Libertadores: Vasco sabe que estrear com vitória no Grupo 5 contra Universidad de Chile é essencial

  • por Doentes por Futebol
  • 2 Anos atrás

Além dos chilenos, cruzmaltinos também têm Racing e Cruzeiro pela frente

Finalmente, os vascaínos agora podem focar totalmente os seus pensamentos e esforços na Universidad de Chile, o primeiro adversário do Grupo 5 da Taça Libertadores da América. A estreia cruzmaltina na fase de grupos acontece nesta terça-feira, dia 13 de março, às 21h30, horário de Brasília, em São Januário, Rio de Janeiro. Vale lembrar que pela a mesma chave o Racing, da Argentina, bateu o Cruzeiro por 4 a 2 em Avellaneda.

Antes de entrarem em campo pelo principal torneio de clubes da América do Sul, o Gigante da Colina venceu, no último sábado, o Madureira pelo placar de 3 a 1 na quinta rodada da Taça Rio – o segundo turno do Campeonato Carioca.

Diante do Tricolor Suburbano em Boça Bonita, estádio situado em Bangu, na Zona Oeste, os vascaínos deram espaços e tiveram dificuldades para conter o adversário. Segundo o treinador Zé Ricardo, a La U é um time bastante qualificado, e os seus comandados não podem repetir os erros.

“A Universidad de Chile possui uma equipe muito rápida e experiente. Já definimos o esquema que iremos jogar, mas ainda temos dois dias para trabalhar. O certo é que será um grande jogo, até porque a La U atua sempre buscando o ataque, com intensidade e velocidade. Temos que estar atentos aos detalhes. Fizemos uma análise grandiosa dos últimos jogos deles. Tomara que a gente consiga acertar na estratégia e dar um “start” na fase de grupos com vitória. Estamos bem preparados. O que tínhamos que fazer, já fizemos. Que a nossa torcida compareça e transforme São Januário em um caldeirão.”

Nas fases pré-grupos, o time de São Januária despachou o Universidad Concepción, do Chile, e o Jorge Wilstermann, da Bolívia. Atualmente, a formação chilena conta com um jogador bem conhecido dos cariocas. O zagueiro Rafael Vaz, ex-Flamengo e Vasco. Ao que tudo indica, o defensor de 29 anos será titular na Colina. A última vez que os universitários estiveram dentro das quatro linhas foi na vitória de 2 a 0 sobre o Antofagasta no dia 4 de março. Na liga local, a La U faz uma boa campanha, estando na vice-liderança com 12 pontos em 5 jogos disputados.

Em termos de apostas de futebol, o Vasco é apontado como favorito pelo Oddsshark.com. Uma vitória dos anfitriões está cotada em R$ 1,64, contra R$ 5,25 dos visitantes. Vamos subir estes valores? Um triunfo do clube da colônia portuguesa no primeiro tempo de partida paga R$ 2,25.  Já o resultado positivo da Universidad de Chile no mesmo período rende R$ 5,75.

Estes times do Brasil e do Chile estiveram cara a cara em outras duas oportunidades. Os confrontos foram válidos pelas semifinais da Copa Sul-Americana de 2011. No primeiro jogo, disputado no Rio, empate de 1 a 1. Em Santiago, 2 a 0 para os mandantes. Na ocasião, os chilenos tinham um timaço e conquistaram o segundo torneio de clubes da América do Sul. Um de seus jogadores era o atacante Eduardo Vargas, hoje no Tigres, do México.

Mais jogos desta terça-feira

Às 19h15, horário de Brasília, pelo Grupo 3, os argentinos do Atlético Tucumán encaram os paraguaios do Libertad no Estádio Monumental José Fierro. Nossos hermanos fazem uma campanha mediana na Superliga, com 25 pontos, ocupando o 15º lugar da tabela de classificação. Do outro lado do embate, os alvinegros, considerados a terceira força de seu país atrás dos tradicionais Cerro Porteño e Olímpia, são o terceiro colocado da competição nacional do Paraguai, com 11 pontos em 6 duelos.

Uma das características de argentinos e paraguaios é que eles chegam para este confronto depois de duas derrotas para Talléres, por 3 a 1, e Sol de América, pelo placar de 2 a 1, respectivamente. Novamente de acordo com o Oddsshark.com, o Atlético Tucumán pode gerar para você R$ 2,07 a cada real aplicado, e o Libertad, R$ 4,12.

Mais tarde, às 21h30, Cerro Porteño e Defensor Sporting, do Uruguai, disputam a segunda partida de cada clube na Libertadores. Na primeira rodada, os paraguaios derrotaram o Monagas, da Venezuela, por 2 a 0, fora de casa, enquanto que os uruguaios ficaram no 1 a 1 com os gremistas, atuais campeões continentais. No Grupo 1, o Cerro é o líder com 3 pontos, e a La Viola vem no terceiro lugar da chave. Grêmio e Monagas duelam apenas no dia 4 de abril em Porto Alegre.

Ainda conforme os números do Oddsshark.com, o favoritismo está com o Cerro Porteño, que dá o retorno de R$ 1,87 por 1. O Defensor paga R$ 4,10, enquanto que o empate está avaliado em R$ 3,15.

Confira os jogos da Libertadores da América 2018

Terça-feira (13 de março)

19h15 – Atlético Tucumán (R$ 2,07) x (R$ 4,12) Libertad. Empate: R$ 3,30

21h30 – Cerro Porteño (R$ 1,87) x (R$ 4,10) Defensor Sporting. Empate: R$ 3,15

21h30 – Vasco (R$ 1,64) x (R$ 5,25) Universidad de Chile. Empate: R$ 3,40

Comentários