Flamengo e Corinthians entram em campo na Libertadores loucos pela primeira vitória

  • por Victor Gandra Quintas
  • 3 Meses atrás

Rubro-negros visitam o Emelec, no Equador, e alvinegros recebem o Deportivo Lara

Depois da estreia do Vasco na fase de grupos da Taça Libertadores da América, Flamengo e Corinthians entram em campo nesta quarta-feira, 14 de março, pela segunda rodada do torneio. Cariocas e paulistanos necessitam da vitória para não se complicarem em suas chaves. Além dos dois times de maiores torcidas do Brasil, o dia terá também outros três jogos.

Emelec x Flamengo

Os rubro-negros desembarcam na cidade de Guayaquil, no Equador, sabendo que um resultado negativo diante o Emelec vai complicar e muito as suas pretensões no Grupo 4. O jogo acontece no Estádio George Capwell, às 21h45, horário de Brasília.

Na partida de estreia do torneio sul-americano, o Flamengo, sem torcida no Nilton Santos, empatou em 2 a 2 com o River Plate, da Argentina, enquanto que os equatorianos também ficaram na igualdade, só que de 1 a 1, contra o Independiente Santa Fe, na Colômbia. No momento, todas as quatro equipes estão com apenas um ponto ganho no grupo.

O treinador Paulo Cesar Carpegiani não poderá contar com o zagueiro Réver, que vem sentindo dores no tornozelo direito. Sendo assim, Rodolpho entra no lugar do companheiro, e formará a dupla de zaga com o experiente Juan. O “Mais Querido” chega para este compromisso fora do Rio pressionado. A equipe não tem convencido o seu torcedor com um futebol bem fraco. No último sábado, derrota fora de casa, por 1 a 0, com o time misto diante do Macaé pela quinta rodada da Taça Rio – o segundo turno do Campeonato Carioca.

Em conversa com os jornalistas, Rodolpho falou sobre o compromisso de meio de semana. “É um jogo fundamental fora de casa. Temos que ir para ganhar. Infelizmente empatamos em casa. Vamos buscar a vitória. Temos que ter a sabedoria de chegar lá e fazer um bom jogo”, disse.

Do outro lado do confronto, os Azules chegam para o desafio com os cariocas estando invictos há 9 partidas, sendo 8 vitórias e 1 derrota. No último dia 10, triunfo em casa de 4 a 1 sobre o Deportivo Cuenca pelo campeonato nacional. No George Capwell, o revés mais recente foi no dia 6 de julho de 2017, no 1 a 0 para o San Lorenzo, da Argentina, pela própria Libertadores. Abre o olho, Mengão!

Ao longo da história, Flamengo e Emelec se enfrentaram em quatro oportunidades. Os brasileiros venceram três jogos e os equatorianos apenas um. O duelo mais recente foi na Libertadores de 2014, em Guayaquil. O Urubu levou a melhor e venceu por 2 a 1.

Para esta semana, de acordo com os números do Oddsshark.com para você fazer as suas apostas de futebol, o favoritismo é do Emelec, cotado em R$ 2,35 a cada real aplicado. O Flamengo, se voltar ao Rio de Janeiro com os três pontos na bagagem, rende R$ 3,00.

Corinthians x Deportivo Lara

Depois de empatar sem gols com o Millonarios, em Bogotá, na Colômbia, a galera da Fiel tem a oportunidade de conseguir a sua primeira vitória na Libertadores de 2018. Mas é preciso ter cuidado, pois os venezuelanos do Deportivo Lara bateram o tradicionalíssimo Independiente, da Argentina, por 1 a 0. Não creio que eles vão surpreender na Arena Itaquera, às 21h45, porém sabe como é futebol, não é? Toda a atenção é pouca.

