Números, fatos e curiosidades da Copa 2018 – dia 4

Hoje foi dia da estreia do Brasil, que pela primeira vez em 40 anos não venceu uma estreia de Copa. Pior aconteceu com a Alemanha, que perdeu sua primeira estreia na história. Confira os melhores e mais importantes fatos e curiosidades do quarto dia de disputas da Copa.

A não-vitória de Brasil e Alemanha em um mesmo dia de Copa foi um fato inédito, como lembrou o twitter de Oliver Trenchard, do Guardian.

Sérvia 1 x 0 Costa Rica

Fatos relacionados ao confronto

– Essa foi a sétima partida que terminou com apenas um gol marcado, de falta, na história dos Mundiais.


Fatos relacionados à Sérvia

– A Sérvia costuma economizar em gols na sua estreia.


– Branislav Ivanovic se isolou como o atleta com mais partidas pela Sérvia, com 104 jogos, ultrapassando Dejan Stankovic.

Fatos relacionados à Costa Rica

– A Costa Rica ficou sem marcar gols em estreias pela primeira vez.

– A Costa Rica era a terceira equipe com maior série invicta em Copas, com 5 jogos sem perder, desde o confronto com a Polônia (2×1) em 2006. Era o recorde de uma equipe da CONCACAF, junto com o México, que também ficou 5 partidas sem perder entre 1994 e 1998.

Christian Bolanos se tornou o primeiro costarriquenho a atuar em 3 Copas (2 partidas em 2006, 5 em 2014 e 1 em 2018). Chegou também a um recorde de 8 partidas disputadas. Com 34 anos e 31 dias, é também o costarriquenho mais velho em Mundiais.

– Na partida de hoje os costarriquenhos alinharam seu time titular mais velho em sua história em Copas.

Alemanha 0 x 1 México

Fatos relacionados ao confronto

– A Alemanha foi o sexto detentor do título a perder sua partida de estreia na Copa seguinte.

Detentores de títulos a perder na estreia (Fonte: FIFA)

Aliás, 4 dos últimos 5 campeões não venceram sua partida de estreia na Copa seguinte.

– O México se tornou apenas a terceira equipe a ficar pelo menos duas partidas de Copa sem tomar gols contra a Alemanha (o fez também em 1986). A Itália não tomou gol dos germânicos em três oportunidades: 1962,1978 e 2006. A Sérvia não tomou em 1962 (como Iugoslávia) e 2010.

Fatos relacionados à Alemanha

– Foi a primeira vez que a Alemanha foi derrotada por uma equipe da CONCACAF, depois de 6 vitórias e 1 empate.

– A Alemanha tinha a maior série invicta atual em Copas, com 8 partidas sem perder, desde 2010. A maior série agora pertence à Holanda (7 partidas), que sequer está na Copa de 2018.

– A Alemanha vinha de 7 vitórias seguidas em estreias de Mundial, desde 1990.

 

Fatos relacionados ao México

Rafa Marquez, que estreou em 2002, tornou-se o terceiro jogador a atuar em cinco Copas do Mundo. Os outros são o também mexicano Antonio Carbajal (1950-1966) e o alemão Lothar Matthäus (1982-1998). Ele, porém, é o único a capitanear sua equipe nas cinco disputas. Vale lembrar que Gianluigi Buffon foi convocado para 5 Copas (1998-2014), mas não atuou em 1998.

– Marquez se tornou também o jogador mais velho a atuar pelo México em Copas, ultrapassando Blanco. Tornou-se ainda o quarto jogador de linha mais velho, atrás de Milla, Labruna e Matthaus.

– O México agora está invicto há 6 estreias.

– O número de defesas de Guillermo Ochoa (9) foi o recorde mexicano desde 1966, quando esse tipo de estatística começou a ser contabilizado.

– Apenas um goleiro tinha ficado invicto contra Alemanha e Brasil em Copas, o polonês Jan Tomaszewski, em 1974 e 1978. Ochoa não tomou gol contra o Brasil em 2014.

Brasil 1 x 1 Suíça

 

Fatos relacionados ao Brasil

O Brasil não deixava de vencer uma estreia de Copa desde 1978 (9 vitórias seguidas). Agora, a Seleção Brasileira tem 16 vitórias, 3 empates e 2 derrotas nessa circunstância.

– A Seleção Brasileira tem um retrospecto recente preocupante em Copas contra europeus: 1 vitória nas últimas 7 partidas.

– Neymar sofreu um número de faltas máximo desde 1998

– Foi apenas a segunda vez na história das Copas que o Brasil ficou 3 partidas seguidas sem vencer. No recorde negativo, de 4 partidas, a Seleção perdeu de Holanda (2×0) e Polônia (1×0) em 1974 e empatou com Suécia (1×1) e Espanha (0x0) em 1978.

Fatos relacionados à Suíça

– A Suíça não perde há cinco estreias, desde 1966.

Valon Behrami se tornou o primeiro suíço a atuar em 4 Copas.

Comentários

Sergio Rocha é torcedor do Madureira e sempre teve o sonho de escrever sobre esportes em geral, embora tenha optado pela carreira de engenheiro civil. No "currículo", cadernos recheados de resultados esportivos e agendas da década de 90, quando antes da internet acessava rádios de diversos locais do país buscando os resultados esportivos do Acre à Costa Rica. Além de fanático por futebol, é fanático por praticamente todos os esportes, e no tempo livre que sobra sempre busca os últimos resultados esportivos do PGA Tour ou dos futures da ATP. Além disso, coleciona quadrinhos da Disney e é louco por astronomia.