Números, fatos e curiosidades da 3ª rodada da Copa – grupo F

Pela terceira vez consecutiva, o campeão caiu na fase de grupos. Foi a sexta vez que isso aconteceu em Mundiais, mas a quarta no século XXI.

Alemanha 0 x 2 Coréia do Sul

 

Fatos relacionados à Alemanha

– A Alemanha NUNCA HAVIA SIDO ELIMINADA na primeira fase de grupos de uma Copa. Os germânicos só haviam caído na primeira fase em 1938, quando as partidas eram todas eliminatórias, e mesmo assim no jogo desempate.

Segunda fase ou quartas de final desde 1954, semifinal desde 2002. Essas eram as marcas consecutivas da Alemanha quebradas com a eliminação na primeira rodada desse Mundial. Os alemães sempre haviam ficado entre os 10 primeiros!

– A última vez que a Alemanha havia sido derrotada por dois gols de diferença em uma fase de grupos foi em 1986, contra a Dinamarca (2×0).

– Nunca a Alemanha marcou tão poucos gols em um Mundial: apenas dois. A pior marca era de 1938, quando marcou 3 vezes em 2 jogos.

– A Alemanha perdeu sua primeira partida contra um adversário asiático em Copas. Eram 6 vitórias em 6 partidas até então.

-Foi apenas a segunda vez que os alemães terminaram um grupo em último lugar em grandes competições (37 no total). Só tinha acontecido na Euro de 2000, em grupo com Portugal, Romênia e Inglaterra. Em Mundiais, ela sempre era primeira colocada na fase inicial de grupos desde 1990.

-Incluindo Euros e Copa das Confederações, eram oito competições consecutivas com os alemães chegando às semifinais. Na Euro 2004, os alemães tinham sido eliminados na primeira fase, empatando sua partida com a Letônia.

– As últimas sete derrotas alemães foram sem fazer gols.

Dois minutos e 27 segundos: esse foi todo o tempo em que a Alemanha esteve a frente no marcador nessa Copa, após o segundo gol contra a Suécia.

– Thomas Müller foi banco ontem pela primeira vez desde sua estreia na Seleção Alemã.

Fatos relacionados à Coréia do Sul

– A Coréia do Sul encerrou um jejum de 8 partidas sem vitórias em Mundiais. Os coreanos tinham saido vencedores pela última vez contra a Grécia, em 2010 (2×0).

– Son Heung-Min fez seu terceiro gol pela Coréia em Mundiais, empatando com Park Ji-Sung e Ahn Jung-Hwan como os coreanos que mais marcaram em Copas.

– Das seis vitórias coreanas em Mundiais, cinco foram contra europeus. A exceção é Togo, em 2006.

– O placar marcou a maior margem de vitória dos coreanos em uma Copa, igualando as partidas contra Polônia (2002) e Grécia (2010).

Suécia 3 x 0 México

Fatos relacionados ao confronto

– Jesús Gallardo recebeu o cartão mais rápido da histórias dos Mundiais, com apenas 13 segundos.

Fatos relacionados à Suécia

– A Suécia encerrou seu grupo na liderança pela quarta vez: 1950, 1958, 2002 e 2018. Pela quarta vez consecutiva eles se classificaram às oitavas de final: 1994, 2002, 2006 e 2018.

– A única vez que os suecos tinham vencido duas partidas em uma fase de grupos havia sido em 1958 (México e Hungria).

– Foi a vitória sueca com maior placar desde a decisão de terceiro lugar de 1994, contra a Bulgária (4×0).

Andreas Granqvist é o primeiro sueco a marcar mais de um gol em um Mundial desde os 3 gols de Henrik Larson em 2002.

Fatos relacionados ao México

– O México chegou às oitavas de final pela sétima vez consecutiva (oito considerando apenas as Copas que participou), a segunda melhor marca, atrás apenas do Brasil. Desde 1994, porém, La Tri sempre parou nessa fase.

– A equipe sofreu sua maior derrota em Mundiais desde 1978, um 0x6 contra a Alemanha.

– Edson Álvarez marcou o quarto gol contra mexicano em Mundiais.

Comentários

Sergio Rocha é torcedor do Madureira e sempre teve o sonho de escrever sobre esportes em geral, embora tenha optado pela carreira de engenheiro civil. No "currículo", cadernos recheados de resultados esportivos e agendas da década de 90, quando antes da internet acessava rádios de diversos locais do país buscando os resultados esportivos do Acre à Costa Rica. Além de fanático por futebol, é fanático por praticamente todos os esportes, e no tempo livre que sobra sempre busca os últimos resultados esportivos do PGA Tour ou dos futures da ATP. Além disso, coleciona quadrinhos da Disney e é louco por astronomia.