Rodadas finais da Libertadores têm brasileiros precisando definir a classificação nesta semana

  • por Victor Gandra Quintas
  • 5 Meses atrás

Grêmio, Flamengo, Palmeiras e Corinthians são os nossos representantes no continente

Quatro equipes brasileiras entram em campo na semana pela Taça Libertadores da América com objetivo de garantirem a classificação para as oitavas de final. São quatro duelos de futebol importantíssimos para as pretensões de Flamengo, Corinthians, Grêmio e Palmeiras no decorrer do torneio. Até quem não está com o próprio time envolvido vai parar para acompanhar. Vasco, Santos e Cruzeiro folgam na competição.

Monagas x Grêmio

Com a classificação para a fase de mata-mata bem encaminhada, os gremistas entram em campo nesta terça-feira, 15 de abril, às 21h30, horário de Brasília, diante do Monagas, na Venezuela, com boas chances de trazerem o triunfo para Porto Alegre. Líderes do Grupo A, com 8 pontos ganhos, eles vêm de uma goleada de 5 a 0 sobre os paraguaios do Cerro Porteño no último dia 1º, na Arena.

Os venezuelanos, lanternas com apenas três pontinhos conquistados, venceram o Defensor Sporting, do Uruguai, por 1 a 0, em casa. Mas, os anfitriões nem podem se animar muito, não. A equipe tem a defesa mais vazada de sua chave, com 9 gols, enquanto que o Grêmio tem o melhor ataque. Foram 10 gols marcados em 4 partidas disputadas.

Por conta do grande número de jogos em pouco tempo de recuperação, o treinador Renato Gaúcho já avisou que vai fazer modificações na formação titular. André não está inscrito na competição. Leo Moura, Luan, Everton, Arthur e Maicon, ao que tudo indica, devem ficar de fora. Por outro lado, Ramiro, Thonny Anderson, Cícero e Michel têm chances de estarem dentro de campo. Vamos aguardar!

De acordo com os números disponibilizados pelo Oddsshark.com, a cota para uma vitória do Imortal Tricolor está avaliada em R$ 1,58, contra R$ 5,92 por 1. No encontro do primeiro turno do grupo, em Porto Alegre, 4 a 0 para os brasileiros.

Flamengo x Emelec

Certamente, o jogo do ano para o Flamengo é este de quarta-feira, às 21h45, com o Emelec, do Equador, no Maracanã. Pela primeira vez nesta Libertadores, o Urubu vai poder contar com o apoio de seu torcedor dentro de casa. Caso vençam, além de gerarem R$ 1,29, os rubro-negros garantem a classificação. Pois é, mas não vai ser jogo fácil, não. Longe disto. O atacante peruano Paolo Guerrero não participará por ter sido punido pela FIFA em virtude do doping. Sem falar também que os equatorianos ainda têm uma remota chance de avançarem. Eles estão na última colocação com 1 ponto, ao contrário do Fla, que é o vice-líder com 6. Anteriormente em Guayaquil, vitória de virada do “Mais Querido” pelo placar de 2 a 1 com uma atuação de gala do meia-atacante Vinicius Junior no segundo tempo.

No domingo passado, em Chapecó, o Flamengo, pagando R$ 1,29, poupou alguns de seus principais atleta, e foi derrotado por 3 a 2 pela Chapecoense. É esperado muito de Diego e companhia. Uma derrota atrapalha o time não só na Libertadores, mas, em toda a temporada. É vencer ou vencer para não dar chance ao azar. Fora de casa, o Emelec vem de 4 derrotas seguidas, estando com um jejum de 6 compromissos.

Palmeiras x Junior Barranquilla

Reabilitação. Esta é a palavra do momento nas casas palmeirenses depois de queda no derby, como citamos anteriormente. Como estão garantidos nas oitavas de final, Roger Machado e os seus comandados têm mais tranquilidade para jogar com o Junior Barranquilla, da Colômbia, pela última rodada do Grupo 6, na quarta, às 21h45, no Allianz Parque. Este jogo vale muito mais para o Boca Juniors, sabia? Em caso de uma derrota brasileira e um revés dos nossos hermanos para os peruanos do Alianza Lima, os xeneizes estarão eliminados da Libertadores da América.

No antigo Palestra Itália, o discurso é o de somar o maior número de pontos possíveis. O Alviverde lidera a tabela com 13 pontos, 6 a mais que o vice-colocado Junior e 7 que o Boca, na terceira posição. Existe a possibilidade se ser feito um rodízio de jogadores, porém, até o momento que esta matéria era escrita não havia mais informações.

Deportivo Lara x Corinthians

Já na quinta-feira, às 21h30, o líder do Grupo 7, com 7 pontos, o Corinthians precisa estar atento na Venezuela frente ao Deportivo Lara para não terminar a 5ª rodada fora da zona de classificação para as eliminatórias. Para isso, é só perder, e o Independiente, da Argentina, passar pelo Millonarios na Colômbia. A motivação extra da Fiel é a vitória de 1 a 0 sobre o Palmeiras no fim de semana pelo Brasileiro em Itaquera. Não tem como não ficar animado.

Agora, olho no Lara, hein! Este time venceu o Rey de Copas por 1 a 0 na estreia, dia 1º de fevereiro, em março.  No embate direto entre brasileiros e venezuelanos, os brazucas fizeram 2 a 0 em São Paulo. O Deportivo quer usar o fator mando de campo como diferencial. Nas três últimas apresentações foram três resultados positivos seguidos. Neste período, inclusive, o Millonarios foi superado por 2 a 1.

Novamente segundo o Oddsshark.com, os corintianos são vistos como favoritos, tendo o valor a eles estimados em R$ 1,71, contra R$ 4,62 do adversário.

Confira os jogos desta semana na Libertadores:

Terça-feira (15 de maio)

19h15 – Sporting Defensor (R$ 2,19) x (R$ 3,53) Cerro Porteño. Empate: R$ 3,13

19h15 – Delfin (R$ 3,07) x (R$ 2,40) Atlético Nacional. Empate: R$ 3,16

21h30 – Colo-Colo (R$ 1,39) x (R$ 8,46) Bolívar. Empate: R$ 4,53

21h30 – Monagas (R$ 5,89) x (R$ 1,58) Grêmio. Empate: R$ 3,84

Quarta-feira (16 de maio)

21h45 – Boca Juniors (R$ 1,08) x (R$ 23,29) Alianza Lima. Empate: R$ 10,66

21h45 – Flamengo (R$ 1,29) x (R$ 11,70) Emelec. Empate: R$ 5,15

21h45 – Palmeiras (R$ 2,08) x (R$ 3,31) Junior Barranquilla. Empate: R$ 3,66

Quinta-feira (17 de maio)

19h15 – Libertad (R$ 2,42) x (R$ 3,67) Atlético Tucumán. Empate: R$ 2,46

19h15 – Peñarol (R$ 1,26) x (R$ 12,00) The Strongest. Empate: R$ 5,42

21h30 – Deportivo Lara (R$ 4,62) x (R$ 1,71) Corinthians. Empate: R$ 3,79

21h30 – Millonarios (R$ 2,43) x (R$ 3,30) Independiente. Empate: R$ 2,86

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).