Os 23 de Tite

  • por Victor Gandra Quintas
  • 11 Dias atrás

O técnico da Seleção Brasileira, Tite, acabou de convocar os jogadores que terão a missão de trazer o Hexa da Copa do Mundo para o Brasil. Como esperado, não houveram surpresas.

A lista final, com os 23 atletas, deve ser entregue à FIFA até o dia 4 de junho. Até lá, podem ser chamados até 35 jogadores (12 como suplentes). Modificações após a data limite na lista final só serão aceitas em caso de lesão,e  até 24 horas antes da estreia da Seleção na competição.

Tite preferiu informar já seus 23 jogadores, deixando a lista de suplentes, até então, em sigilo.

Segue a lista:

GOLEIROS

  • Alisson Becker – Roma
  • Éderson – Manchester City
  • Cássio  – Corinthians

LATERAIS

  • Danilo – Manchester City
  • Fagner – Corinthians
  • Marcelo – Real Madrid
  • Filipe Luís – Atlético de Madrid

ZAGUEIROS

  • Marquinhos – Paris Saint-Germain
  • Thiago Silva – Paris Saint-Germain
  • Miranda – Inter de Milão
  • Geromel – Grêmio

MEIOCAMPISTAS

  • Casemiro – Real Madrid
  • Fernandinho – Manchester City
  • Paulinho – Barcelona
  • Renato Augusto – Beijing Guoan
  • Fred – Shakhtar Donetski
  • Coutinho – Barcelona
  • Willian – Chelsea

ATACANTES

  • Neymar – Paris Saint-Germain
  • Gabriel Jesus – Manchester CitY
  • Roberto Firmino – Liverpool
  • Douglas Costa – Juventus
  • Taison – Shakhtar Donetski

De acordo com o site da CBF, a delegação se apresentará em Teresópolis no dia 20 de maio. A comissão técnica chega um dia antes dos jogadores, que desembarcam no dia 21 de maio.

Serão seis dias de trabalho na Granja Comary antes do embarque para a Inglaterra, marcado para o dia 27 de maio. Por lá, a Seleção Brasileira realizará a segunda etapa de preparação no centro de treinamento do Tottenham. Antes da ida para a Rússia, o time do técnico Tite ainda enfrenta Croácia, no dia 3 de junho, em Liverpool, e a Áustria, no dia 10, em Viena.

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).