Destaques do Almagro são indicações de reforços para os brasileiros

  • por Michel Corbacho
  • 20 Dias atrás

O Almagro, dirigido pelo ex-jogador Sebastian Battaglia, é uma das melhores equipes da divisão de acesso do futebol argentino. O clube conseguiu a primeira colocação, com 41 pontos conquistados, ao lado do Aldosivi.

Na Argentina não interessa os números de saldo de gols para desempate, mas sim unicamente os pontos conquistados. Assim, o Aldosivi (41 pontos e 08 gols de saldo) venceu na partida desempate contra o Almagro (41 pontos e 15 gols de saldo) por 3 a 1 e já garantiu o regresso para a Superliga Argentina, divisão elite do futebol portenho.

O Almagro vai disputar a segunda vaga para o acesso e pode ter principais rivais como candidatos o Atlético Rafaela e o Instituto de Córdoba. Apesar disto, o Almagro apresenta um futebol de qualidade, muito em função de algumas peças do sistema ofensivo da equipe.

Em busca de reforços para a sequência da disputa do Campeonato Brasileiro e outras competições paralelas, os clubes daqui podem ficar de olho em alguns destaques do Club Almagro de Seba Battaglia.

Os principais destaques estão presentes a partir do meio de campo da equipe. Lucas Piovi, Ariel Chávez, Matías Ruíz Sosa e Alan Bonansea são os grandes responsáveis pelo sucesso do Almagro dentro das quatro linhas.

Leia também: Lautaro Martínez, mais um produto da escola argentina de atacantes

Lucas Ezequiel Piovi

O volante é o principal jogador do meio de campo da equipe. É por ele que passam todas as bolas na transição defesa-ataque, um “segundo volante” com muita qualidade técnica nos passes, lançamentos longos, excelência nos cruzamentos e boa finalização de fora da área.

Lucas Piovi, até o momento na temporada, tem quatro assistências e um gol marcado. Além disto, Piovi é o jogador com o maior número de “terceiro passe” para finalizações do Almagro. Ou seja, chega muito de trás, oferece qualidade no passe e dita o ritmo de jogo no meio de campo.

O aproveitamento de 76% nos passes e 68% nos dribles comprova que Piovi tem sido o referente do Almagro no meio de campo. Além disto, o volante que atua maior parte do tempo pelo lado direito do campo, tem uma média de uma finalização por jogo, sendo que 30% destas na direção do alvo e 69% das finalizações de fora da área.

O volante acerta cerca de 65% dos passes para o terço final, com uma média de acertos acima de 50% nos passes ao procurar atletas dentro da área adversária. Nos passes voltados para frente, aproximadamente 66% de aproveitamento e 87,5% de efetividade nos passes para trás.

Piovi ainda tem uma média em 75% de assistências para finalizações, ou seja, como mencionado anteriormente, é o jogador que oferece mais passes para as finalizações dos companheiros.

Nos quesitos defensivos, o volante tem uma média de oito duelos ganhos e quatro interceptações por partida. Ao longo da competição da divisão de acesso o atleta levou apenas dois cartões amarelos.

Abaixo, acompanhe algumas das principais jogadas do volante Lucas Piovi nesta temporada pelo Almagro, na Primeira B do Campeonato Argentino.

Ariel Cháves

Outro destaque e “cabrimbador de bolas” na equipe do Almagro é o meio-campista criativo Ariel Cháves. Jogador de 26 anos, é aquele típico meia com qualidade para fazer a bola chegar ao terço final de campo. Mobilidade e criatividade para se aproximar dos homens de frente são algumas características do atleta.

O mapa de calor demonstra a amplitude de Cháves no meio de campo do Almagro. O aproveitamento nos passes do jogador é de 81%, com 72% de efetividade nos passes para o terço final e 35% nos passes em profundidade. O controle da posse também é uma das características do atleta. Cháves chega com quatro gols e três assistências para as fases finais da Primeira B.

Cháves também tem a qualidade para poder atuar pelos flancos do campo. Nas partidas anteriores, o meio-campista atuou bastante pelo lado esquerdo e com velocidade tenta romper as linhas de marcação adversária. Apesar disto, habitualmente, Cháves flutua muito pelo centro do campo, posição de origem do atleta.

Matías Ruíz Sosa

Particularmente, Matías Ruíz Sosa é o jogador do Almagro que mais nos chama a atenção. Apesar de ter perdido um pouco terreno nas partidas finais do campeonato, o meio-campista canhoto oferece qualidade técnica, velocidade e mobilidade ao setor de criação da equipe.

Sosa é aquele jogador que atua pelos flancos do campo como um extremo, baixinho, canhoto, alia velocidade à qualidade técnica para auxiliar na criatividade e romper as linhas de marcação adversária. Com essas características, tem um bom aproveitamento nos dribles (62%) e nos duelos ofensivos (49%). Média de nove passes certos para o terço final por partida, o que corresponde a 72% de efetividade.

Matías Sosa pode ser uma boa aquisição para os clubes brasileiros, visto que, tem um estilo de jogo que agrada aos torcedores, jogador que enfrenta a marcação e, preferencialmente, atua como extremo pelo lado esquerdo do campo. Além disto, a pouca utilização na equipe titular pode facilitar uma possível transferência.

Alan Bonansea

Sabe aquele finalizador nato? Então, este é o Alan Bonansea! É o artilheiro da equipe na Primeira B Nacional com sete gols marcados. Apesar da sua elevada estatura (1,91 m), Bonansea consegue fazer muito bem o chamado “fora área”.

Alan Bonansea tem 21 anos e média de uma finalização certa por partida, cerca de 52% de efetividade. O atacante também tem efetividade de 72% nos dribles e 48% nos cruzamentos. É um atacante com características de finalização e uma média de 16 duelos ganhos nas jogadas aéreas.

Alan Bonansea também tem boa efetividade nos passes, cerca de 70% em acerto no quesito. Jogador que não se esconde do jogo, procura fazer o papel de pivô e recebe, em média, oito passes por partida. O atacante está emprestado ao Almagro até o final de Junho, mas pertence ao Lanús.

Os atletas citados são alguns dos destaques desta temporada pelo Club Almagro. A equipe vai enfrentar o Agropecuario na próxima fase e possui o melhor ataque da competição com 31 gols marcados na primeira fase da B Nacional.

Por @michelcorbacho

Comentários

Apaixonado por futebol, em especial, o praticado na América do Sul. Analista de Desempenho no Táticas Bahia, Colunista no Doentes Por Futebol e Comentarista Esportivo na Rádio Football Total. Contato: [email protected]