinês podem estar na Seleção Brasileira, por que não chamar Ricardo Goulart?

O ex-Cruzeirense foi eleito o melhor jogador do Campeonato Chinês nos dois últimos anos. É o atual artilheiro da competição (com 8 gols a mais marcados que Tardelli). E ainda seu time, o Guangzhou Evergrande, está na liderança da liga nacional, contra o quinto lugar do Shandong Luneng.

OUTRAS AUSÊNCIAS

 

A torcida brasileira ainda clama pela presença de Vanderlei (Santos) para o gol. E até a de Fábio (Cruzeiro) entre os três da posição. Mas esta é uma situação complicada, pois todos estão no mesmo nível ultimamente. Alisson e Ederson poderiam não ser chamados, mas ambos já estão garantidos na Rússia e têm crescido em suas performances por Roma e Manchester City, respectivamente. Mas, valia chamar um dos supracitados para teste, principalmente o arqueiro santista.

Outros dois jogadores que, merecidamente, estão nessa convocação são Danilo (Manchester City) e Jemerson (Mônaco). Danilo é polivalente, e tem crescido sob o comando do Guardiola. Já atuou, e bem, nas duas laterais, como zagueiro e como meia. Vale a chance, para o lugar do recorrente Fagner.

Quanto a Jemerson, foi chamado na última convocação para substituir Thiago Silva (lesionado). Agora parece ter assumido a posição de Rodrigo Caio merecidamente. O ex-zagueiro do Atlético-MG tem jogado muito pelo atual Campeão Francês; fez excelente temporada 2016-17. Jemerson está em fase muito melhor que a do são-paulino.

Outro jogador que merecia chance é Fabinho (também do Mônaco). Seria ideal, assim como Danilo, para fazer parte do elenco por sua polivalência. Seria uma opção melhor que Fred, por exemplo.

CONSIDERAÇÃO FINAL

Portanto, após esta argumentação, defendo que as escolhas mais pertinentes seriam a de Fabinho na vaga de Fred, Luan na posição de Diego e Goulart na de Tardelli; apesar de que, no final, esta última vaga poderia ainda ter Bruno Henrique ou Douglas Costa. Ressalto novamente que Tite merece a confiança depositada nele. É um excelente treinador, que reacendeu a vontade dos torcedores de ver sua seleção jogar novamente. Mas, mesmo assim não pode ser isento de críticas em suas convocações. Ainda faltam vários meses para a Copa do Mundo. Já temos um time titular que só deve sofrer alterações se algo muito grave acontecer, mas o grupo ainda não está totalmente fechado, e mudanças podem ocorrer em convocações futuras.

O que achou da convocação? Vamos debater nos comentários!

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).