Pep Guardiola é exatamente o que o Manchester City precisa para subir de patamar

  • por Doentes por Futebol
  • 2 Anos atrás

Treinador espanhol tem feito uma excelente campanha com os Citizens na Premier League

Algum time é capaz de parar o Manchester City na Premier League nesta temporada 2017/2018? O time comandado pelo badalado treinador espanhol Pep Guardiola vem sendo uma máquina dentro das quatro linhas e não dando chance alguma para os seus adversários. Colocar a sua grana nos Citizens nas apostas de futebol por meio do Oddsshark.com é sempre um bom investimento. Fica a dica!

Ao pegar a tabela do Campeonato Inglês você verá que o lado azul da cidade de Manchester lidera a competição com 65 pontos, 12 a menos que o vice-colocado e grande arquirrival Manchester United, tendo 21 resultados positivos, 1 negativo e 2 igualdades. O aproveitamento é de 90.3%. Gols foram marcados 70 e levados apenas 18.

A única derrota da equipe do meia-atacante brasileiro Gabriel Jesus foi para o Liverpool, na 23ª rodada, em Anfield. Na ocasião, os donos da casa chegaram a abrir uma vantagem no marcador, de 3 a 1, no entanto, os visitantes reagiram e quase conseguiram o empate no finzinho do jogo. Certamente, este confronto vai ser um dos melhores de todo o ano de 2018. Foi muita emoção envolvida.

O elenco do Manchester City é praticamente uma seleção, com alguns dos melhores jogadores da atualidade, além da qualidade que vem do banco de reservas com Guardiola – considerado por muitos analistas esportivos como o melhor e mais ofensivo técnico dos últimos tempos. O treinador conta com Gabriel Jesus, como citamos anteriormente neste texto, o atacante argentino Sergio Agüero, o volante brasileiro Fernandinho e o volante belga Kevin de Bruyne. Estes são só alguns exemplos.

A partida mais recente do City pelo Inglês foi a vitória de 3 a 1 sobre o Newcastle, dentro de casa, no Etihad Stadium, pela 24ª rodada no dia 20 de janeiro. Segundo dados do Oddsshark.com, nesta oportunidade, o rendimento que o líder gerou nas apostas foi de R$ 1,12 por 1.

Como foi a primeira temporada de Guardiola na Inglaterra?

Pep Guardiola chegou na terra da Rainha em fevereiro de 2016 vindo do gigante e campeoníssimo Bayern de Munique, da Alemanha, depois de três temporadas comendo chucrute e bebendo cerveja. A campanha do espanhol na sua primeira vez disputando a Premier League não foi tão espetacular como está sendo na atual edição.

O Manchester terminou a competição na terceira colocação da tabela com 78 pontos ganhos em 38 partidas disputadas. Foram 23 vitórias, 9 empates e 6 derrota, além de 80 gols marcados e 39 sofridos. Nesta temporada, o campeão foi o Chelsea, com 93 pontos. Dá para perceber que a grande quantidade de vezes que as redes dos adversários foram balançadas é uma característica presente tanto na temporada passada quanto na atual. Os times do Guardiola têm o costume de manter a posse de bola, envolver os seus oponentes, fazendo com que eles fiquem distantes da sua grande área, consequentemente marcando menos gols. Neste momento, você pode estar se perguntando o porquê que o City não teve sucesso anteriormente se o plantel de jogadores é praticamente o mesmo. Certo? Esta questão é simples de responder. O que acontece é apenas uma questão de assimilação de ideias e de adaptação ao novo estilo do comandante, pois individualmente as peças são qualificadas.

Para você entender o quanto Pep Guardiola é respeitado e ovacionado no mundo do futebol é só ver uma curiosidade que aconteceu após o jogo da semifinal da Copa da Liga diante do Bristol City, fora de casa. Assim que o juiz apitou o fim do duelo, o zagueiro Aden Flint pediu ao treinador que ele trocasse uma camisa de jogo do time anfitrião pela jaqueta do profissional ibérico. Para tristeza do defensor, o pedido não foi aceito.

Vale a pena ressaltar que, tirando a Premier League, Guardiola está perto de faturar o seu primeiro título na Inglaterra. Trata-se da Copa da Liga. A final vai ser diante do rival Arsenal, em Wembley, no dia 25 de fevereiro.

Histórico de conquistas de Guardiola

Atualmente com 47 anos e nascido na cidade de Barcelona, Guardiola foi um grande meio-campo, tendo se destacado como jogador dos Culés, onde passou a maior parte de sua carreira. Ele também vestiu a camisa da Roma, da Itália. Mas, é como técnico que Pep vem encantando os torcedores.

O seu primeiro trabalho no banco de reservas de um time profissional foi no próprio Barcelona, na temporada 2008/2009, tendo ficado por lá por quatro anos. Ele comandou a dupla Ronaldinho Gaúcho e Lionel Messi, ganhando tudo o que você possa imaginar como: La liga (2008/09, 2009/10 e 2010/11), Copa do Rei (2008/09 e 2011/12), Supercopa da Espanha (2009/10, 2010/11 e 2011/12), Liga dos Campeões (2008/09 e 2010/11), Mundial de Clubes (22009, 2011e 2013), além da Supercopa da Europa (2009, 2011 e 2013). Na época 2013/2014 foi o momento de aterrissar em Munique para assumir o Bayern. Lá, as conquistas foram as seguintes: Bundesliga (2013/14, 2014/15, 2015/16) e Copa da Alemanha (2013/14 e 2015/16).

A última vez que o Manchester City faturou o Campeonato Inglês foi na temporada 2013/14. Será que mais um troféu nacional chegará ao fim desta competição, em maio? O próximo jogo dos Citizens pela Premier League será nesta quarta-feira, dia 31 de janeiro, às 18h, horário de Brasília, em casa, contra o West Bromwich. Ainda conforme o Oddsshark.com, o City, como é de se esperar, está cotado em R$ 1,12 a cada real aplicado por você, contra R$ 17,00 do adversário.

Próximo jogo do Manchester City na Premier League:

Quarta-feira (31 de janeiro)

18h – Manchester City (R$ 1,12) x (R$ 17,00) West Bromwich. Empate: R$ 9,00

Comentários