Números, fatos e curiosidades da Copa 2018 – dia 10

No dia em que a Alemanha passou 95 minutos com altas chances de ser eliminada de forma inédita em uma fase de grupos, o Mundial viu 13 gols em apenas 3 partidas, marca que não era alcançada desde o dia 01/06/2002.

Bélgica 5×2 Tunísia

Fatos relacionados ao confronto

– Bélgica 5×2 Tunísia foi a partida com mais gols do Mundial até agora.

– Lukaku e Hazard marcaram doblete para a mesma equipe hoje, um fato que não acontecia desde 1998.

– Um jogador não fazia doblete nas duas primeiras partidas desde 1974.

– E não fazia dobletes em duas partidas consecutivas desde 1986.

– O Misterchip levantou uma curiosa estatística sobre o uniforme belga na partida desse sábado.

– O tunisiano Dylan Bronn, que joga no Gent, da Bélgica, foi o segundo jogador a marcar gol contra a seleção do país de seu clube neste Mundial. O outro foi Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, contra a Espanha.

– Um time africano sofreu 5 ou mais gols em três partidas na história das Copas: Iugoslávia 9×0 Zaire (1974), Rússia 6×1 Camarões (1994) e Bélgica 5×2 Tunísia (2018).

Fatos relacionados à Bélgica

– A Bélgica venceu suas duas primeiras partidas de um Mundial pela quinta vez: 1982, 1990, 1994, 2014 e 2018.

– A Bélgica marcou 5 gols em uma partida pela primeira vez em Copas. Em duas partidas anteriores, a Bélgica tinha marcado 4 vezes: Bélgica 4×4 Inglaterra (1954) e Bélgica 4×3 URSS (1986). Foi também a primeira vez que os Diabos Vermelhos marcaram 3 vezes no primeiro tempo.

– O recorde de gols marcados pela Bélgica em uma Copa é de 12, em 1986, quando atuou 7 vezes. Neste Mundial a equipe já fez 8 gols.

– Romelu Lukaku se tornou o primeiro jogador belga a marcar doblete em duas partidas de Copa. Ele se tornou também o maior artilheiro belga em Mundiais, ao lado de Marc Wilmots (5 gols), ultrapassando Jan Ceulemans (4 gols).

– Um pênalti não era marcado para a Bélgica desde 1990.

Fatos relacionados à Tunísia

– A Tunísia marcou dois gols em uma seleção europeia pela primeira vez.

– Em contrapartida, agora são 11 partidas seguidas de Copas sofrendo gols. A equipe sofreu sua maior derrota na história da competição.

– A equipe africana não vence há 13 partidas, terceira série mais longa da história, atrás apenas daquelas da Coréia do Sul (14 partidas entre 1954 e 2002) e Bulgária (17 partidas entre 1962 e 1994).

– Os tunisianos foram apenas o sétimo time a substituir dois jogadores no primeiro tempo.

México 2 x 1 Coréia do Sul

Fatos relacionados ao México

– O México agora tem 4 vitórias em 4 partidas contra asiáticos em Copas.

– Chicarito Hernández se juntou a Luis Hernández como o mexicano com mais gols em Copas: 4. Ele também se tornou um dos três mexicanos a marcar em três diferentes Copas.

– Ele se tornou também o primeiro jogador mexicano a chegar à marca de 50 gols pela sua seleção.

– A Seleção Mexicana estabeleceu hoje seu recorde de acurácia em uma partida.

– É apenas a segunda vez que os mexicanos começam uma Copa com duas vitórias. A outra foi em 2002: 1×0 na Croácia e 2×1 no Equador.

Fatos relacionados à Coréia do Sul

– Com as derrotas para Argélia e Bélgica, em 2014, e para Suécia e México, em 2018, a Coréia do Sul igualou sua pior marca de derrotas consecutivas em Mundiais, alcançada entre 1986 (Itália) e 1990 (Bélgica, Espanha e Uruguai).

Son Heung-Min se tornou o quinto coreano a marcar em duas Copas do Mundo (2014 e 2018). Os outros são Hwang Sun-Hong (1994 e 2002), Yoo Sang-Chul (1998 e 2002), Ahn Jung-Hwan (2002 e 2006) e Park Ji-Sung (único que marcou em três Copas – 2002, 2006 e 2010).

– Os coreanos não perdiam suas duas primeiras partidas de um Mundial desde 1998. São agora 8 jogos seguidos sem vitória.

– Os coreanos encerraram sua maior seca de gols em Copas: 288 minutos.

Alemanha 2 x 1 Suécia

Fatos relacionados ao confronto

– A Alemanha agora tem 4 vitórias em 5 partidas contra a Suécia em Mundiais. De todos os confrontos da primeira fase, esse é o mais recorrente na história do futebol, já que as equipes fizeram seu 37º confronto hoje.

– Toni Kroos, aos 94 minutos e 42 segundos, marcou o segundo gol mais rápido da história das Copas, atrás apenas daquele de Neymar, marcado ontem. É o gol ganhador mais tardio, ultrapassando aquele de Francesco Totti contra a Austrália, em 2006 (94 minutos e 26 segundos).

– Segundo levantamento do Misterchip, a combinação de cores do uniforme da Suécia foi inédito em Copas.

Fatos relacionados à Alemanha

– A Alemanha não vencia uma partida que chegou ao intervalo perdendo há 44 anos. O adversário naquela ocasião foi exatamente a Suécia. O placar no intervalo foi de 0x1 e no final da partida de 4×2. Desde então, em 8 partidas que foram para o intervalo perdendo, os germânicos tinham perdido 5 e empatado 3, até o jogo desse sábado.

– A última partida que a equipe tinha vencido após sair atrás no placar foi contra o México, em 1998. Foi a 12ª vitória germânica após sair atrás. O Brasil, com 15, é o recordista.

– A equipe voltou a se isolar como aquela que mais gols marcou em Copas: 226, contra 224 do Brasil. Um gol alemão não acontecia desde o gol de Schurrle, contra o Brasil (239 minutos).

– Na última vez que a Alemanha tomou gol nas duas primeiras partidas de um Mundial (1990), ela foi campeã.

– Foi apenas a segunda vez que a Alemanha venceu uma partida de Copa nos acréscimos.

– A escalação da Alemanha para a partida de hoje teve uma surpresa: a ausência de Ozil.

 

Fatos relacionados à Suécia

– A Suécia perdeu uma partida que em algum momento esteve a frente do placar pela oitava vez.

Comentários

Sergio Rocha é torcedor do Madureira e sempre teve o sonho de escrever sobre esportes em geral, embora tenha optado pela carreira de engenheiro civil. No "currículo", cadernos recheados de resultados esportivos e agendas da década de 90, quando antes da internet acessava rádios de diversos locais do país buscando os resultados esportivos do Acre à Costa Rica. Além de fanático por futebol, é fanático por praticamente todos os esportes, e no tempo livre que sobra sempre busca os últimos resultados esportivos do PGA Tour ou dos futures da ATP. Além disso, coleciona quadrinhos da Disney e é louco por astronomia.