Para ser campeão , Cruzeiro precisa provar que tem um dos melhores times do Brasil

  • por Victor Gandra Quintas
  • 12 Meses atrás

Galo entra em campo na segunda partida da final do Estadual com a vantagem de poder perder pela diferença de um gol

No texto publicado na semana passada sobre a primeira partida da final do Campeonato Mineiro citei que de 2007 até 2017 foram disputados sete clássicos entre Cruzeiro e Atlético Mineiro na decisão estadual. A Raposa leva vantagem com quatro títulos (2008, 2009, 2011 e 2014), e o Galo tem três (2007, 2013 e 2017). Só que parece que o time alvinegro vai igualar esta disputa se depender do resultado da partida do último domingo. Em casa, na Arena Independência, os mandantes venceram por 3 a 1. Agora, eles podem perder por um gol de diferença, enquanto que a formação celeste necessita de uma vitória ou até mesmo uma derrota, desde que seja pela mesma diferença de gols pelo fato de ter feito uma campanha melhor na primeira fase.

O jogo do próximo domingo, 8 de abril, acontece agora no Mineirão, às 16h, com a torcida celeste em maioria – o oposto do que foi no Independência. Quer oportunidade melhor para fazer as suas apostas no Oddsshark.com?

Arma atleticana

Quem acompanha os treinamentos atleticanos na Cidade do Galo certamente vê o trabalho intensivo de bolas aéreas que o treinador Thiago Larghi faz com o seu elenco. Foi por meio deste tipo de jogada que saíram os três gols no último clássico, concidentemente todos dos pés do meio-campo Otero. Como boas opções de cabeceio podemos citar o atacante Ricardo Oliveira e o zagueiro Leonardo Silva. Do outro lado, o Cruzeiro vem encontrando muitas dificuldades para se defender contra este tipo de jogada, tanto que sofreu muito no duelo de ida.

Hora de mostrar que tem um dos melhores elencos do Brasil

Depois do Palmeiras, muitos analistas esportivos citam o Cruzeiro como um dos melhores elencos do nosso futebol, pelo menos no papel. Será mesmo? Bom, quando pegamos nome por nome que o treinador Mano Menezes tem a sua disposição, de fato, percebemos que ele conta com qualidade para trabalhar. Até a primeira partida da final, o clube de origem italiana estava invicto na competição estadual.

No gol, encontramos Fábio, considerado por muitas pessoas como injustiçado por não ser chamado para a seleção. Sem medo de arriscar, posso dizer que ele está no top 5 de goleiros brasileiros. A zaga conta com Dedé, Leo, Manoel e Digão. Nas laterais, Egídio e Edilson, ambos já foram campeões com Palmeiras e Grêmio, respectivamente.

No meio-campo, Mancuello chegou muito bem vindo do Flamengo nesta temporada, além de Robinho, Lucas Romero, De Arrascaeta e Ariel Cabral. No ataque, mesmo com o desfalque de Fred, que sofreu uma grave lesão nos ligamentos do joelho, os cruzeirenses têm nomes interessantes como Rafael Sobis, Sassá – apesar de polêmico e sem juízo –, e Rafael Marques. Ah, não podemos esquecer também do jovem Raniel. Mesmo com apenas 3 gols em 10 jogos no Mineiro, ele não costuma se esconder em momentos importantes.

Um time deste tem ou não condições de reverter a vantagem do adversário e conquistar o seu 37ª Campeonato Mineiro?

Palpites do Oddsshark

Assim como o Atlético fez três gols no rival, não é nada de outro mundo o Cruzeiro construir um placar largo. É clichê, mas é pura verdade que em clássico tudo pode acontecer. Se no fim de semana o favoritismo era do Galo, no próximo domingo, o menor valor é da Raposa, cotada em R$ 2,00, R$ 1,70 a menos que o adversário no Oddsshark.com. O empate paga o mesmo valor que o triunfo atleticano. A mesma quantia para dois resultados diferente é bom para você, que tem mais chances de lucrar.

Também é possível melhorar o seu retorno sabia? É só investir em qual time termina o primeiro tempo de jogo vencendo. As cotas são de R$ 2,60 e R$ 4,50 para Cruzeiro e Atlético Mineiro, respectivamente.

Histórico de confrontos diretos

 

Em 194 clássicos disputados, a Raposa conseguiu sair de campo com 66 resultados positivos, e o Galo, com 64. Empates foram 64. Em Minas está tudo muito equilibrado. O placar que mais se repetiu quando os cruzeirenses tiveram o mando de campo foi de 0 a 0, em 15 oportunidades. Qual vai ser o seu palpite nas apostas de futebol do Oddsshark.com para a partida decisiva?

Confira as cotas da partida de volta da final do Campeonato Mineiro de 2018:

 

Domingo (8 de abril)

16h – Cruzeiro (R$ 2,00) x (R$ 3,70) Cruzeiro. Empate: R$ 3,50

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).