O sorteio dos grupos para a Copa do Mundo pode render um bom investimento

  • por Doentes por Futebol
  • 2 Anos atrás

Com as 32 seleções classificadas para a Copa do Mundo da Rússia já definidas, a expectativa agora é para saber quem jogará contra quem. Teremos grupo da morte? Será que o Brasil encara um campeão do mundo logo no início?  As respostas para estas perguntas saberemos na próxima sexta-feira (01), pois a partir das 13 horas (horário de Brasília), acontece no Kremlin, em Moscou, o sorteio dos grupos para a mais importante competição do futebol mundial.

A FIFA determinou que as oito cabeças-de-chave serão Rússia, Alemanha, Brasil, Portugal, Argentina, Bélgica, Polônia e França. Seis grupos terão obrigatoriamente dois representantes da Europa. O continente é o único que poderá ter mais de uma equipe dentro da mesma chave.

As divisões dos outros três potes foram determinadas de acordo com a posição dos times no ranking, e ficaram da seguinte forma: Pote 2 – Espanha, Peru, Suíça, Inglaterra, Colômbia, México, Uruguai, Croácia; Pote 3 – Dinamarca, Islândia, Costa Rica, Suécia, Tunísia, Egito, Senegal, Irã; Pote 4 – Sérvia, Nigéria, Austrália, Japão, Marrocos, Panamá, Coreia do Sul, Arábia Saudita.

Além de conhecer o caminho de cada uma das seleções para a conquista do título, o fã de apostas em futebol terá ainda uma excelente oportunidade para faturar. A seguir analisaremos quais serão os possíveis adversários de algumas das seleções favoritas, além de trazer os odds do Oddsshark.com para as possíveis combinações.

Brasil

Primeira colocada nas Eliminatórias Sul-Americanas, a seleção de Tite é uma das favoritas ao título, mas poderá ter a vida muito dificultada dependendo do que o sorteio determinar. Na melhor das hipóteses, o escrete canarinho enfrentará Croácia, Irã e Panamá. Na pior, Espanha ou Inglaterra, Suécia ou Dinamarca e Nigéria.

De acordo com os números do Oddsshark.com, o lucro será de R$ 4,50/R$ 1,00 para qualquer uma das seleções do pote 2, Croácia, Inglaterra, Espanha, Suíça ou México, que cair no grupo do Brasil. Peru, Colômbia e Uruguai não poderão ser sorteados por serem do mesmo continente. Dentre as equipes do pote 3, Costa Rica, Egito, Senegal, Tunísia e Irã apresentam um retorno de R$ 9,00/R$ 1,00, Islândia , Suécia e Dinamarca, R$ 5,50/R$ 1,00. Restam as seleções do pote 4. Caso a sorteada seja a Sérvia, o apostador embolsará R$ 4,33/R$ 1,00, se for uma das representantes da África, Marrocos ou Nigéria, R$ 7,50/R$1,00, mas se sair alguma das equipes asiáticas, Austrália, Japão, Arábia Saudita ou Coréia do Sul, cada real apostado devolverá R$ 8,00.

Alemanha

Para alívio da torcida brasileira, a seleção da Alemanha também é cabeça-de-chave, e por isso não tem risco de cair no mesmo grupo que os comandados de Tite. Entretanto, é bem provável que os nossos algozes de 2014 enfrentem alguma equipe sul-americana. O fato de só poder ter mais uma europeia na chave muda um pouco a configuração dos odds.

Se Colômbia, Peru ou Uruguai caírem em seu grupo, o apostador embolsará R$ 5,50/R$ 1,00. O retorno será um pouco melhor se a chave tiver Egito, Senegal, Tunísia, Irã, Costa Rica, Panamá, Austrália, Japão, Arábia Saudita, Marrocos ou Nigéria, R$ 7,00/R$ 1,00. Caso um de seus adversários seja Dinamarca, Islândia ou Suécia, o lucro será de R$ 7,50/R$ 1,00, e se a Sérvia estiver no grupo, R$ 8,50/R$ 1,00. Esta última possibilidade é mais improvável, pois só acontecerá se nenhum europeu for sorteado nos dois primeiros potes. Croácia, Inglaterra, Espanha, Suíça ou México apresentam um rendimento de R$ 9,00 por cada real investido.

