As maiores zebras da Copa do Mundo

  • por Doentes por Futebol
  • 5 Meses atrás

Nem sempre as equipes favoritas da Copa do Mundo triunfam em todos os jogos, como todos sabemos, o futebol é uma caixinha de surpresas. A frase pode estar batida, mas reflete a realidade. Essa talvez seja uma das razões pelas quais o futebol seja amado por milhões de fãs ao redor do globo. Seja por sorte, alguma estratégia inteligente ou até mesmo por inspiração, times azarões podem fazer seu nome derrubando as melhores equipes. Muitos apostadores se aproveitam deste fato para ganhar grandes premiações, já que apostar na vitória de algum azarão pode trazer um alto retorno.

Você pode estar se perguntando: É possível apostar na Copa do Mundo com o Sportingbet? Sim, há diversas opções de apostas no site, para jogos a serem disputados na Rússia. Pode ser uma boa oportunidade de apostar em seleções menores, já que na história das Copas do Mundo o peso e tradição da camisa não são tudo. E a cada quatro anos, potências do futebol são surpreendidas por seleções nacionais de menor expressão no esporte. Por isso, preparamos uma lista com as maiores zebras da Copa do Mundo, assim, você pode ter uma ideia de tudo que já rolou de inusitado no mundial.

Argentina 0 x 1 Camarões

Campeã na Copa de 1986, a Argentina tinha o objetivo de defender seu título no campeonato disputado na Itália. Porém, no jogo de estreia, Oman-Biyik marcou o único gol da partida disputada no San Siro. Mesmo com dois jogadores a menos na equipe camaronesa e com a presença de Maradona, a Argentina não foi capaz de reverter o placar.

 

França 0 x 1 Senegal

O cenário: jogo de abertura da Copa da Mundo de 2002, sediada pelo Japão e Coréia do Sul. Em sua primeira participação em mundiais, a seleção do Senegal conseguiu bater a equipe francesa. Àquela época, a França vinha de grandes resultados: fora campeã da Copa do Mundo em 1998, Eurocopa em 2000 e Copa das Confederações em 2001. Foi uma ótima estreia dos africanos, que avançaram até as quartas-de-final, sendo eliminados pela Turquia.

 

Itália 1 x 1 Nova Zelândia

Apesar de não ter vencido, a Nova Zelândia conseguiu um resultado surpreendente. Jogando com seu time semi-profissional, abriu o placar contra a Squadra Azzurra e cedeu o empate apenas aos 83 minutos de jogo. Surpreendentemente, a Nova Zelândia foi a única equipe a deixar a Copa do Mundo da África do Sul invicta, empatou todas as suas partidas. A Itália continuou a decepcionar e, com dois empates e uma derrota, foi a última colocada do grupo F.

 

Itália 0 x 1 Coreia do Norte

Em seu terceiro jogo da fase de grupos da Copa do Mundo de 1966, disputada na Inglaterra, a Itália necessitava de apenas uma vitória sobre os asiáticos para garantir a sua classificação para as finais do torneio. O gol de Park Doo-ik encerrou a participação dos italianos e levou a Coreia do Norte para as quartas-de-finais. Contra a seleção de Portugal, quase foram protagonistas de outro resultado inesperado. A equipe norte coreana abriu 3 gols no placar sobre os lusitanos, mas foram eliminados pela seleção de Portugal (5×3), cujo principal nome era o de Eusébio, em uma virada espetacular.

 

Brasil 1 x 2 Uruguai

O fatídico Maracanaço. Talvez não possamos considerar esta partida com uma grande zebra da história, mas sim como um grande desapontamento para os torcedores brasileiros. Foi a primeira Copa do Mundo com sede no Brasil. O Maracanã, estádio da final, havia sido construído por conta deste evento. Além disso, 200 mil pessoas se faziam presentes no estádio para testemunhar esta partida. O primeiro gol da partida foi marcado por Friaça, que abriu o placar a favor da seleção brasileira. Aos 21 minutos do segundo tempo Schiaffino deixa tudo igual e, aos 34 minutos, Ghiggia emudeceu o público e garantiu o título para o time Celeste.

Comentários