A proposição de Quique Setién

  • por Felipe Simonetti
  • 7 Meses atrás

O futebol muitas vezes é resumido em resultado. No Brasil, então, isso é descarado. Não importa se o técnico foi campeão brasileiro no ano anterior, se engatar uma sequência ruim (nem que seja no estadual) logo é mandado embora. Na Europa é um pouco diferente, mas essa abordagem rasa ainda acontece.

Indo na contra-mão desse pensamento, gostamos de discutir o esporte e por isso, chega ao Imigrantes da Bola um novo quadro. O #perfil vem para analisar técnicos e suas propostas de jogo. O episódio sobre o jogo posicional do Manchester City de Pep Guardiola pode ser chamado de um “piloto” para essa série que tem continuidade com mais um propositor: Quique Setién.

Mas quem é esse?

Quique Setién é técnico do Real Bétis, clube que faz uma campanha relativamente boa mesmo sofrendo muitos gols. Sim, é o mesmo clube que tomou de 5 do Barcelona no último fim de semana, mas, lembrando, não podemos ser simplista. Para um time do nível do Bétis propor o jogo diante da equipe blaugrana requer muito esforço e, quem diria, o fez no primeiro tempo.

E além do Barça, ele conseguiu bater de frente com o Real!

Boa parte desses méritos certamente vão para o técnico espanhol, que quando atleta chegou até a vestir a camisa da Seleção da Espanha, mas não obteve grandes êxitos. Hoje, ele é um dos underdogs mais amados e chegou até a ser cogitado a substituir Luis Enrique no Barcelona, antes de Valverde assumir o cargo.

E o que ele prega?

Assim com Guardiola, Setién é adepto do jogo de posição. Ou seja, gosta de aproximações, coletivismo, posse de bola, amplitude e, principalmente, saída qualificada. Então não estranhe ao ver o goleiro jogar com os pés, o volante recuar entre os zagueiros e os pontas pisarem na linha lateral: tudo faz parte da estratégia.

Então, se quer conhecer mais sobre Quique Setién esse é o programa perfeito!

Felipe Simonetti, André Andrade e Victor Prado discutiram tanto a passagem do técnico pelo Las Palmas quanto seu atual momento no Bétis, então não perca. É sucesso!

Artigos Citados

Comentários

Capixaba que se mudou para BH e passou a dividir sua paixão principal pelo São Paulo com o Atlético Mineiro, ama acima de tudo, o futebol. Graduando em Relações Econômicas Internacional pela UFMG, podcaster do Imigrantes da Bola e doente por futebol, esse sou eu.