Bola parada: a vez agora é saber como apostar no UFC Belém, neste fim de semana

  • por Doentes por Futebol
  • 2 Anos atrás

Série de lutas envolve duelos de brasileiros contra americanos, com destaque para o retorno do ex-campeão mundial Lyoto Machida

O final de semana é a ocasião perfeita para o fanático pelas apostas de futebol começar a conhecer um pouco mais também do mundo das lutas com a realização do UFC Belém, evento que já agita os fãs do MMA em todo o mundo. E para aprender um pouco mais sobre este ramo que também gera lucros interessantes, recorremos ao nosso tradicional parceiro, o site especializado em apostas Oddsshark.com, que já está afiado para as principais opções do evento que ocorre neste sábado (3) e domingo (4) na capital do Pará.

O doente por futebol que quiser conhecer um pouco mais dos segredos das apostas nas lutas não vai encontrar nenhuma dificuldade. É mais simples apostar nas lutas do que nos jogos de futebol. Os combates, afinal, duram muito menos e oferecem menos variantes. Não tem como errar. É escolher quem vai ganhar e em que assalto a luta vai acabar. Uma das razões do sucesso dos combates é a simplicidade. É por isso que cada vez mais crianças acompanham o esporte e causam uma verdadeira polêmica nos Estados Unidos sobre a idade mínima recomendável para começar a seguir o MMA.

Quem já é adepto das apostas no futebol já sabe muito bem, mas não custa reforçar: para começar a investir também no UFC é necessário criar uma conta nas principais casas de apostas. É tudo muito simples, sem nenhuma complicação extra. O Oddsshark.com tem uma lista completa com as páginas com as melhores estruturas e com um passo a passo sobre o que é necessário.

É bem simples também transportar os macetes do futebol para as lutas. Basta usar as duas regrinhas de ouro que caracterizam as apostas em qualquer modalidade: é necessário estudar o evento em detalhes e saber o noticiário que envolve os times ou, no caso do UFC, os atletas que participam dos cards (maneira como é tratada a sequência de lutas).

No UFC Belém, o que chama a atenção é a sequência de confrontos entre brasileiros e americanos, uma maneira ótima de começar a conhecer os meandros dos combates.

Uma das lutas mais aguardadas é a do peso-pesado paulista Marcelo Golm, de 25 anos, que demoliu os seis adversários que enfrentou – e todos logo no primeiro assalto e, alguns casos, nos primeiros movimentos das lutas. Trata-se de uma máquina de bater. Seu adversário em Belém será Timothy Johnson, de 32 anos, 1,90 metro e 119 quilos de técnica e violência. Golm, porém, é bem favorito: devolve R$ 1,57 a cada R$ 1,00 investido, contra R$ 2,50/R$ 1,00 de Johnson.

Outro brasileiro casca grossa que promete levantar o público em Belém é o peso-médio Thiago “Marreta”. Ele encara outro americano, Anthony Smith, que não surge como ameaça. A vitória de Marreta paga R$ 1,33/R$ 1,00, contra R$ 3,25/R$ 1,00 de sua derrota. O triunfo de Smith é considerado desde já como uma das principais zebras da noite.

Por fim, a luta do grande ídolo que estará em ação no evento, o ex-campeão mundial dos meio-pesados Lyoto Machida, de 39 anos, que vai atuar “em casa”, pois cresceu e nasceu para as lutas justamente em Belém.

Lyoto apanhou muito em 2017 e vem de três derrotas seguidas. É a sua chance de começar a se redimir e escalar os estágios necessários para voltar a ter o cinturão. A luta deste domingo promete ser complicada. Machida vai enfrentar o “made in USA” Eryk Anders, de 30 anos, que está invicto e desponta como favorito: paga R$ 1,36/R$ 1,00, contra R$ 3,26/R$ 1,00 da eventual vitória de Lyoto, que vai precisar usar e abusar da sua experiência para reverter este prognóstico de derrota.

Os horários das lutas não são fixos, mas os cards (preliminar e principal) do UFC Belém estão aqui, com as cotações do Oddsshark.com:

Sábado, 3 de fevereiro

Deiveson Figueiredo (R$ 1,62) x Joseph Morales (R$ 2,30)

Maia Stevenson (R$ 3,50) x Polyana Viana (R$ 1,30)

Alan Patrick (R$ 1,45) x Damir Hadzovic (R$ 2,80)

Douglas Silva de Andrade (R$ 2,20) x Marlon Vera (R$ 1,77)

Iuri Alcântara (R$ 2,00) x Jose Soto (R$ 1,80)

Sergio Moraes (R$ 2,62) x Tim Means (R$ 1,53)

Domingo, 4 de fevereiro

John Dodson (R$ 1,66) x Pedro Munhoz (R$ 2,25)

Lyoto Machida (R$ 3,26) x Eryk Anders (R$ 1,36)

Michel Prazeres (R$ 1,66) x Desmond Green (R$ 2,25)

Thiago Marreta Santos (R$ 1,36) x Anthony Smith (R$ 3,25)

Timothy Johnson (R$ 2,50) x Marcelo Golm (R$ 1,57)

Valentina Shevchenko (R$ 1,16) x Priscila Pedrita Cachoeira (R$ 5,50)

Comentários