O Corinthians é o vice-líder do Grupo 7 com um ponto. No encontro com o Lara, além de pagar R$ 1,14, contra R$ 16,00 do adversário, os paulistanos podem se aproximar da marca de 200 gols na Libertadores. Atualmente, a conta está em 113 jogos disputados, sendo 196 gols marcados e 111 levados. Vale lembrar que ao longo de sua história, o Timão soma 14 participações no torneio continental. Se, por acaso, os corintianos vencerem pelo placar de 4 a 0, a cota a ser paga é de R$ 9,50 por 1 no Oddsshark.com.

Falamos nos parágrafos acima que os brasileiros devem ter cuidado com o clube da Venezuela, certo? Atuando como visitante, o Deportivo Lara está invicto há cinco partidas.

Bolívar x Colo-Colo

Pelo Grupo 2, no segundo lugar, com 1 ponto ganho, o Bolívar vem de um empate de 1 a 1 diante do Delfin, do Equador, fora de casa. Agora, na temida altitude de La Paz, a La Academia tem pela frente os chilenos do Colo-Colo, que perderam na estreia por 1 a 0, na Colômbia, para o Atlético Nacional. O El Colo ocupa a lanterna de sua chave, sem pontuação.

Perante os próprios torcedores, o Bolívar está com o retrospecto de 3 resultados positivos, 1 negativo e 1 empate, nos cinco jogos mais recentes. O Colo-Colo, por sua vez, fora de seus domínios tem 2 derrotas e 2 vitórias. Os mandantes pagam R$ 1,37, e os visitantes, R$ 7,50.

Atlético Nacional x Delfin

Ainda pelo Grupo 2, os líderes do Atlético Nacional jogam em casa para manter o 100% de aproveitamento. Cotados em R$ 1,22, os Verdolagas são favoritos para ficaram com a vitória. Se a zebra passear em Medelín, o valor de retorno cresce e muito: R$ 12,00 a cada real aplicado. Quem agora comanda o Atlético é o treinador argentino Jorge Almiron, vice-campeão da Libertadores em 2017 com o Lanús, também da Argentina. O Delfin é o terceiro colocado da chave.

Estudiantes x Real Garcilaso

Clube tradicional da Argentina, o Estudiantes, do presidente e ex-jogador Verón, estreou no torneio com um empate sem gols na capital uruguaia de Montevidéu, contra o Nacional. A igualdade deixou os hermanos na vice-liderança do Grupo 6, estando atrás justamente do Real Garcilaso, do Peru. Em casa, os peruanos fizeram um bom triunfo de 2 a 0 sobre o Santos, do Brasil.

Agora, o Garcilaso não contará com a altitude de 3.400 metros de Cuzco como aliada. Este é um fator bem importante e decisivo. Concorda? Sendo assim, o Estudiantes pode desenvolver melhor o seu futebol no Estádio Ciudad de La Plata. Ainda conforme o Oddsshark.com, os donos da casa rentabilizam R$ 1,16, contra R$ 14,00 por 1 dos visitantes.

Confira os jogos da Libertadores da América 2018

Terça-feira (13 de março)

19h15 – Atlético Tucumán (R$ 2,07) x (R$ 4,12) Libertad. Empate: R$ 3,30

21h30 – Cerro Porteño (R$ 1,87) x (R$ 4,10) Defensor Sporting. Empate: R$ 3,15

21h30 – Vasco (R$ 1,64) x (R$ 5,25) Universidad de Chile. Empate: R$ 3,40

Quarta-feira (14 de março)

19h15 – Estudiantes (R$ 1,16) x (R$ 14,00) Real Garcilaso. Empate: R$ 6,25

19h15 – Bolívar (R$ 1,37) x (R$ 7,50) Colo-Colo. Empate: R$ 4,30

21h45 – Atlético Nacional (R$ 1,22) x (R$ 11,00) Delfin. Empate: R$ 5,00

21h45 – Emelec (R$ 2,30) x (R$ 3,00) Flamengo. Empate: R$ 3,05

21h45 – Corinthians (R$ 1,14) x (R$ 16,00) Deportivo Lara. Empate: R$ 6,25

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).