Messi, Neymar, C. Ronaldo… Quem tem chance de ser artilheiro da Copa do Mundo?

  • por Felippe Garcia
  • 2 Anos atrás

Competição reunirá jogadores de extrema categoria e a briga será acirrada pelo posto de maior goleador do Mundial

 

Amigo internauta, como vai você? Por aqui tudo ótimo e o OddsShark.com entra cada vez mais no clima de Copa do Mundo 2018. É isso mesmo! Com o fim do ano se aproximando, o que nos reserva para os meses de junho e julho do ano que vem são fortes emoções na gelada Rússia e, por isso, vamos falar um pouco mais de um assunto bastante interessante. Não, não queremos aqui apontar quem tem mais chances de título, de se classificar ou de ir longe no Mundial. O papo é: quem vai balançar mais as redes no maior torneio do planeta? E é claro que para você gosta de apostas em futebol não pode perder essa análise.

 

Nomes de respeito não faltam para apontarmos como bons investimentos neste quesito. Afinal, é Copa do Mundo e os melhores jogadores do globo terrestre estarão na Rússia. Messi, Cristiano Ronaldo, Neymar, Suarez, Gabriel Jesus, Griezmann, Harry Kane, Lukaku, Lewandowski, Cavani, Morata, Aguero… Cara, essa lista é interminável e eu poderia ficar listando grandes fazedores de gols até amanhã. Mas vamos falar pontualmente dos principais nomes e, pensando em suas respectivas seleções, quem poderia terminar o Mundial como maior goleador.

 

É claro que se falarmos de jogadores que têm faro de gol, não podemos deixar de começar este texto citando Cristiano Ronaldo e Lionel Messi. Os dois jogadores que dividem as atenções do mundo da bola na última década estão ano após ano sempre entre os maiores goleadores do planeta. Ou seria quase sempre? Essa dúvida praticamente impensável meses atrás surge agora por conta do atual momento em que, principalmente, o português atravessa.

 

Cristiano Ronaldo, por exemplo, viveu uma grave crise com as redes no início da temporada. Foram apenas quatro tentos em 11 jogos, algo baixíssimo para o melhor jogador do mundo. E se já está difícil assim mesmo jogando pelo Real Madrid, como será para o camisa 7 no Mundial, onde tem que jogar por ele e por muitos companheiros do time apenas razoável de Portugal? Mais do que ninguém, CR7 precisará demais do grande desempenho de seus colegas de seleção para poder entrar na briga pela artilharia. O lado bom é que na primeira fase os portugueses terão confrontos diante de Marrocos e Irã. Chance de goleadas e praticamente certa classificação para as oitavas, não é mesmo? Portanto, caso queira investir em Cristiano Ronaldo, seu retorno é de R$ 13,00 por real jogado segundo o OddsShark.com.

 

No mesmo Grupo B, teremos a Espanha. Uma das favoritas a conquistar o título, a equipe espanhola possui em Alvaro Morata a sua principal esperança de gol no ataque. Claro que o atacante não está no mesmo nível de tantos outros, mas ele corre por fora para surgir como elemento surpresa. O rendimento para R$ 21,00 por real colocado.

 

A chance de Messi

 

Nenhum jogador no mundo é mais favorito a ser o artilheiro desta copa do que Lionel Messi. Os números do OddsShark.com mostram isso. O retorno para que o argentino figure como o maior marcador do torneio é de R$ 10,00 por real colocado. Pode parecer um pouco maluco isso, já que a Argentina sofreu horrores para se classificar para a Copa e Jorge Sampaoli dá mostras de ainda não ter uma equipe definida por completo. Por outro lado, essa pode ser a última grande chance do camisa 10 tido como um dos melhores de todos os tempos conquistar o maior torneio de todos como protagonista.

 

Se Messi fazer como naquele histórico jogo diante do Equador, onde colocou a bola embaixo do braço e assumiu controle do jogo para fazer três gols e classificar a Argentina para o Mundial, suas chances são enormes de acabar como artilheiro do torneio. Claro, ele precisa contar com a ajuda de Di Maria, Aguero, Dybala e cia, mas isso por si só já será um fator bastante considerável.

 

E o Brasil?

 

Não arranque os cabelos, meu caro. É óbvio que teríamos que falar do Brasil neste texto. O trio formado por Neymar, Gabriel Jesus e Philippe Coutinho é um dos melhores do mundo e pelos menos dois dos citados têm grandes chances no Mundial. O primeiro, claro, é o 10 do PSG, que se mudou para França exatamente para ganhar o protagonismo que tanto desejava. E o segundo se mostrou absolutamente letal quando assumiu a camisa 9 do Brasil. Gabriel Jesus se entendeu bem demais com Neymar e já mostrou força para encarar os melhores zagueiros do mundo ao também começar bem a sua trajetória pelo Manchester City.

 

O que talvez prejudique os brasileiros nessa corrida pela artilharia é a chave que o Brasil caiu. Com Suíça, Sérvia e Costa Rica, os adversários dos comandados de Tite tendem a armar aquela retranca chatíssima de se ultrapassar. Investimento em Neymar paga R$ 11,00 por real colocado atualmente, enquanto que Gabriel Jesus rende R$ 17,00. A artilharia será mais complicada para os brasucas.

 

Cavani, que possui média de gols superior a um por partida nesta temporada, e Lukaku, que irá liderar a promissora seleção da Bélgica, valem menção honrosa neste texto.

Comentários

Publicitário apaixonado por esporte. Fundador do projeto Doentes por Futebol.