Para apostadores, empate entre Corinthians e Palmeiras no 1º duelo da final do Paulistão é o melhor resultado

  • por Doentes por Futebol
  • 2 Anos atrás

         Alvinegros e alviverdes se encontram na tarde deste sábado, na Arena Itaquera

As embaixadinhas do Edílson no fim da partida e a pancadaria generalizada dentro do campo do Estádio do Morumbi marcaram para sempre o Campeonato Paulista de 1999. Quem não se lembra desse clássico entre Corinthians e Palmeiras? Este jogo foi a última final de Estadual entre alvinegros e alviverdes. Na ocasião, o título ficou com a Fiel. A partir deste sábado, 31 de março, às 16h30, horário de Brasília, os palmeirenses têm a oportunidade de começarem a dar o troco, claro que futebolisticamente falando, sem violência, minha gente.

A decisão coloca em campo o atual campeão estadual, o Timão, e o clube com maior poder de investimentos no Brasil, o Porco, considerado o melhor elenco do nosso futebol na atualidade. Não tenha dúvidas que acompanharemos dois grandes jogos. Novamente, a maior rivalidade de São Paulo vai sendo reconstruída a nível de finais. Aproveite a oportunidade para lucrar com as apostas de futebol no Oddsshark.com.

Campanhas

Tanto corintianos quanto palmeirenses conseguiram as suas classificações para o mata-mata com a primeira colocação de suas chaves. No Grupo A, o Todo Poderoso conquistou 23 pontos, tendo 7 resultados positivos, 3 negativos e 2 empates, além de 17 gols a favor e 8 contra. Nas eliminatórias, os alvinegros passaram pelo Bragantino com o revés de 3 a 2 e o triunfo de 2 a 0. Nas semifinal foi a vez de encarar mais uma rivalidade, agora com o São Paulo, que vinha sendo freguês nos últimos anos. Derrota de 1 a 0 no Morumbi e vitória pelo mesmo placar na Arena, com a classificação vindo nos pênaltis.

Já o Verdão fez uma primeira fase bem sólida no Grupo C, com 26 pontos. Foram 8 vitórias, 2 empates e 2 derrotas, juntamente com 19 gols marcados e 8 sofridos. Nas quartas de final, o antigo Palestra Itália atropelou o pequeno Novorizontino sem dó e piedade, fazendo 8 gols no agregado. Assim como o próximo rival, os palmeirenses também tiveram que encarar um oponente de peso nas semis. Contra o Santos, 1 a 0, a favor na ida, e derrota de 2 a 1 na volta, com a vaga garantida nas penalidades.

Destaques e desfalques

Igual aconteceu no meio da semana, o técnico Fábio Carille deve continuar tendo que quebrar a cabeça para montar o time que entra em campo. Isso porque o meia Jadson, ausência nas últimas seis partidas, segue se recuperando de uma lesão na coxa direita e é dúvida. Quem viveu situação semelhante a de Jadson é o volante Renê Junior, que sofreu há três semanas um problema muscular na coxa esquerda. Ele pode aparecer no banco de reservas. O atacante Kazim pode ganhar uma oportunidade no ataque.

A grande sensação corintiana no momento tem nome: Rodriguinho. O meio-campista foi responsável por balançar a rede são-paulina nos acréscimos, dando sobrevida ao seu time. Este atleta, além de ser um grande maestro dentro de campo, tem 3 gols em 14 jogos. Muitos torcedores nem sabem, mas Rodriguinho entrou em campo na quarta-feira passada não estando 100% fisicamente.

É inevitável deixarmos de falar também que a grande força do Alvinegro está no elenco, diferentemente do Alviverde, que conta com diversos nomes mais qualificados, de maior reconhecimento. O atacante colombiano Borja está de volta ao clube depois de defender a sua seleção nos amistosos da Data FIFA. O gringo é o artilheiro do Campeonato Paulista com seis gols.

É até difícil citar todos os destaques do Palmeiras, são muitos. Por isso, decidi escolher, além do Borja, como comentamos no parágrafo anterior, o goleiro Jailson. O defensor vem se destacando tanto que muitos torcedores e analistas esportivos pedem a sua convocação para a Copa do Mundo da Rússia. Concorda? Ainda tem o atacante Keno, que balançou as redes adversárias por quatro vezes na atual temporada.

Palpites do OddsShark

Olha, vou confessar uma coisa: escolher um time para palpitar não é fácil, não. Isso porque o Palmeiras atuando como visitante tem o retrospecto de quatro vitórias e uma derrota nos últimos jogos, enquanto que o Corinthians em casa, neste período, está invicto. Como faz? Bom, vamos recorrer para os duelos diretos.

Os corintianos, que não perdem para os palmeirenses há duas partidas, tem o seu valor de investimento cotado em R$ 2,51 no Oddsshark.com. O Alviverde paga um pouco mais, R$ 2,64. Outra questão interessante é que, tirando o fato de ser uma decisão, a arbitragem polêmica do derby do dia 24 de fevereiro, na Arena, no 2 a 0 para os alvinegros, dá um gás a mais ao clube de origem italiana para vencer.

Histórico de confrontos diretos

O embate entre Palmeiras e Corinthians é considerado um dos maiores do Brasil e até mesmo do mundo em termos de rivalidade. Este clássico já até virou tema de filme: “O casamento de Romeu e Julieta”, estrelado pelos atores Marcos Ricca e Luana Piovani. Se não assistiu ainda, assista.

Em 301 jogos, os palmeirenses levaram uma pequenina vantagem, com 108 resultados positivos, 5 a mais que os corintianos. Empates foram registrados 91. Por outro lado, vale ressaltar que o Timão não perde para o Verdão desde 2016. O último triunfo verde foi no dia 17 de setembro: 2 a 0, na Arena Itaquera. Para o fim de semana, qual é o seu palpite no Oddsshark.com?

Confira as cotas da partida da ida do Campeonato Paulista de 2018:

Sábado (31 de março)

16h30 – Corinthians (R$ 2,51) x (R$ 2,64) Palmeiras. R$ 3,10

Comentários