Vasco é visto como zebra e Chapecoense como favorita para estreia na Libertadores

  • por Doentes por Futebol
  • 2 Anos atrás

Cariocas visitam a Universidad Concepción, no Chile, e catarinenses recebem o Nacional, do Uruguai

Nesta quarta-feira, 31 de janeiro, é dia de dois times brasileiros estrearem na segunda fase da Taça Libertadores da América 2018. O Vasco joga com os chilenos do Universidad Concepción e a Chapecoense duela com o tradicionalíssimo Nacional, do Uruguai. Fortes emoções estão por vir, juntamente com ótimas oportunidades para você fazer as suas apostas de futebol no Oddsshark.com.

Universidad Concepción x Vasco da Gama

A última vez que os cruzmaltinos disputaram a competição de clubes mais importante da América do Sul foi em 2012, quando foram eliminados para o campeão Corinthians em um jogo que entrou para a história do torneio, no Pacaembu, em São Paulo, pelas quartas de final. Agora, a caminhada carioca começa hoje, às 21h45, horário de Brasília, no Estádio Ester Roa Rebolledo.

O time do treinador Zé Ricardo que chega para a partida de ida ainda está em formação e teve a baixa de seu principal jogador, o experiente meio-campo Nenê, que se despediu do clube depois de três anos e assinou com o São Paulo. Até o momento, foram disputadas quatro partidas no Campeonato Carioca, sendo uma vitória, um empate e duas derrotas, com o aproveitamento de 33.3%.

Em entrevista coletiva, Zé Ricardo falou sobre as dificuldades que o Gigante da Colina encontrará logo mais. “Eles fizeram três jogos e tiveram a chegada de jogadores, enquanto nós perdemos peças importantes. Será uma partida difícil. Temos que assumir que queremos a classificação, mas precisamos saber jogar essa competição. A grama do estádio deles é bem baixa, fazendo com que a bola corra muito. Eles têm jogadores experientes, casos do Pineda e do Santiago, que possuem muita qualidade.”

Já o volante Wellington comentou a preparação para o mata-mata. “Nos preparamos para essa partida desde as férias, mas cada sessão de treinamento a mais é importante. Tivemos 15 dias de trabalho bem forte e acredito que conseguimos atingir os nossos objetivos. Vamos chegar bem preparados nesse primeiro jogo. Esses ajustes finais que faremos no Chile serão importantes, principalmente para ajustar o posicionamento na bola parada e aprimorar a nossa estratégia de jogo. O Vasco possui grandes jogadores e todos vão procurar dar o melhor para honrar essa camisa sagrada”, disse o atleta.

O clube de São Januário relacionou 23 jogadores para o desafio no Chile. Os escolhidos foram:  Gabriel Félix, João Pedro e Martín Silva, os goleiros; Fabrício, Henrique, Rafael Galhardo e Yago Pikachu, os laterais; Erazo, Ricardo e Werley, os zagueiros; Andrey, Desábato e Wellington; os volantes; Evander, Thiago Galhardo e Wagner; os meias; e Andrés Ríos, Caio Monteiro, Paulinho, Riascos e Rildo; os atacantes.

Na última edição do campeonato nacional, os universitários ficaram no 10º lugar da tabela com 17 pontos em três resultados positivos, oito empates e quatro negativos.

De acordo com os números disponibilizados pelo Oddsshark.com para você dar os seus palpites, os chilenos são apontados como favoritos para vencerem o duelo inicial e pagarem R$ 2,50, contra R$ 3,00 dos brasileiros. A partida de volta acontece em São Januário, no dia 7 de fevereiro.

Chapecoense x Nacional

Assim como o Cruzmaltino, a Chapecoense também entra em campo hoje, às 21h45, só que como mandante na Arena Condá, em Chapecó, Santa Catarina, para encarar o Nacional, tricampeão da Libertadores (1971,1980 e 1988). Vale lembrar que estas duas equipes se enfrentaram duas vezes na fase de grupos da própria Libertadores no ano passado. No Brasil, empate de 1 a 1, enquanto que no Uruguai o placar foi de 3 a 0 para os donos da casa.

O retrospecto catarinense é bem positivo, hein! A Chape lidera o Estadual com 10 pontos e está invicta. São três vitórias e um empate, representando 83.3% de rendimento. Já o Nacional vem de uma derrota de 3 a 1 para o grande arquirrival Peñarol no último dia 26, em jogo válido pela Supercopa do Uruguai.

O técnico Gilson Kleina deu o caminho das pedras para o Verdão ir bem contra o Tricolor. “A Libertadores entra na mente de todos os torcedores da Chape. Um time tradicional, grande no Uruguai, que não tivemos um bom resultado lá no ano passado. Tivemos desequilíbrio emocional, perdemos jogadores cedo. Eles colocam 20, 25 mil torcedores. Temos que fazer isso aqui. Fazer valer o mando de campo, deixar a Arena abarrotada e sermos inteligente. Eles trouxeram três jogadores experientes. Chama atenção o meia deles, que é perigoso, organiza a equipe do Nacional. Se queremos ter ambição, temos que ter equilíbrio. Se puder não tomar gol e fazer um, vamos levar vantagem, sem deixar de fazer o que estamos fazendo. Ser aguerrido, mas terminar com 11 nas duas partidas.”

Ainda conforme o Oddsshark.com, a Chapecoense paga R$ 2,10 e o Nacional rende R$ 3,50. O Jogo no Parque Central, em Montevidéu, vai ser disputado também na semana que vem, dia 7, às 21h45.

Confira os jogos da segunda fase da Libertadores:

Terça-feira (30 de janeiro)

20h15 – Carabobo (VEN) (R$ 3,10) 1 x 0 (R$ 2,39) Guarani (PAR). Empate: R$ 3,10

22h30 – Banfield (ARG) (R$ 1,53) 1 x 1 (R$ 7,50) Independiente Del Valle (ECU). Empate: R$ 3,60

22h30 – Santiago Wanderers (CHI) (R$ 1,70) 1 x 1 (R$ 5,50) Melgar (PER). Empate: R$ 3,39

Quarta-feira (31 de janeiro)

21h45 – Chapecoense (BRA) (R$ 2,10) x (R$ 3,50) Nacional (URU). Empate: R$ 3,29

21h45 – Universidad Concepción (CHI) (R$ 2,50) x (R$ 3,00) Vasco (BRA). Empate: R$ 3,10

Quinta-feira (1º de fevereiro)

20h15 – Deportivo Tachira (VEN) (R$ 3,60) x (R$ 2,20) Independiente Santa Fe (COL). Empate: R$ 3,00

22h30 – Olímpia (PAR) (R$ 1,95) x (R$ 4,33) Junior Barranquilla (COL). Empate: R$ 3,10

22h30 – Oriente Petrolero (BOL) (R$ 1,90) x (R$ 4,20) Jorge Wilstermann (BOL). Empate: R$ 3,29

Comentários