Pressionado, Santos precisa encarar jogo com Nacional pela Libertadores como final

  • por Doentes por Futebol
  • 2 Anos atrás

Santistas perderam na estreia do torneio para o Real Garcilaso no Peru

A semana de Libertadores da América se encerra nesta quinta-feira, 15 de março, com três jogos. Santos e Nacional, do Uruguai, fazem o duelo de tricampeões, além de precisarem muito dos três pontos para o restante do torneio. Vai sair faísca!

Santos x Nacional

A derrota de 2 a 0 para o Real Garcilaso, no Peru, na estreia do Grupo 6, trouxe a necessidade de o Santos só pensar na vitória dentro de casa contra o Nacional. O duelo das 19h15, horário de Brasília, não será na Vila Belmiro, mas no Pacaembu. Levando o jogo para a capital, a diretoria santista espera contar com um maior apoio dos torcedores.

Os donos da casa são tricampeões continentais (1962, 1963 e 2011), enquanto que os visitantes têm o mesmo número de conquistas (1971, 1980 e 1988). Em campo, teremos muita tradição, com promessa de um belo confronto.

O momento do Peixe não é dos melhores. O time do Rei Pelé vem de quatro derrotas, um empate e apenas uma vitória nas cinco últimas partidas disputadas.  Já o Tricolor derrotou o Defensor Sporting por 2 a 0, no Parque Central, pelo campeonato local. Na primeira partida desta Liberta, o Nacional não saiu do zero no jogo em Montevidéu com o Estudiantes, da Argentina. Um dos destaques dos nossos vizinhos é o zagueiro Diego Polenta, de 26 anos, especulado no Corinthians tempos atrás. Quem também veste a camisa dos albos é o lateral Fucile, que defendeu o Santos na temporada de 2012. Ele não deixou muitas saudades, não.

Ao que tudo indica, a provável escalação do Alvinegro Praiano deve ser a seguinte: Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Alison; Eduardo Sasha, Vecchio, Léo Cittadini e Rodrygo; Gabigol.

Em coletiva, o lateral Jean Mota falou sobre os pontos fortes do próximo adversário: “Trabalhamos a semana inteira com variações e tentando surpreender. É um time que cruza bastante. Vamos fechar os espaços para não ter os cruzamentos, são 32 cruzamentos nesta competição. Eles costumam usar o 4-4-2, linha baixa e usam bastante do contra-ataque.”

De acordo com os números disponibilizados pelo Oddsshark.com para você fazer as suas apostas de futebol, o favoritismo para o clássico sul-americano é do Santos, cotado em R$ 1,66 a cada real investido. A vitória do Nacional paga R$ 5,25. Em dois confrontos realizados entre estes dois clubes, foram dois empates. A partida mais recente foi na Libertadores de 2003, na Vila Belmiro. Na oportunidade, o placar ficou em 2 a 2.

O Santos é o lanterna do Grupo 6, e o Nacional ocupa a terceira colocação.

The Strongest x Peñarol

Grande rival do Nacional, o Peñarol faz a sua estreia na competição no mesmo dia e horário. Os carboneros visitam os bolivianos do The Strongest pelo Grupo 3. Na mesma chave, o Libertad, do Paraguai, derrotou o Atlético Tucumán, na Argentina, por 2 a 0, na terça-feira passada.

Fora a dificuldade imposta pelo The Strongest, que jogando na cidade de La Paz é muito forte, os uruguaios também vão enfrentar a temida altitude. Certamente são estes fatores que fazem os anfitriões renderem R$ 1,37, e os visitantes, R$ 8,00 por 1 no Oddsshark.com. Mas, também não podemos esquecer que o Peñarol não perde há cinco partidas longe de seus domínios. Em 2004, o Tigre, apelido da formação boliviana, levou a melhor ao vencer por 2 a 0, em casa.

O Peñarol é o vice-líder do Grupo 3, e o The Strongest vem uma posição depois.

Independiente x Millonarios

Maior vencedor da Libertados da América, com sete títulos (1964, 1965, 1972, 1973, 1974, 1975 e 1984), o Independiente protagonizou a maior zebra da primeira rodada. O Rey de Copas perdeu na Venezuela para o desconhecido Deportivo Lara por 1 a 0. Sendo assim, os hermanos não podem pensar em outra coisa que não seja a vitória. Às 21h30, o desafio é contra o Millonarios, da Colômbia, que empatou sem gols com o Corinthians.

Além de fazer do seu estádio um verdadeiro caldeirão vermelho, o Independiente tem que aproveitar que os colombianos vem de um retrospecto de somente uma vitória em cinco partidas.

Ainda conforme o Oddsshark.com, o triunfo do Independiente está com o seu valor de vitória avaliado em R$ 1,38, contra R$ 8,50. Os argentinos estão no último lugar do Grupo 7, e o Millionarios é o terceiro colocado.

Confira os jogos da Libertadores da América:

Terça-feira (13 de março)

19h15 – Atlético Tucumán (R$ 2,07) 0 x 2 (R$ 4,12) Libertad. Empate: R$ 3,30

21h30 – Cerro Porteño (R$ 1,87) 2 x 1 (R$ 4,10) Defensor Sporting. Empate: R$ 3,15

21h30 – Vasco (R$ 1,64) 0 x 1 (R$ 5,25) Universidad de Chile. Empate: R$ 3,40

Quarta-feira (14 de março)

19h15 – Estudiantes (R$ 1,16) 3 x 0 (R$ 14,00) Real Garcilaso. Empate: R$ 6,25

19h15 – Bolívar (R$ 1,37) 1 x 1 (R$ 7,50) Colo-Colo. Empate: R$ 4,30

21h45 – Atlético Nacional (R$ 1,22) 4 x 0 (R$ 11,00) Delfin. Empate: R$ 5,00

21h45 – Emelec (R$ 2,30) 1 x 2 (R$ 3,00) Flamengo. Empate: R$ 3,05

21h45 – Corinthians (R$ 1,14) 2 x 0 (R$ 16,00) Deportivo Lara. Empate: R$ 6,25

Quinta-feira (15 de março)

19h15 – Santos (R$ 1,66) x (R$ 5,25) Nacional. Empate: R$ 3,30

19h15 – The Strongest (R$ 1,37) x (R$ 8,00) Peñarol. Empate: R$ 4,35

21h30 – Independiente (R$ 1,38) x (R$ 8,50) Millonarios. Empate: R$ 4,15

Comentários