Números, fatos e curiosidades da Copa 2018 – dia 6

Duas zebras e uma praticamente classificação marcaram o sexto dia da Copa. Vamos então aos números e fatos que marcaram o dia.

Colômbia 1 x 2 Japão

Fatos relacionados ao confronto

– O Japão conseguiu a primeira vitória de uma equipe da Ásia sobre uma da CONMEBOL em toda a história dos Mundiais. Foi a 19ª partida entre as duas confederações, com 15 vitórias dos sul-americanos, 3 empates e agora 1 vitória da AFC. É também a primeira vez que um asiático marca dois gols em um sul-americano em uma única partida.

– Quintero marcou o quarto gol de falta neste Mundial. Já é um número maior que aquele da Copa de 2014 (3).

-A expulsão de Carlos Sánchez foi a segunda mais rápida de um Mundial, atrás apenas do uruguaio José Batista, em 1986.


-O pênalti de Sanchez foi o quarto mais rápido da história dos Mundiais.

– A Colômbia, dentre aqueles países que nunca tinham levado cartão vermelho em Copas, era o que tinha mais partidas disputadas. Com a expulsão de Sánchez, o recorde agora é do próprio Japão, com as mesmas 18 partidas.

Fatos relacionados à Colômbia

– Juan Quintero marcou o primeiro gol de falta colombiano em Mundiais. Ele se tornou o primeiro colombiano a marcar em duas Copas.

Fatos relacionados ao Japão

– Shinji Kagawa fez o primeiro gol de pênalti japonês em Copas.

– Com média de 29 anos e 216 dias, essa é a equipe japonesa mais velha em Copas.

 

Polônia 1 x 2 Senegal

Fatos relacionados ao confronto

– Com os gols de Polônia e Senegal, o grupo H se tornou o único no qual todas as equipes marcaram gols, até agora.

– Thiago Cionek concedeu o segundo gol contra a favor de uma equipe africana na história da competição. Anteriormente, o único gol contra favorecendo africanos foi em 1998, quando Andoni Zubizarreta marcou a favor da Nigéria.

Fatos relacionados à Polônia

– Jakub Blaszczykowski chegou à marca de 100 jogos pela Seleção Polonesa, mesmo número do grande Lato. Está apenas a 2 partidas do recordista, Michal Zewlakow.

– A Polônia tem um péssimo retrospecto em estreias de Copas. São 4 derrotas, 3 empates e apenas 1 vitória, em 1974, contra a Argentina. Mais que isso, a equipe ficou sem marcar nas últimas 5 estreias, em 1978 (0x0 com a Alemanha), 1982 (0x0 com a Itália), 1986 (0x0 com Marrocos), 2002 (0x2 contra a Polônia) e 2006 (0x2 contra Equador), antes da partida de hoje, quando pelo menos esse jejum foi quebrado.

– A Polônia tomou o primeiro gol de um time africano em sua história, além de sofrer sua primeira derrota, em 4 partidas.

Fatos relacionados ao Senegal

– O Senegal sem mantém invicto nos 90 minutos em Copas. Além da Islândia, com uma partida e um empate, é a única equipe que nunca perdeu uma partida de Copa do Mundo no tempo normal. Agora são 2 vitórias e 4 empates no tempo normal (3V, 2E e 1D considerando a prorrogação).

– Senegal é uma das 8 equipes que venceu pelo menos metade de suas partidas em Copas (3/6). As outras são: Brasil, Alemanha, Itália, Argentina, Holanda, Dinamarca e Turquia.

-Mais duas: Senegal (2 Copas) e Alemanha Oriental (1 Copa) são as únicas equipes a sempre estrearem com vitória em Copas. As duas equipes, a Islândia (1 jogo) e o País de Gales (1 Copa) são as únicas a nunca terem perdido um jogo da fase de grupos.

– É apenas a segunda equipe africana a vencer duas estreias em Copas (2002 e 2018). A Nigéria o fez em 1994 e 1998. Tunísia (1978), Argélia (1982), Camarões (1990), Gana (2010) e Costa do Marfim (2014) tem uma vitória em estreias.

Rússia 3×1 Egito

Fatos relacionados ao confronto

– A Rússia tem a melhor campanha de um anfitrião em duas partidas em toda a história da competição. A campanha francesa em 1998 tem o mesmo saldo de gols (7-0), mas um gol marcado a menos: França 3×0 África do Sul e França 4×0 Arábia Saudita. Em 1934, a Itália marcou também 8 gols, mas empatou sua segunda partida, já em mata mata, e tomou 2 gols.

Fatos relacionados à Rússia

A Rússia é a 10ª equipe a vencer seus dois primeiros jogos em Copas marcando pelo menos 8 gols. É o único anfitrião a conseguir tal feito.

– A marca de 8 gols é a quinta maior de uma equipe em duas partidas (independente da fase em que estreou). Apenas 18 equipes alcançaram tal marca em toda a história, nem todas invictas (Hungria de 1982, França de 1958, Turquia de 1954 e Suécia de 1938).

– A Rússia tem agora 4 vitórias e 1 empate contra africanos em Copas.


– Os russos só tinham conquistado 2 vitórias em suas duas primeiras partidas no ano de 1966. Em 1970, a URSS venceu duas partidas seguidas pela última vez: 4×1 na Bélgica e 2×0 El Salvador.

Fatos relacionados ao Egito

– Virtualmente eliminado, a única coisa boa da partida de hoje para os egípcios foi ver Mo Salah marcar o primeiro gol de sua seleção em Copas depois de 28 anos e 7 dias.

– Em todas as seis partidas egípcias na história dos Mundiais o placar era de empate ao intervalo.


– Apenas Honduras tem uma marca maior de partidas de Mundiais sem nunca ter ganho uma única partida.

Comentários

Sergio Rocha é torcedor do Madureira e sempre teve o sonho de escrever sobre esportes em geral, embora tenha optado pela carreira de engenheiro civil. No "currículo", cadernos recheados de resultados esportivos e agendas da década de 90, quando antes da internet acessava rádios de diversos locais do país buscando os resultados esportivos do Acre à Costa Rica. Além de fanático por futebol, é fanático por praticamente todos os esportes, e no tempo livre que sobra sempre busca os últimos resultados esportivos do PGA Tour ou dos futures da ATP. Além disso, coleciona quadrinhos da Disney e é louco por astronomia.