Defesa vulnerável do favorito Atlético de Madrid dá esperanças ao Olympique de Marselha na final da Liga Europa

  • por Victor Gandra Quintas
  • 5 Meses atrás

         Decisão europeia acontece na tarde desta quarta-feira em Lyon

Inaugurado no dia 9 de janeiro de 2016, o Parque Olímpico de Lyon, situado no leste da França, viverá nesta quarta-feira, 16 de maio, o seu dia mais importante a nível de clubes até o momento. Atlético de Madrid e Olympique de Marselha brigam pela título da Liga Europa a partir das 15h45, horário de Brasília.

Olympique de Marselha

A distância de Lyon para Marselha é de aproximadamente 316 km, o que na prática significa nada para os torcedores marselheses. Eles estão alucinados e ansiosos para verem o seu time do coração em uma decisão continental, fato que não acontece desde 2004, quando perderam a final da Copa UEFA para o Valencia por 2 a 0, em Gotemburgo, na Suécia. Vale mais que o título, vale o renascimento do único clube francês que possui uma “Orelhuda” da Liga dos Campeões, conquistada diante do Milan, com o placar de 1 a 0, em 1993, no Olímpico de Berlim, na Alemanha.

Os comandados de Rudi Garcia chegam para a decisão com um histórico de 5 resultados positivos, 2 negativos e 3 empates nas 10 partidas mais recentes. Interessante é que em apenas 2 oportunidades eles não sofreram gols:  na vitória de 2 a 0 sobre o Salzburg, dia 26 de abril, e no empate de 0 a 0 com o Montpellier, ocorrido em 8 de abril. Ainda vivos na disputa por uma vaga direta na próxima fase de grupos da Liga dos Campeões via Ligue 1, os Les Olympiens, na quinta colocação, vacilaram ao empatarem em 3 a 3 com o Guingamp, 11º posicionado da tabela, fora de casa. O detalhe é que os visitantes chegaram a abrir 2 a 0, e deixaram os anfitriões virarem. É este tipo de situação que não pode ocorrer no meio da semana.

Como já citamos em outros textos e não podemos deixar de falar novamente, o principal nome do Olympique é o meia-atacante Florian Thauvin, de 25 anos. Autor de 26 gols na temporada, sendo 22 na Ligue 1 e 4 na Liga Europa, ele está embaladíssimo para fazer a alegria da torcida. No embate do fim de semana, dos 3 gol marcados pelo Marselha, 2 foram dele. Eu arriscaria que é bem provável este atleta receber propostas de transferência na janela de verão do mercado europeu. Quem sabe o Paris Saint-Germain não se interessa, não é? Foi assim com o atacante Kylian Mbappé, antes destaque do Mônaco.

Uma vitória qualquer está avaliada nas casas de apostas de futebol em R$ 6,00 por 1 a cada real aplicado por você, segundo indica os números disponibilizados pelo Oddsshark.com.  O triunfo sendo conquistado por meio da prorrogação, assim como foi na semifinal com os austríacos do RB Salburg, deixam a cota extremamente atraente, rendendo R$ 23,00. Já pensou, você aplica apenas R$ 10,00 e fica com R$ 230,00? Nas disputas de pênaltis, a quantia cai para R$ 13,00 por 1.

Das 10 últimas partidas, o Marselha foi para o intervalo na frente do marcador em 5 ocasiões e o Atlético empatou 7 vezes se só olharmos a etapa complementar. Sendo assim, o que acha de investir nas repetições de ambas as situações, ganhando R$ 17,00?

A princípio, a formação de Rudi Garcia deve ser a seguinte no 4-2-3-1: Pelé; Sakai, Rolando, Luiz Gustavo, Amavi; Sanson, Anguissa, Ocampos, Thauvin, Payet; Mitroglou.

Atlético de Madrid

Dono de duas taças da Liga Europa, conquistadas em 2009/2010 e 2011/2012, os rojiblancos são considerados extremamente favoritos para o tricampeonato, tanto que estão cotados em R$ 1,61, indica o Oddsshark.com. Porém, um detalhe pode pesar e ser importante. O enérgico e vibrante Diego Simeone não estará comandando a sua equipe na beira do campo. O treinador argentino foi punido pela UEFA com suspensão por ter sido expulso na partida de ida da semifinal com o Arsenal em Londres. Na ocasião, dia 26 de abril, o placar foi de 1 a 1. Ele, que foi penalizado com 4 jogos, tendo 1 já cumprido, tentou entrar com recurso, porém, o pedido foi negado.

Na vitória sobre o Getafe, longe do Wanda Metropolitano, no 1 a 0, sábado passado, os colchoneros não pouparam jogadores, igual ao Olympique de Marselha. Bom é que os dois finalistas pisarão no gramado com a mesma condição física, pelo menos aparentemente. Podemos ter uma surpresa. O lateral Filipe Luís, recuperado de uma grave lesão que o deixou de molho por cerca de dois meses, vem entrando nas partidas da La Liga e pode ser um trunfo.

Quem também pode desequilibrar, assim como Thauvin do outro lado da finalíssima, é o atacante francês Antoine Griezmann, de 27 anos, com 27 gols feitos no decorrer das competições. Há 2 jogos, ele não balança as redes adversárias. Chegou a hora de acabar com o pequeno jejum. Nas últimas 10 apresentações madrileñas foram 4 vitórias, 3 empates e 3 derrotas, além de apenas 5 gols anotados e 8 levados. Na segunda competição de clubes mais importante do Velho Continente, foram 17 gols marcados e 4 sofridos. Oblak, Godín, Gimenez e Juanfran sempre foram considerados um exemplo de defesa. O que vem acontecendo?

Novamente de acordo com o Oddsshark.com, se os dos times fizerem gols, algo bem possível, como vimos, eles darão o retorno de R$ 2,10. O oposto é R$ 1,66 por 1. As vitórias por meio da prorrogação ou dos pênaltis rendem R$ 9,00 e R$ 12,00, respectivamente.

Na formação 4-4-2 tradicional, Simeone deve optar pela seguinte escalação: Oblak; Vrsaljko, Savić, Godín, Lucas; Correa, Saúl, Gabi, Koke; Griezmann e Diego Costa. Nos resta aguardar!

Histórico de confrontos e mais números

Ao longo da história, foram registrados apenas dois duelos oficiais entre espanhóis e franceses. Neste curtíssimo retrospecto, os embates foram válidos pela Liga dos Campeões em 2008, com uma vitória espanhola por 2 a 1, em Madrid, e um empate sem gols na cidade de Marselha. Na Liga Europa, o Atlético, que veio do terceiro lugar dos grupos da Champions, obteve 6 triunfos, 1 revés e 1 empate, enquanto que o Olympique ficou com 7 vitórias, 2 empates e 5 derrotas.

Quem mais serviu os companheiros para gol em todo o torneio até agora foi o meio-campista Payet, atleta marselhês, com 10 assistências. O time de Rudi Garcia foi o que mais cartão vermelho tomou, sendo 2.

Confira as cotas da final da Liga Europa:

Quarta-feira (16 de maio)

15h45 – Olympique de Marselha (R$ 6,00) x (R$ 1,61) Atlético de Madrid. Empate: R$3,60

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).