Espanha

Campeã do mundo em 2010, a Espanha fracassou na Copa do Brasil, mas é a mais forte seleção dentre aquelas que não são cabeças-de-chave. Juntamente com a Inglaterra, é aquela que todos querem evitar.

Segundo o Oddsshark.com, caso a Fúria caia no grupo de um dos sul-americanos, Brasil ou Argentina, o retorno será de R$ 4,50/R$ 1,00. Se ficar na chave de um dos europeus, Bélgica, França, Alemanha, Polônia ou Portugal, R$ 9,00/R$ 1,00, mas neste caso os países do continente seriam excluídos dos outros potes. O investidor receberá R$ 7,00 por cada real apostado se a equipe enfrentar Egito, Senegal, Tunísia, Irã, Austrália, Japão, Arábia Saudita, Marrocos ou Nigéria, e R$ 8,50/R$ 1,00 caso Dinamarca, Islândia ou Suécia fiquem em seu grupo.

Argentina, França e Inglaterra

A Argentina sofreu bem mais que o esperado para sacramentar sua classificação para a Copa, mas é a atual vice-campeã mundial, e foi agraciada como uma das seleções cabeça-de-chave. Seus possíveis adversários, bem como os odds para cada seleção, são os mesmos do Brasil.

Os franceses, por sua vez, têm um leque de possibilidades idêntico ao dos alemães. Os campeões mundiais de 1998 se classificaram com folga em um grupo que tinha Suécia e Holanda, e chegam com seu time mais forte desde 2006, quando eliminaram o Brasil e fizeram a final contra a Itália.

A Inglaterra corre por fora, mas evoluiu muito nos últimos quatro anos, terminou invicta as Eliminatórias e conta com muitos jogadores jovens e talentosos. Mesmo jogando desfalcada, deu muito trabalho para o Brasil em amistoso disputado há pouco mais de duas semanas. Se não der o mesmo azar da Copa de 2014, e cair no chamado grupo da morte, poderá ir longe. Está no mesmo pote da Espanha, com possiveis adversários e odds rigorosamente iguais.

Odds para o vencedor da Copa do Mundo

Brasil – R$ 6,00/R$ 1,00

França – R$ 6,00/R$ 1,00

Alemanha – R$ 6,00/R$ 1,00

Espanha – R$ 8,50/R$ 1,00

Argentina – R$ 9,00/ R$ 1,00

Belgica – R$ 13,00/R$ 1,00

Inglaterra –R$ 19,00/ R$ 1,00

Portugal – R$ 21,00/R$ 1,00

Croácia – R$ 26,00/ R$ 1,00

Uruguai – R$ 34,00/ R$ 1,00

Colômbia – R$ 41,00/R$ 1,00

Rússia – R$ 41,00/R$ 1,00

México – R$ 67,00/R$ 1,00

Polônia – R$ 67,00/R$ 1,00

Suíça -– R$ 67,00/R$ 1,00

Suécia –R$ 76,00/ R$ 1,00

Dinamarca – R$ 81,00/R$ 1,00

Sérvia – R$ 101,00/R$ 1,00

Egito – R$ 151,00/R$ 1,00

Islândia – R$ 151,00/R$ 1,00

Japão – R$ 151,00/R$ 1,00

Nigéria – R$ 151,00/R$ 1,00

Senegal – R$ 151,00/R$ 1,00

Costa Rica – R$ 201,00/ R$ 1,00

Peru – R$ 201,00/ R$ 1,00

Marrocos – R$ 201,00/ R$ 1,00

Irã – R$ 251,00/R$ 1,00

Coréia do Sul – R$ 251,00/R$ 1,00

Austrália – R$ 301,00/ R$ 1,00

Tunísia – R$ 501,00/R$ 1,00

Panamá – 1001,00/R$ 1,00

Arábia Saudita – 1001,00/R$ 1,00

 

Comentários