Brasileiros precisam suar a camisa na estreia da Sul-Americana

  • por Doentes por Futebol
  • 3 Anos atrás
Equipes do Brasil têm jogos considerados bem complicados contra times tradicionais já na primeira fase do torneio continental

 

Por um bom tempo, os times brasileiros não se importavam muito com a Copa Sul-Americana, considerada hoje o segundo torneio de clubes da América do Sul. Isso mudou desde o momento que o título da competição passou a dar vaga na Taça Libertadores da América. Sem falar também que o primeiro lugar recebe US$ 2,5 milhões, aproximadamente R$ 8,2 milhões, e o vice leva US$ 1,2 milhões, o que dá cerca de R$ 4 milhões. Assim é difícil não ligar para o competição, não é?

Na edição de 2018, até o momento, o Brasil está com seis participantes. Esse número pode aumentar, já que os terceiros colocados da fase de grupos da Libertadores migram para a Sul-Americana mais tarde. Opções de apostas de futebol no Oddsshark.com não irão faltar.

A primeira data das partidas de ida da primeira fase em que teremos os brazucas em ação vai ser no dia 11 de abril. Às 19h15, horário de Brasília, no Nuevo Gasómetro, o Atlético Mineiro encara o San Lorenzo, da Argentina. Mais tarde, às 21h45, também fora de casa, o Bahia viaja até a Bolívia, onde tem o desafio diante do Blooming, e o Fluminense joga com os bolivianos do Nacional Potosí, possivelmente no Maracanã.

Já no dia 12 de abril, será a vez de Atlético Paranaense, São Paulo e Botafogo entrarem em campo. Meu amigo, paranaenses e paulistanos têm pela frente duas pedreiras argentinas de tirarem o fôlego. Prepare o coração. O Furacão desafia na Arena da Baixada o Newell’s Old Boys, às 19h15, enquanto que às 21h30, o Tricolor do Morumbi encara o Rosario Central longe de casa, na terra do tango.

Os alvinegros da Estrela Solitária, que ano passado tiraram onda na Libertadores, agora buscam a boa campanha em outra competição internacional. A caminhada começa às 19h15, na cidade de Santiago, capital do Chile, contra o Audax Italiano.

Vale ressaltar que as partidas da Sul-Americana são disputadas em caráter eliminatório de ida e volta. Este torneio substituiu, em 2002, as copas Conmebol e Mercosul. Em 16 edições, os argentinos faturaram 8 títulos e os brasileiros 3, estes com Internacional (2008), São Paulo (2012) e Chapecoense (2016). Os recordistas de troféus são o Boca Juniors (2004 e 2005) e o Independiente (2010 e 2017), ambos os clubes da Argentina.

Jogos desta semana

A partir desta terça-feira, 6 de março, teremos 11 jogos de volta da primeira fase. Às 19h15, horário de Brasília, os bolivianos do San Jose, cotados em R$ 1,80, recebem a visita dos equatorianos do El Nacional, que pagam R$ 4,15, segundo dados do Oddsshark.com. No duelo de ida, a equipe do Equador levou a melhor e venceu por 3 a 2. Horas depois, às 21h45, serão realizados mais dois jogos. O Caracas, da Venezuela, com R$ 2,65, construiu uma pequena vantagem ao vencer o Everton no Chile por 2 a 1, e agora busca a vaga em casa. Surpreendentemente, os chilenos têm uma cota mais baixa, ou seja, são os favoritos. Eles podem render R$ 2,60 a cada real aplicado por você. Na cidade argentina de Santa Fe, o time da casa, o Colón espera confirmar a classificação contra o Zamora, da Venezuela, pois levou a melhor no primeiro jogo e venceu por 2 a 0. Os anfitriões pagam R$ 1,32 e os visitantes R$ 10,00.

07/03

Na quarta-feira, clubes mais conhecidos e que participaram da Libertadores no ano passado vão estar em ação. Ás 19h15, o Barcelona de Guayaquil, do Equador, pega o General Díaz, em Luque, no Paraguai. Por enquanto, a eliminatória está empatada em 0 a 0. A tendência é que os Toreros, como são chamados os torcedores do time equatoriano, rentabilizem R$ 2,25, mesmo estando longe de casa. Ao mesmo tempo, o CA Cerro, do Uruguai, que paga R$ 1,36, estará defrontando o Sport Rosario, do Peru. Este encontro é outro que ficou em um empate sem gols.

Às 21h45, mais dois jogos. Os hermanos do Lanús, vice-campeões da Libertadores de 2017, encaram um compromisso bem encardido pela frente. Sorte que eles fizeram 4 a 2 na ida. Os argentinos pegam os peruanos do tradicionalíssimo Sporting Cristal. De acordo com o Oddsshark.com, a primeira equipe está com o seu valor estimado em R$ 3,00, contra R$ 2,25 do adversário. No Equador, o Deportivo Cuenca, com R$ 1,71, precisa se lançar ao ataque, pois os paraguaios do Sporting Luqueño estão na vantagem depois de terem vencido por 2 a 0.

08/03

Já na quinta-feira, para fechar a semana, às 19h15, o desconhecidíssimo Mineros de Guayana, da Venezuela, pega o Nacional, do Paraguai, com um leve favoritismo que paga R$ 2,55. O duelo está empatado em 0 a 0. Simultaneamente, os uruguaios do Rampla Juniors, na desvantagem de 2 a 0, agora jogam diante de sua torcida contra o UTC, do Peru. Uma vitória visitante rende sensacionais R$ 7,50.

Tradicional na Colômbia, mas há anos sem ser protagonista, o América de Cali, cotado em R$ 2,15, quer usar a Copa Sul-Americana para voltar aos bons momentos. Em casa, os Los Diablos entram em campo às 21h45 perante o Defensa y Justicia, da Argentina. Em fevereiro, os colombianos triunfaram com o placar de 1 a 0, em Buenos Aires. Outro mata-mata que está igualado sem gols é entre Unión Española, do Chile, e Sport Huancayo, do Peru. Um novo empate rende R$ 3,40 por 1.

Confira as cotas dos jogos desta semana da Copa Sul-Americana:

Terça-feira (6 de março)

19h15 – San Jose (R$ 1,80) x (R$ 4,15) El Nacional. Empate: R$ 3,45

21h45 – Caracas FC (R$ 2,65) x (R$ 2,60) Everton. Empate: R$ 3,10

21h45 – Colón (R$ 1,32) x (R$ 10,00) Zamora. Empate: R$ 4,40

Quarta-feira (7 de março)

19h15 – CA Cerro (R$ 1,36) x (R$ 9,50) Sport Rosário. Empate: R$ 4,15

19h15 – General Díaz (R$ 3,10) x (R$ 2,25) Barcelona. Empate: R$ 3,05

21h45 – Deportivo Cuenca (R$ 1,71) x (R$ 4,75) Sporting Luqueño. Empate: R$ 3,50

21h45 – Sporting Cristal (R$ 2,25) x (R$ 3,00) Lanús. Empate: R$ 3,25

Quinta-feira (8 de março)

19h15 – Rampla Juniors (R$ 1,50) x (R$ 7,50) UTC. Empate: R$ 3,80

19h15 – Mineros de Guayana (R$ 2,55) x (R$ 2,90) Nacional. Empate: R$ 3,00

21h45 – América de Cali (R$ 2,15) x (R$ 3,75) Defensa y Justicia. Empate: R$ 3,00

21h45 – Sport Huancayo (R$ 1,75) x (R$ 5,00) Unión Española. Empate: R$ 3,40

Comentários